Na Parte 14 da nova Twin Peaks, tivemos muitas cenas com pessoas simplesmente sentadas, ouvindo histórias. Primeiro,  Albert conta a Tammy a história do primeiro caso Rosa Azul, investigado por Gordon Cole e Phillip Jeffries. Depois, Cole conta ao grupo um sonho que ele teve com a atriz Monica Bellucci na França (!), que o levou a rever em sua mente a cena do filme Os Últimos Dias de Laura Palmer (1992) com Jeffries. Mais à frente, o xerife Truman e os policiais Hawk, Andy e Bobby vão até o lugar mencionado na mensagem do Major Briggs. Lá, bem… Algo acontece e Andy também acaba escutando uma história, sentado na poltrona do outro mundo, a “dimensão elétrica” em preto-e-branco do Gigante, que agora se intitula “O Bombeiro”. E por fim James, trabalhando como segurança do Hotel Great Northern, escuta a história do colega que usa uma luva verde numa das mãos. Surpreendentemente, o Bombeiro também participa da história dele.

De um jeito estranho, essas conexões trazem às histórias certo sentido e, como eu já havia mencionado nestes textos antes, há uma estranha coerência interna em meio à loucura de Twin Peaks. A mensagem de Monica Bellucci tem a ver com os dois Cooper, assim como a fala de Jeffries, dita num filme produzido 25 anos antes de sequer pensarem nesta nova versão da série. Andy e os policiais resgatam a mulher sem olhos vista antes na fuga de Cooper lá no começo da temporada. Para ele, assim como para nós, as coisas fazem certo sentido, embora ainda não saibamos exatamente que sentido é esse, nem se elas vão se resolver ao final da temporada. Estamos realmente em terreno inexplorado agora, conduzidos no sonho bizarro dos criadores da série. E como Monica diz, “quem é o sonhador?”.

Ah, e a Sarah Palmer tirou fora o seu rosto e arrancou a garganta de um sujeito, num dos momentos mais arrepiantes da temporada. No geral, foi um episódio muito bom!

Considerações sobre o chihuahua mexicano:

  • Diane é irmã de Jane-E! Por causa disso, em breve podemos esperar os agentes batendo na porta da casa dos Jones em Las Vegas. Com Cole e Albert dando de cara com Cooper, mas não o mesmo homem que eles conheceram.
  • RI ALTO quando o cara do FBI bateu na mesa e explodiu: “DROGA WILSON! É ISSO QUE FAZEMOS NO FBI!!!”. E era o Stan de Mad Men…
  • Adoro a pausa e as caras de Tammy e Albert quando Gordon diz que sonhou com Monica Bellucci.
  • Andy virou o herói momentâneo da série! Quem diria…
  • A mulher sem olhos está sendo perseguida… Pela sua “Mãe”, a quem ouvimos do outro lado da porta na fuga de Cooper? Se for, ela não parecia ser, digamos, uma força do “bem”.
  • David Bowie realmente agora é um “homem de outro lugar”.

Facebook Comments