“Namastê”, o quarto episódio da quinta temporada de Better Call Saul, se inicia com Jimmy num antiquário, à procura de algum item. Ele testa o peso de diversos objetos: uma pequena TV, uma panela, um Buda sorridente… Até que escolhe um que parece pesado o suficiente.

O significado dessa abertura só ficará claro ao final do episódio, mas ela tem tudo a ver com a luta de Jimmy, e dos demais personagens, nesta temporada. Jimmy, ao se redefinir como Saul, deseja assegurar seu status como figura independente. Kim também deseja o mesmo. Por isso, neste episódio ambos chegam a momentos de definição: Jimmy vai almoçar com Howard, que retorna à série com uma oferta de trabalho na HHM; e Kim decide que precisa fazer alguma coisa a respeito do senhor que se recusa a abandonar seu terreno, entravando as intenções da grande empresa Mesa Verde.

LEIA TAMBÉM: Crítica: “Better Call Saul” – Episódios 5×01, 5×02 e 5×03

Ser independente de verdade tem um custo – como sabemos o destino de Saul, que se apresenta para Howard como “a última linha de defesa para o cara pequeno”, a oferta de Howard adquire até um aspecto dramático e trágico. Mas o nosso protagonista não quer ter mais nada a ver com sua vida passada nem com o universo que foi criado por seu irmão. Já a Kim se alia com a persona do Saul em nome de um fim, aparentemente, nobre: ajudar aquele “cara pequeno”. Vamos ver, nos próximos episódios, como essa aliança vai se desenvolver…

GUS E MIKE SURPREENDEM

Incrivelmente, Gus é outro personagem que sofre os efeitos da pressão de forças maiores. Ele também está em busca de sua independência, por isso sofre na tensa sequência em que Hank e Steve interceptam seu dinheiro numa transação. Em busca de controle – não é o que todos querem? – o nervoso Gus acaba atormentando um “cara pequeno”, o rapaz que trabalha para ele no restaurante dos Pollos Hermanos, obrigando-o a lavar a grelha várias vezes.

E a trama do Mike toma um rumo que realmente não esperávamos, o que prova a capacidade da série em nos surpreender mesmo quando já conhecemos os destinos de alguns dos personagens. “Namastê” é mais um ótimo episódio de Better Call Saul, com humor, tensão e grandes momentos entre os personagens. É impressionante a facilidade com que Dean Norris e Steven Michael Quezada voltaram aos seus personagens desde a época de Breaking Bad.  É sensacional a cena da confusão com o jurado que Jimmy apronta no tribunal. E visualmente, se destaca a sequência noturna no deserto, entrecortada com as cenas de Gus no Pollos Hermanos – a tensão é construída pela montagem alternada, pelo som e pelas atuações.

Temos um episódio de preparação de terreno para novos desenvolvimentos. Mas um que não esquece que o brilhantismo da série muitas vezes está nos detalhes.

‘The Crown’ – 4ª temporada: puro suco da guerra de egos da Realeza

Os teasers que anunciavam o retorno de The Crown não estavam para brincadeira - essa era, afinal, a temporada mais aguardada por quem acompanha a série. Entra em cena uma jovem tímida, de uma família aristocrática, que parecia ser a escolha mais segura para, um dia,...

‘Lovecraft Country’ 1×10: final apressado destoa da temporada

O título deste episódio final da temporada de Lovecraft Country é “Círculo Completo”, e ele é quase que totalmente dedicado ao grande arco da temporada, o do confronto entre nossos heróis contra os planos de Christina Braithwhite. De fato, ele acaba fazendo um circulo...

‘A Maldição da Mansão Bly’: terror dá espaço para o drama em boa série

Dois anos após o sucesso estrondoso de ‘A Maldição da Residência Hill’, o showrunner Mike Flanagan voltou a nos assombrar com sua forma sensível de contar histórias sobre fantasmas. Mas, embora tenha uma proposta parecida com a série anterior, ‘A Maldição da Mansão...

‘The Boys’ 2×08: temporada encerra lembrando fim do primeiro ano

Subvertendo o gênero de super-heróis mais uma vez, ‘The Boys’ chega ao final de sua segunda temporada correspondendo às expectativas do público. Ao apostar em cenas marcantes e revelações aguardadas, a série consegue entreter e dar continuidade às narrativas...

‘Lovecraft Country’ 1×09: massacre de Tulsa para jamais esquecer

Na minha crítica do oitavo episódio da temporada de Lovecraft Country, ressaltei como um evento real ditou o tom daquele segmento em particular. Pois neste nono episódio, intitulado “Voltando para 1921”, a série repete esse expediente, de forma até mais efetiva, ao...

‘Bom Dia, Verônica’: roteiro excelente encontra elenco em alto nível

Baseada no livro homônimo de Raphael Montes e Ilana Casoy, ‘Bom dia, Verônica’ é mais uma série nacional na Netflix que traz muito orgulho para o audiovisual brasileiro. Digo isto, pois, além de contar com uma história instigante e muito bem apresentada ao longo de...

‘Lovecraft Country’ 1×08: ‘Fuck the Police’

Se há uma coisa que o triste ano de 2020 deixou absolutamente óbvio para o mundo é que, nos Estados Unidos, a polícia é inimiga da população negra. Sério, como alguém pode discordar disso ao ver algumas poucas estatísticas, e ao presenciar a comoção mundial que casos...

‘The Boys’ 2×07: crítica social e sadismo lado a lado em grande episódio

Embora o episódio final da temporada sempre seja o mais aguardado e, por vezes, aclamado nos seriados, muito da expectativa sobre ele é construída no episódio anterior, responsável por unificar narrativas e preparar um bom desfecho. Sabendo disso,...

‘Lovecraft Country’ 1×07: sci-fi à serviço do empoderamento

Até agora, a série Lovecraft Country explorou mais os ingredientes de terror e de fantasia das obras da literatura pulp e do autor H. P. Lovecraft. Mas literatura pulp também é território da ficção-científica... Já sabíamos, desde a menção de uma tal “máquina do...

‘The Boys’ 2×06: irreverência em divertida releitura do Asilo Arkham

Desde detalhes nos figurinos até os diálogos, ‘The Boys’ sempre encontra uma forma de referenciar outros universos de super-heróis, rendendo ótimas piadas e até mesmo críticas. Desta vez, a série nos leva diretamente a uma releitura do Asilo Arkham de Gotham City,...