Os cinemas de Manaus estão autorizados a reabrirem a partir da próxima segunda-feira, dia 28 de junho. A decisão foi tomada pelo Comitê Intersetorial de Enfrentamento à Covid-19, do Governo do Amazonas. Para a retomada, as empresas deverão obedecer as normas sanitárias estabelecidas em 2020 e somente irão disponibilizar para venda até 50% dos assentos.

A interrupção das atividades das 71 salas no Amazonas – 69 em Manaus, uma em Itacoatiara e outra em Manacapuru – ocorreu na virada do ano quando a variante Gama (P.1) aliada ao negacionismo levou ao caos sanitário e à crise do oxigênio nos hospitais. Na última quinta-feira (24), o cinema do Casarão de Ideias pode reabrir pela autorização permitida a espaços culturais.

A reabertura dos cinemas em Manaus coincide com a chegada no Brasil de “Velozes e Furiosos 9”, superprodução que promete ser uma das maiores bilheterias do ano. Essa retomada ainda deve contar com “Um Lugar Silencioso 2”, “Invocação do Mal 3“, “Godzilla Vs Kong” e “Cruella

NORMAS SANITÁRIAS

Além de limitar a capacidade de público em até 50%, as salas serão higienizadas nos intervalos de cada sessão, item a item, incluindo poltronas, porta-copos e corrimãos, de acordo com o Governo do Amazonas. A máscara será obrigatória em todas as áreas comuns dos cinemas e haverá aferição de temperatura, independentemente de o serviço ser executado nas entradas dos shoppings. Será disponibilizado álcool em pontos estratégicos.

Haverá distanciamento entre pessoas. Nos cinemas, casais, famílias e pessoas que têm convívio podem se sentar juntas em, no máximo, grupos de até quatro pessoas. As empresas devem incentivar a compra do ingresso pela internet para evitar aglomerações nas bilheterias. As salas devem possuir sistema de renovação contínua do ar.

“É necessário que as pessoas tenham a devida consciência que nós não podemos relaxar, sob pena de perder tudo o que a gente conseguiu até agora. Então, nós precisamos continuar seguindo todos os protocolos, a questão do uso da máscara, do álcool em gel e respeitando o distanciamento e, dessa forma, aos poucos a gente vai se livrando, deixando para trás a pandemia”, disse Wilson Lima.

com apoio de informações de assessoria

Laboratório de argumentos para longas, Manaó Cinelab abre inscrições gratuitas

Oportunidade rara para quem deseja estudar cinema em Manaus: um laboratório para desenvolvimento de argumento de longas-metragens será promovido pela produtora Tamba-Tajá Criações. Iniciativa gratuita, o 'Manaó Cinelab: Em busca da escrita perfeita' terá 10 vagas,...

Animação pós-apocaliptíca representa o Amazonas no Festival de Gramado 2021

O Festival de Gramado volta seu olhar novamente para a produção amazonense: a animação "Stone Heart" será o representante do Estado na mostra de curtas nacionais, a mesma vencida em 2020 por "O Barco e o Rio", de Bernardo Abinader. Dirigido pelo parintinense Humberto...

Camila Henriques e Pâmela Eurídice são as duas novas representantes do Amazonas na Abraccine

O Amazonas ganhou mais dois novos nomes na Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema: Camila Henriques e Pâmela Eurídice estão entre as novas integrantes da entidade existente desde 2011. A dupla se junta a Susy Freitas, primeira amazonense selecionada...

‘Os Segredos do Putumayo’, de Aurélio Michiles, é selecionado para festival na Irlanda

O filme "Segredos do Putumayo", dirigido pelo amazonense Aurélio Michiles, é um dos destaques do festival irlandês Galway Film Fleadh que acontece entre os dias 20 e 25 de julho. Ainda inédito nos cinemas brasileiros, conta com a distribuição global da O2 Play. O...

Cineclube Olhar do Norte terá debates sobre grandes filmes do cinema brasileiro

Principal festival de cinema da atualidade em Manaus, o Olhar do Norte prepara uma novidade para 2021: o Cineclube Olhar do Norte. Com a exibição e o debate de importantes filmes do cinema amazonense e brasileiro recentes, a iniciativa irá marcar a inauguração do site...

‘A Terra Negra dos Kawá’ e ‘Manaus Hot City’ vencem prêmios em festivais nacionais

O cinema amazonense segue acumulando conquistas importantes em festivais nacionais e internacionais. Três curtas-metragens locais - "A Terra Negra dos Kawá", de Sérgio Andrade, "Manaus Hot City", de Rafael Ramos, e "Graves e Agudos em Construção", de Walter Fernandes...

UEA estuda retorno do curso de audiovisual para 2022

A vitória de “O Barco e o Rio” com cinco Kikitos no Festival de Gramado 2020 simbolizou os avanços do cinema amazonense cada vez mais presente em eventos nacionais e internacionais. Um vácuo, entretanto, insiste em permanecer: a ausência de um curso regular do setor...

Cinemas de Manaus completam seis meses fechados em meio a incerteza de reabertura

O gráfico sobre a participação de filmes brasileiros nos cinemas por Estados em 2021 aparece sem a presença do Amazonas. Caso incluísse as produções estrangeiras, a imagem permaneceria a mesma. O informativo, disponível no Observatório Brasileiro do Cinema e...

Com curadoria do Matapi, streaming do Itaú Cultural apresenta filmes do Norte do Brasil

No Dia do Cinema Brasileiro, um presente para os cinéfilos: o Itaú Cultural lança, neste sábado (19), um streaming dedicado às produções do país. O catálogo oferece mais de cem títulos já na estreia e é composto de filmes, séries, programas de TV, festivais e mostras...

Casarão de Ideias programa retorno do cinema com ‘Alvorada’ e ‘Druk’

Fechados há seis meses, os cinemas de Manaus estão perto do retorno. Igual ocorreu em 2020, o Casarão de Ideias deve marcar este recomeço com a reabertura da sala prevista para o próximo dia 24 de junho, segundo João Fernandes, diretor e fundador do espaço cultural. ...