O Cine Set inicia, nesta sexta-feira (28), mais uma cobertura internacional: o Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary!

Nosso correspondente na Europa, Lucas Pistilli irá representar o Cine Set no tradicional evento na República Tcheca.

Aqui no site, você confere as críticas dos filmes em exibição e um Diário de Bordo com Lucas falando curiosidades e impressões pessoais sobre a experiência de cobrir o festival.

Já no Stories, ele apresenta todo o que acontece em tempo real direto da República Tcheca.

Este é o terceiro evento internacional do Cine Set: a primeira aconteceu em 2017 com o Festival de Cannes e a segunda foi em 2017 e 2018 com Festival de Londres.

KARLOVY VARY 2019

O Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary é um dos principais eventos na Europa Central, trazendo muitas produções que se destacaram no Festival de Cannes.

Neste ano, a grande atração será o vencedor da Palma de Ouro, o sul-coreano “Parasite”. O documentário sobre o craque argentino Diego Armando Maradona, “Il Campione”, de Leonardo D’Agostini, “Anos 1990”, de Jonah Hill, “O Traidor”, de Marco Bellocchio, e “After the Wedding”, de Bart Freundlich, também serão outros destaques de Karlovy Vary. 

O evento ainda vai contar com estrelas do cinema mundial, entre elas, Julianne Moore (“Gloria Bell“), Casey Affleck (“Manchester à Beira-Mar“) e Patricia Clarkson (“Sharp Objects“), 

Existente desde 1948, o evento tcheco já premiou o cinema nacional: “Eu, Tu, Eles”, de Andrucha Waddington, levou o Globo de Cristal – Grand Prix, em 2000.

‘Dois Estranhos’: violência gráfica ganha contorno irresponsável em favorito ao Oscar

Acredito que esse seja um filme que divida opiniões. De um lado, há aqueles que o aplaudem por explicitar a violência contínua sofrida por jovens negros, e, do outro, há aqueles que o taxam de explorador. Vou fazer uma mea culpa e revelar que acho interessante a...

‘Feeling Through’: a boa e velha empatia em belo filme

Quando dou aula nos cursos aqui do Cine Set, sempre digo aos alunos que o cinema é uma máquina de exercitar e desenvolver a empatia. Realmente acredito que quanto mais filmes assistimos, e quanto mais mergulhamos em histórias, com o tempo todos nós passamos a aprender...

‘Tina’: documentário para celebrar uma gigante do Rock

Das várias injustiças cometidas contra Tina Turner - a Rainha do Rock -, talvez a mais louca a persistir até hoje seja o fato de ela não constar como artista solo no Hall da Fama do estilo que rege. Os eleitores da organização podem corrigir esse fato em 2021, já que...

‘Os Segredos de Madame Claude’: desperdício de um ícone em filme tão fraco

Tenho um pé atrás com produções que buscam abordar personagens reais com o intuito de vender diversidade e inclusão. Essa sensação é mais aguda diante de projetos que discutem personalidades femininas como “Maria Madalena” (Garth Davis, 2018) e “Joana D’Arc” (Luc...

‘Amor e Monstros’: pouco mais de ousadia faria um grande filme

Os melhores momentos de Amor e Monstros, parceria dos estúdios Paramount Pictures com a Netflix, estão logo no início do filme. É quando o narrador da história, o jovem Joel, reconta o apocalipse que devastou a Terra e que transformou insetos e animais em criaturas...

‘We’: o cinema como construtor de uma memória coletiva

"We", o novo filme de Alice Diop, é várias coisas: uma lembrança familiar, uma celebração das vidas comuns e uma busca pela identidade da França nos dias de hoje. Acima de tudo, o documentário, que ganhou o prêmio de Melhor Filme da mostra Encontros do Festival de...

‘Chaos Walking’: ótimo conceito nem sempre gera bom filme

Toda vez que se inicia a produção de um filme, cineastas participam de um jogo de roleta: por mais bem planejada que seja a obra e não importando o quão bons sejam os colaboradores que eles vão reunir para participar dela, tudo ainda pode acabar mal. Cinema é...

‘Locked Down’: dramédia na pandemia sucumbe à triste realidade

Dentre tantas situações inesperadas da pandemia da Covid, com certeza, a quarentena forçada foi uma grande bomba-relógio para conflitos conjugais e familiares. Agora, se conviver ininterruptamente com quem se ama já é desafiador, imagine passar semanas, meses dentro...

‘Godzilla Vs Kong’: sem vergonha de ser uma divertida bobagem

Não há como contornar: Godzilla vs Kong é um filme bobo. Todos os filmes “versus” feitos até hoje na história do cinema, com um personagem famoso enfrentando outro, foram bobos, e essa nova investida do estúdio Warner Bros. no seu “Monsterverse” – a culminação dele,...

‘Collective’: aula sobre o fundamental papel do jornalismo investigativo

“Collective” é, provavelmente, o filme mais marcante desta temporada de premiações. O documentário dirigido por Alexander Nanau traz à tona denúncias concernentes à corrupção no Ministério da Saúde romeno, algo super atual no período pandêmico e que dialoga com...