O acidente sofrido por Uma Thurman durante as gravações de “Kill Bill 2” e a posterior revelação do caso em um artigo chocante divulgado no jornal The New York Times provocou um dano, mas, não estragou por completo a relação entre ela e o diretor Quentin Tarantino. Em declaração ao Entertainment Weekly, a atriz afirmou que toparia voltar a participar de um longa do cineasta. As informações são do site Indiewire.

Segundo ela, a retomada da parceria dependeria se ela teria em mãos uma grande personagem. “Se ele escrever um grande papel e estivermos no mesmo lugar, seria algo a se pensar”, afirmou. Os dois trabalharam juntos em “Pulp Fiction – Tempos de Violência” e nos dois longas da série “Kill Bill”.

Uma Thurman foi perguntada sobre como anda a relação dos dois após as revelações feitas no artigo. “Tivemos nossas brigas ao longo dos anos. Quando você conhece alguém o tempo que nos conhecemos, 25 anos de colaboração criativa, tivemos algumas tragédias? Claro! Mas, não podemos reduzir toda a história e legado. Seria reduzido ao acidente se eu tivesse morrido”, afirmou.

Para quem está com saudade da musa, Uma Thurman será vista no próximo longa de Lars Von Trier, “The House That Jack Built”, além de “Down a Dark Hall”, “War With a Grandpa” e “Girl Soldier”,

Facebook Comments