Preços de ingressos caros, longas distâncias até a sala mais próxima, dificuldade de locomoção graças a precariedade do transporte coletivo. Ir ao cinema para moradores de regiões periféricas traz uma série de barreiras impeditivas, o que pode desestimular muita gente de poder ver o filme que deseja nas telonas. Isso para não falar na ausência completa de atividades formativas relacionados ao audiovisual nestes locais. A Mostra Itinerante de Audiovisual Cine Bodó, idealizado pelo Grupo Picolé da Massa, busca levar o cinema para a periferia de Manaus com foco no tripé formação, exibição e rodas de conversa.

A nova edição terá início no próximo sábado, dia 1º de fevereiro, com um debate sobre “Como produzir audiovisual em tempos de crise?”, no Casarão de Ideias, localizado na Rua Barroso, no Centro de Manaus, a partir das 19h. Com entrada gratuita, a atividade contará com as presenças dos produtores locais Carlos Barbosa (Leão do Norte)Valentina Ricardo (Fita Crepe), Sarah Pimentel (Eparrêi). A mediação fica por conta de Dheik Praia, idealizadora do evento ao lado de Keila Serruya.

ATIVIDADES DE FORMAÇÃO

Após a abertura, o projeto percorrerá comunidades periféricas e indígenas para apresentar e difundir, em dois dias de formação, um pouco mais sobre a história, produção e técnica do cinema. As atividades são gratuitas e as inscrições podem ser feitas por qualquer pessoa com idade entre 14 e 21 anos. Serão ofertadas 20 vagas.

A comunidade da Sharp, localizada na avenida Grande Circular, no bairro Armando Mendes, zona Leste de Manaus, será a primeira a receber as atividades de formação do projeto, que acontecerão nos dias 3 e 4/2, das 9h às 17h.

Já nos dias 6 e 7, das 9h às 17h, será a vez do Centro Cultural Indígena Wakenai Anumatwhit, situado na comunidade Parque das Tribos, no Tarumã, zona Oeste. Nos dias 10 e 11, de 9h às 17h, o Grupo TransformAÇÃO, localizado na rua São Vicente de Paula, no bairro Redenção, zona Centro-Oeste, receberá o curso de formação.

Encerrando o cronograma de formação, nos dias 13 e 14, de 9h às 17h, será a vez do projeto Soul do Monte, no bairro Monte Sinai, na zona Norte.

CINEMA A CÉU ABERTO

Após as atividades de formação, o Cine Bodó exibirá, em quatro datas, uma seleção de filmes com curadoria de Elen Linth. A programação iniciará no dia 8 de fevereiro, na comunidade da Sharp. Já no dia 12, a exibição acontecerá no Parque das Tribos. Em seguida, no dia 15, no Projeto TransformAÇÃO e, encerrando, no dia 18/2, no projeto Soul do Monte.

Para o encerramento do projeto Cine Bodó, que acontecerá no dia 22, em local ainda a ser definido pela organização, será realizada uma roda de conversa com o tema “Outras narrativas do audiovisual. Contando nossa história”, além da exibição de filmes.

com informações de assessoria

Laboratório de argumentos para longas, Manaó Cinelab abre inscrições gratuitas

Oportunidade rara para quem deseja estudar cinema em Manaus: um laboratório para desenvolvimento de argumento de longas-metragens será promovido pela produtora Tamba-Tajá Criações. Iniciativa gratuita, o 'Manaó Cinelab: Em busca da escrita perfeita' terá 10 vagas,...

Animação pós-apocaliptíca representa o Amazonas no Festival de Gramado 2021

O Festival de Gramado volta seu olhar novamente para a produção amazonense: a animação "Stone Heart" será o representante do Estado na mostra de curtas nacionais, a mesma vencida em 2020 por "O Barco e o Rio", de Bernardo Abinader. Dirigido pelo parintinense Humberto...

Camila Henriques e Pâmela Eurídice são as duas novas representantes do Amazonas na Abraccine

O Amazonas ganhou mais dois novos nomes na Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema: Camila Henriques e Pâmela Eurídice estão entre as novas integrantes da entidade existente desde 2011. A dupla se junta a Susy Freitas, primeira amazonense selecionada...

‘Os Segredos do Putumayo’, de Aurélio Michiles, é selecionado para festival na Irlanda

O filme "Segredos do Putumayo", dirigido pelo amazonense Aurélio Michiles, é um dos destaques do festival irlandês Galway Film Fleadh que acontece entre os dias 20 e 25 de julho. Ainda inédito nos cinemas brasileiros, conta com a distribuição global da O2 Play. O...

Cineclube Olhar do Norte terá debates sobre grandes filmes do cinema brasileiro

Principal festival de cinema da atualidade em Manaus, o Olhar do Norte prepara uma novidade para 2021: o Cineclube Olhar do Norte. Com a exibição e o debate de importantes filmes do cinema amazonense e brasileiro recentes, a iniciativa irá marcar a inauguração do site...

‘A Terra Negra dos Kawá’ e ‘Manaus Hot City’ vencem prêmios em festivais nacionais

O cinema amazonense segue acumulando conquistas importantes em festivais nacionais e internacionais. Três curtas-metragens locais - "A Terra Negra dos Kawá", de Sérgio Andrade, "Manaus Hot City", de Rafael Ramos, e "Graves e Agudos em Construção", de Walter Fernandes...

Cinemas de Manaus são autorizados a reabrirem após seis meses

Os cinemas de Manaus estão autorizados a reabrirem a partir da próxima segunda-feira, dia 28 de junho. A decisão foi tomada pelo Comitê Intersetorial de Enfrentamento à Covid-19, do Governo do Amazonas. Para a retomada, as empresas deverão obedecer as normas...

UEA estuda retorno do curso de audiovisual para 2022

A vitória de “O Barco e o Rio” com cinco Kikitos no Festival de Gramado 2020 simbolizou os avanços do cinema amazonense cada vez mais presente em eventos nacionais e internacionais. Um vácuo, entretanto, insiste em permanecer: a ausência de um curso regular do setor...

Cinemas de Manaus completam seis meses fechados em meio a incerteza de reabertura

O gráfico sobre a participação de filmes brasileiros nos cinemas por Estados em 2021 aparece sem a presença do Amazonas. Caso incluísse as produções estrangeiras, a imagem permaneceria a mesma. O informativo, disponível no Observatório Brasileiro do Cinema e...

Com curadoria do Matapi, streaming do Itaú Cultural apresenta filmes do Norte do Brasil

No Dia do Cinema Brasileiro, um presente para os cinéfilos: o Itaú Cultural lança, neste sábado (19), um streaming dedicado às produções do país. O catálogo oferece mais de cem títulos já na estreia e é composto de filmes, séries, programas de TV, festivais e mostras...