Às vezes, pode ser sutil a linha entre fazer o bem a alguém e fazer mal para você mesmo. É o que Kim parece começar a perceber neste quinto episódio da temporada de Better Call Saul, intitulado “Dedicado a Max”. Ela é a força-motora deste episódio, que demonstra de novo a versatilidade da série. O que acontece com ela é, no fim das contas, sombrio. Mas este é também o episódio mais divertido da temporada, até o momento.

Kim embarca numa guerra não declarada e passiva com o pessoal da Mesa Verde para ajudar o velhinho que ia perder seu lar, e recruta Jimmy como seu soldado. E desde a sua primeira aparição no episódio, Jimmy só faz o espectador dar risada: No canteiro onde a obra vai começar, a câmera filma os operários num contra-plongée, de baixo para cima, e a cabeça de Bob Odenkirk aparece no enquadramento. Novamente, a direção da série usa um ângulo de câmera estranho para contar a história e fazer brotar o humor.

LEIA TAMBÉM: CRÍTICA 5X01 e 02

E Jimmy arrasa neste episódio, lançando mão de todo tipo de truque no seu arsenal de advogado chicaneiro para interromper a construção no terreno do senhor. Vale a pena o espectador descobrir suas artimanhas por si mesmo e rir bastante com elas – algumas são bem estranhas. E é tudo em nome da Kim, que no início parece estar lutando por uma causa justa, mas quanto mais as artimanhas progridem, mas ela parece estar lutando… Apenas para dar a proverbial banana para os seus chefes.

LEIA TAMBÉM: CRÍTICA 5X03

Odenkirk está excelente de novo, mas Rhea Seehorn é a dona do episódio, chegando até a mostrar dotes para comédia que ela nem sempre consegue exercitar na série – Uma das melhores cenas do episódio é a que ela imita seu chefe. Porém, por mais que o episódio nos divirta, o final dele nos relembra de que ela terá de pagar um preço se continuar nesse caminho, com o diabinho do Jimmy, como seu facilitador, no seu ombro.

GUS E MIKE: SINTONIAS DIFERENTES

Já no outro lado da fronteira, Mike se recupera dos seus ferimentos numa vila pertencente a Gus. No centro da vila temos uma fonte e uma placa dedicatória escrita “dedicada ao Max”, e aí percebemos o cuidado da produção com os detalhes do universo estabelecido em Breaking Bad – o Max do título era sócio e, aparentemente, amante de Gus, e foi assassinado por Hector Salamanca. Jimmy também usa, numa das cenas, uma camiseta da universidade da Samoa americana, onde se formou lá atrás…

LEIA TAMBÉM: Crítica Episódio 5×04

Bem, Mike e Gus ainda não estão na mesma sintonia, mas o final do episódio promete uma reaproximação. No meio tempo, o processo de recuperação do Mike é retratado de modo visual: É incrível como a cara de granito de Jonathan Banks amolece só um pouco ao vermos a velhinha lhe trazendo comida, ou quando ele resolve consertar uma prateleira de madeira para ela. A caracterização do personagem é perfeita, e o fato de percebermos tudo isso de maneira visual só demonstra o quanto Better Call Saul é uma das séries mais bem dirigidas do momento. Nela, os personagens são definidos pelas suas ações e a comédia anda de mãos dadas com a tragédia. Afinal, neste episódio demos boas risadas; no próximo poderemos não rir.

‘The Crown’ – 4ª temporada: puro suco da guerra de egos da Realeza

Os teasers que anunciavam o retorno de The Crown não estavam para brincadeira - essa era, afinal, a temporada mais aguardada por quem acompanha a série. Entra em cena uma jovem tímida, de uma família aristocrática, que parecia ser a escolha mais segura para, um dia,...

‘Lovecraft Country’ 1×10: final apressado destoa da temporada

O título deste episódio final da temporada de Lovecraft Country é “Círculo Completo”, e ele é quase que totalmente dedicado ao grande arco da temporada, o do confronto entre nossos heróis contra os planos de Christina Braithwhite. De fato, ele acaba fazendo um circulo...

‘A Maldição da Mansão Bly’: terror dá espaço para o drama em boa série

Dois anos após o sucesso estrondoso de ‘A Maldição da Residência Hill’, o showrunner Mike Flanagan voltou a nos assombrar com sua forma sensível de contar histórias sobre fantasmas. Mas, embora tenha uma proposta parecida com a série anterior, ‘A Maldição da Mansão...

‘The Boys’ 2×08: temporada encerra lembrando fim do primeiro ano

Subvertendo o gênero de super-heróis mais uma vez, ‘The Boys’ chega ao final de sua segunda temporada correspondendo às expectativas do público. Ao apostar em cenas marcantes e revelações aguardadas, a série consegue entreter e dar continuidade às narrativas...

‘Lovecraft Country’ 1×09: massacre de Tulsa para jamais esquecer

Na minha crítica do oitavo episódio da temporada de Lovecraft Country, ressaltei como um evento real ditou o tom daquele segmento em particular. Pois neste nono episódio, intitulado “Voltando para 1921”, a série repete esse expediente, de forma até mais efetiva, ao...

‘Bom Dia, Verônica’: roteiro excelente encontra elenco em alto nível

Baseada no livro homônimo de Raphael Montes e Ilana Casoy, ‘Bom dia, Verônica’ é mais uma série nacional na Netflix que traz muito orgulho para o audiovisual brasileiro. Digo isto, pois, além de contar com uma história instigante e muito bem apresentada ao longo de...

‘Lovecraft Country’ 1×08: ‘Fuck the Police’

Se há uma coisa que o triste ano de 2020 deixou absolutamente óbvio para o mundo é que, nos Estados Unidos, a polícia é inimiga da população negra. Sério, como alguém pode discordar disso ao ver algumas poucas estatísticas, e ao presenciar a comoção mundial que casos...

‘The Boys’ 2×07: crítica social e sadismo lado a lado em grande episódio

Embora o episódio final da temporada sempre seja o mais aguardado e, por vezes, aclamado nos seriados, muito da expectativa sobre ele é construída no episódio anterior, responsável por unificar narrativas e preparar um bom desfecho. Sabendo disso,...

‘Lovecraft Country’ 1×07: sci-fi à serviço do empoderamento

Até agora, a série Lovecraft Country explorou mais os ingredientes de terror e de fantasia das obras da literatura pulp e do autor H. P. Lovecraft. Mas literatura pulp também é território da ficção-científica... Já sabíamos, desde a menção de uma tal “máquina do...

‘The Boys’ 2×06: irreverência em divertida releitura do Asilo Arkham

Desde detalhes nos figurinos até os diálogos, ‘The Boys’ sempre encontra uma forma de referenciar outros universos de super-heróis, rendendo ótimas piadas e até mesmo críticas. Desta vez, a série nos leva diretamente a uma releitura do Asilo Arkham de Gotham City,...