A temporada de premiações começa a esquentar nos EUA. Após a vitória de “Call me by Your Name” no Gotham Awards, o National Board of Review, entidade formada por 120 cinéfilos americanos e tradicional por existir desde 1932, elegeu “The Post – A Guerra Secreta” o melhor filme do ano. As informações são do site da Variety.

Produção dirigida por Steven Spielberg com Tom Hanks e Meryl Streep no elenco, “The Post” acompanha a dupla Ben Bradlee (Tom Hanks) e Kat Graham (Meryl Streep), editores do The Washington Post, recebem um enorme estudo detalhado sobre o controverso papel dos Estados Unidos na Guerra do Vietnã e enfrentam de tudo para publicar os bombásticos documentos. O filme chega ao Brasil no dia 25 de janeiro.

“Em Ritmo de Fuga”, “Call Me by Your Name”, “O Artista do Desastre”, “Pequena Grande Vida”, “Projeto Flórida”, “Corra!”, “Dunkirk”, “Lady Bird”, “Logan” e “Phantom Thread” foram os outros eleitos como melhores filmes do ano. Entre as produções estrangeiras o israelense “Foxtrot” foi eleito o melhor acompanhado de “Uma Mulher Fantástica” (Chile), “Frantz” (França), “Loveless” (Rússia”), “The Square” (Suécia) e “Verão 1993” (Espanha).

Por “Lady Bird”, Greta Gerwig venceu em Melhor Direção, enquanto Tom Hanks e Meryl Streep se consagraram nas categorias principais de atuação. Willem Dafoe, por “Projeto Flórida”, ganhou como Melhor Ator Coadjuvante, enquanto Laurie Metcalf, de “Lady Bird”, foi a Melhor Atriz Coadjuvante. Paul Thomas Anderson, de “Phantom Thread”, foi eleito o Melhor Roteiro Original e “O Artista do Desastre” foi eleito em adaptado.

Produção da Pixar, “Viva – A Vida é uma Festa” ganhou como Melhor Animação e Timothée Chalamet, de “Call Me by Your Name”, venceu como ator revelação de 2017. Entre os diretores novatos, deu Jordan Peele, de “Corra!”. O longa de terror também faturou na categoria de Melhor Elenco. Por fim, os trabalhos de Patty Jenkins e Gal Gadot em “Mulher-Maravilha” receberam uma menção honrosa.

A National Board of Review ainda escolheu os melhores filmes independentes do ano: “Beatriz at Dinner”, “Brigsby Bear” “A Ghost Story”, “Lady Macbeth,” “Logan Lucky – Roubo em Família” “Com Amor, Vincent”, “Menashe”, “Norman: Confie em Mim”, “Patti Cake,” e “Terra Selvagem”. Por fim, a lista dos documentários foi liderada por “Jane” e seguida por “Abacus: Small Enough to Jail”, “Brimstone & Glory”, “Eric Clapton: Life in 12 Bars”, “Faces Places”, “Hell on Earth: The Fall of Syria and the Rise of Isis”.

Facebook Comments