Com atividades suspensas desde 19 de março, os cinemas de Manaus estão autorizados a reabrirem as portas a partir do próximo dia 6 de julho. Isso, porém, não vai acontecer nos complexos localizados nos shoppings da cidade: todas as sete redes em atividade – Centerplex, Cinépolis, Cine Araújo, Cinemark, Kinoplex, Playarte e UCI – decidiram por continuar a paralisação. Os fatores incluem desde a readaptação das normas sanitárias até a falta de novos lançamentos.

Nesta reportagem exclusiva, o Cine Set apresenta como está a situação de cada complexo e quando se estima que tudo poderá voltar ao normal.  

A RETOMADA

Com a redução dos números de casos e óbitos em Manaus, o governador do Amazonas, Wilson Lima, estabeleceu um calendário de retomada das atividades econômicas para a capital.

Dividido em quatro ciclos, o último deles está previsto para o dia 6 de julho e inclui a reabertura dos cinemas. Pelo decreto estadual, as salas terão capacidade de funcionamento autorizada de até 50% do local. 

Vale sempre lembrar: o retorno dos cinemas em Manaus será feito bem antes em comparação ao que ocorreu nos países europeus mais atingidos pela COVID-19.

A POSIÇÃO DE CADA CINEMA

O Cinépolis possui o maior número de salas de todos os complexos em Manaus: são 26 ao todo.

Todos os três complexos não abrirão nesta segunda-feira. Segundo as assessorias do Manaus Plaza Shopping e do Shopping Ponta Negra, o retorno das atividades está prevista para acontecer em julho em data a ser definida. Já o Millenium Shopping não informou uma previsão para a retomada.

Quanto à possibilidade de implantação de um drive-in na área de estacionamento, a assessoria do shopping informou que o Millenium e o Cinépolis não possuem perspectiva de fazer nem estão programados para uma iniciativa do tipo.

Primeira rede de cinemas multiplexs nos shoppings de Manaus em funcionamento desde os anos 1990, a Kinoplex conta com cinco salas no Amazonas Shopping.

A empresa foi consultada por duas vezes pelo Cine Set e não respondeu as solicitações, informando “que ainda não é hora de falar sobre esse assunto. Seguimos acompanhando as notícias, conversando com as autoridades, estudando e nos preparando. Estaremos com tudo pronto quando for a hora de reabrir as salas de cinema. Estamos trabalhando para receber nosso público de volta com o máximo de segurança e bem-estar”.

Já a assessoria do Amazonas Shopping informou que a reabertura do cinema está prevista para 30 de julho.

Com oito salas no Sumaúma Park Shopping, localizado na Cidade Nova, zona norte de Manaus, a rede UCI ainda não tem data de retorno das sessões. Em comunicado enviado ao Cine Set, a empresa informou que o foco está na readequação para obedecer as normas sanitárias.

“Estamos implementando todas as medidas cabíveis, com o objetivo de preservar não apenas nossos clientes e colaboradores, mas também da coletividade de forma mais ampla. Toda a equipe da Rede UCI está focada para reabrir os cinemas com a maior segurança possível, visando oferecer um ambiente saudável e agradável a todos. Diante de um quadro de mudanças constantes no Brasil e no mundo, reforçamos nosso compromisso de retomar gradativamente as atividades das 203 salas UCI de acordo com as adequações do isolamento social em cada praça que está presente”.

Segunda quinzena de agosto.

Esta é a previsão para retomada das atividades do Cine Araújo, complexo com cinco salas localizado no Shopping Via Norte. Representante do setor administrativo da rede, Ana Paula Trindade, explicou que a falta de novos filmes para as próximas semanas impede a reabertura.

“Não pretendemos voltar com filmes antigos; não faz parte da forma como trabalhamos. Será um julho perdido e vamos esperar agosto para voltar”, disse. Segundo ela, todos os contratos dos funcionários de Manaus foram suspensos, exceto do gerente; a estimativa é que eles sejam recontrados com a retomada.

Por fim, Ana Paula garante que todos os procedimentos sanitários serão seguidos na volta do Cine Araújo. “O uso de máscaras serão obrigatórias, as salas estarão com menos assentos disponíveis para compra, teremos álcool em gel e EPI´s para os funcionários”.

O Playarte do Manauara Shopping não retorna em julho. Esta é a informação do gerente de programação da empresa paulistana, Wilton Lino Sales.

Segundo Wilton, o principal motivo da decisão está relacionada à falta de estreias para este mês. “A previsão é que o cinema seja reaberto no dia 13 de agosto“, afirmou ao Cine Set. A data corresponde justamente à data prevista para o lançamento de “Tenet”, novo e aguardado filme do diretor Christopher Nolan (“Dunkirk“).

Com 10 salas, a inauguração do Playarte aconteceu em dezembro de 2009 e possui capacidade total para 1.947 espectadores.

O Studio 5 não terá ainda a principal atração de entretenimento no shopping: as oito salas do Cinemark continuarão fechadas por tempo indeterminado.

A Cinemark não vai se pronunciar sobre o assunto no momento, mas já podemos informar que o complexo de Manaus não vai reabrir agora”, informou a rede em mensagem encaminhada ao Cine Set.

Dona da única sala de cinema em 4D de Manaus, a rede Centerplex optou por não responder os questionamentos do Cine Set.

Segundo a empresa, as informações sobre a reabertura do complexo localizado no Shopping Grande Circular, o único cinema da Zona Leste de Manaus, e da possibildade de implantação de drive-in na cidade, como acontece no interior de São Paulo, serão informados no site oficial da Centerplex.

Até a publicação desta reportagem, ainda não há qualquer notícia sobre a retomada das sessões para esta segunda-feira. 

Brasil na Covid-19 X Filmes de Fim de Mundo: Realidade mais irracional que a Ficção

A realidade é, muitas vezes, mais estranha que a ficção. E a realidade brasileira, então, nem se fala. Neste artigo vou comentar um pouco sobre como o Brasil do Covid-19 se compara com alguns elementos e clichês de filmes de catástrofes e fim do mundo que Hollywood e...

30 Anos de ‘Lua de Cristal’: documentário celebra sucesso estrelado por Xuxa

Em 1990, Xuxa Meneghel estava no auge de sua carreira. A loira mais famosa do Brasil já era recordista em vendagem de discos e seu programa “Xou da Xuxa”, exibido nas manhãs pela TV Globo, rompia barreiras e começava a ganhar repercussão internacional. Se tal fenômeno...

Bond, Cannes, Mercado Brasileiro: o Impacto do Coronavírus no Cinema

O surto de COVID-19, conhecido popularmente como coronavírus, tem deixado o mundo em pânico nestes últimos meses. O alto número de pessoas diagnosticadas com o vírus e o crescente número de mortes só tem alarmado mais ainda a situação. O surto teve início na cidade de...

César 2020 e a vitória de Polanski: triste dia para o cinema da França

https://www.youtube.com/watch?v=PXnNOBj26lk&t=13s A primeira e única vitória de Roman Polanski na categoria de Melhor Direção no Oscar, em 2003, foi recebida em clima de euforia. No anúncio dos indicados, gritos e aplausos mais fortes para o cineasta responsável...

Os 10 maiores ataques do governo Bolsonaro ao cinema do Brasil em 2019

Jair Bolsonaro, de fato, é um fenômeno. Dólar passando dos R$ 4,20. Economia com crescimento pífio. Desemprego na casa de 12,5 milhões de pessoas. Perda da credibilidade internacional do Brasil ao redor do planeta. Parceria com EUA marcada por um lado recebe MUITO...

Os Mafiosos de Martin Scorsese: de ‘Caminhos Perigosos’ a ‘O Irlandês’

ALERTA: este artigo possui SPOILERS! Com a estreia de “O Irlandês”, o diretor Martin Scorsese parece encerrar um ciclo de produções sobre a vida dentro da máfia, uma jornada iniciada 1973 com o experimental “Caminhos Perigosos” (1973), primeira parceria dele com...

O caso James Dean e os limites (ou não) do uso do CGI no cinema

Há algumas semanas foi anunciado que o ícone de Hollywood, James Dean (1931-1955), será revivido via computação gráfica para aparecer no filme Finding Jack, um drama ambientado na Guerra do Vietnã a ser dirigido pela dupla Anton Ernst e Tati Golykh. Bem... Todos nós...

Saudade vira ponto de partida para debate da alienação parental em ‘Tranças’

Saudade é uma palavra interessante e particularmente nossa. O dicionário a define como o sentimento causado pela distância ou ausência, mas só quem a sente compreende o quanto ela dói e é capaz de deixar cicatrizes. A questão é que nem sempre essas marcas são tão...

Por Dentro de ‘Enterrado no Quintal’: de Lars Von Trier à força de Isabela Catão

A sinopse de “Enterrado no Quintal” acabou ficando assim: Isabela, ainda adolescente, enterrou uma arma no quintal de casa como uma maneira de ter em mente uma forma de se vingar do seu padrasto, que agrediu a sua mãe diversas vezes durante a sua infância. Ela...

Por dentro de ‘Enterrado no Quintal’: Cuba para enxergar a zona oeste de Manaus

Desde que gravamos “Boto” (Artrupe Produções, 2017), pude fazer trabalhos que me possibilitaram viajar para outros lugares apresentando a produção que fazemos aqui. E é em situações como essas, distante da zona de conforto e rodeado de pessoas que não fazem ideia de...