Antes da chegada de “Doutor Sono”, os fãs de Stephen King terão a oportunidade rara de conferir o clássico “O Iluminado” nos cinemas. Em Manaus, o terror dirigido por Stanley Kubrick protagonizado por Jack Nicholson será exibido no dia 29 de outubro no Cinépolis do Millenium Shopping, a partir das 19h30. As entradas já estão à venda na bilheteria e no site da Ingresso.com.

Baseado no livro escrito por King, “O Iluminado” acompanha a história do escritor Jack Torranc. Ele consegue um novo trabalho cuidando do Hotel Overlook durante o inverno. Trazendo sua esposa, Wendy, e seu pequeno filho, Danny, para morar com ele no edifício isolado, ele logo descobre que o caseiro anterior enlouqueceu, matando a própria família e depois se matando. Jack passa o tempo escrevendo enquanto a neve cobre os arredores. Logo fica claro que Danny tem habilidades paranormais, podendo ver coisas que os outros não podem ver. Os três não estão sozinhos. O elenco conta com Shelley Duvall e Barry Nelson.

Já “Doutor Sono” acomapanha Danny anos depois ainda assombrado pelos fantasmas dos acontecimentos de “O Iluminado”. Com lançamento previsto no Brasil para o dia 7 de novembro, o filme terá Ewan McGregor de protagonista.

Isabela Catão: ‘O Barco e o Rio’ foi uma das melhores experiências da minha vida’

Apesar de todos os estigmas que ainda rondam a atuação no Amazonas, nos últimos anos, vimos jovens atores regionais despontarem no cenário nacional. Dentre eles, um nome que tem se destacado é Isabela Catão.  Com uma caminhada marcada por peças teatrais e...

Henrique Amud e o duro retorno à ditadura em ‘Atordoado’

Se você aprecia a MPB e a discografia de Chico Buarque, vai lembrar que “Atordoado, Eu Permaneço Atento” é uma das frases célebres da canção que se tornou um ícone da luta contra censura e ditadura vivida no Brasil, “Cálice”. A sentença também nomeia o documentário de...

Keila Serruya: ‘Desejo Mudar a Realidade de Apagamento do Negro em Manaus’

Sabe aquela expressão “Dentro de toda brincadeira, há um pouco de verdade”? Esse ditado popular poderia ser a resposta ao meme “o brasileiro tem memória curta”. Entre mitos e falácias, é notável o quanto ainda há muitos fatos que são obscuros aos livros de história...

Allan Deberton: ”Pacarrete’ está entrando na cultura pop’

Allan Deberton viveu um 2019 intenso. O primeiro longa-metragem da carreira, “Pacarrete”, fez uma vitoriosa carreira pelo circuito de festivais brasileiros e internacionais com destaque para a conquista no Festival de Gramado, onde dominou a premiação ao levar...

Marcélia Cartaxo: ‘’Pacarrete’ está presente em cada um de nós’

Estrear no cinema dirigida por Suzana Amaral em uma adaptação da obra de Clarice Lispector com apenas 22 anos de idade. Marcélia Cartaxo não se intimidou e realizou uma das mais belas atuações do cinema brasileiro em “A Hora da Estrela”. O trabalho rendeu o prêmio de...

Diego Medeiros e o Direito no campo do audiovisual brasileiro

Em 1997, “Baile Perfumado”, de Lírio Ferreira e Paulo Caldas, deu início a uma nova etapa do cinema pernambucano. Dali por diante, o Estado tornou-se um dos mais prolíficos do país com muitas das melhores obras da produção autoral brasileira. O sucesso comercial e em...

Sandino Saravia: incertezas no cinema do Brasil refletem nas coproduções na Am. Latina

“Boi Neon”, “Divino Amor”, “Pássaros de Verão”, “O Banheiro do Papa” e “Roma”. Estes são alguns dos filmes produzidos por Sandino Saravia. Sócio-produtor na CINEVINAY (México) e Malbicho Cine (Uruguai), ele foi um dos convidados do Mercado Audiovisual do Norte –...

Jorane Castro: da defesa do cinema nacional às identidades amazônicas nas telas

O Mercado Audiovisual do Norte – Matapi teve Jorane Castro como uma das principais convidadas da edição 2019. Professora do curso em Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Pará, ela conta com mais de 20 obras realizadas, entre...

Raphael Montes: ‘o caso Richthofen reflete a estrutura social do Brasil’

com apoio de João Bosco Soares Sete livros publicados, uma novela, uma série da TV Globo, outra da Netflix e incursões cada vez mais intensas no cinema, seja com o elogiado roteiro de “Praça Paris”, dirigido por Lucia Murat, ou o aguardado projeto, com dois filmes em...

Thiago Morais e as oficinas de audiovisual do Museu Amazônico

Thiago Morais ("A Estranha Velha que Enforcava Cachorros"), 43 anos, produtor audiovisual e desde 1995 dedicando sua vida por trás das câmeras. Com o currículo cheio e envolvimento em diversas produções aqui no Amazonas, o produtor desenvolveu a segunda etapa do ‘OPA...