Um dos mais celebrados episódios da trajetória de Os Sopranos na TV foi “Pine Barrens” da terceira temporada da série. Era o famoso episódio em que Paulie e Christopher tinham a missão de cobrar dinheiro de um russo duro na queda, e as coisas se escalavam tão absurdamente que os dois acabavam perdidos numa floresta coberta de neve, correndo risco de morrerem congelados. Se você viu esse episódio, provavelmente não o esqueceu.

Bem, “A Mula”, este oitavo episódio da quinta temporada de Better Call Saul, lembra “Pine Barrens”, ao menos em termos de história. A trama é a mais simples e básica da temporada até aqui: Saul é encarregado de ir buscar a grana da fiança de Lalo – sete milhões de dólares, que estão escondidos no meio do deserto. Mas imprevistos acontecem e então Saul e Mike se veem à deriva no deserto, carregando os milhões em duas pesadas bolsas, e sendo caçados.

LEIA TAMBÉM: CRÍTICA 5X01 e 02

O deserto na visão de Vince Gilligan – não por acaso, o diretor deste episódio – é implacável. Jesse e Walter quase morreram lá quando o trailer ficou sem bateria em Breaking Bad. E depois Walter teve que arrastar seu barril de dinheiro por quilômetros de areia e vazio, já perto do fim da sua jornada. É como se os personagens tivessem que passar por provações no inferno, verdadeiras odisseias, periodicamente em ambas as séries. Pode-se fazer uma interpretação até mesmo mitológica do episódio, coisa do tipo bem contra o mal e o que acontece quando um homem opta pelo segundo e precisa pagar o preço.

Western: a terra dos mitos no cinema

E a condução do diretor também é inspirada. Quando Saul encontra os gêmeos no deserto para receber a grana, a cabeça dele é enquadrada entre os dois vilões de uma maneira tão perfeita que faria Wes Anderson sorrir. Gilligan também filma alguns momentos de ação incríveis no episódio e mantém a tensão, mesmo que nós tenhamos consciência de que os dois heróis do episódio vão escapar.

Mas é a jornada que importa, e é fascinante de se ver: ao longo do episódio o personagem Saul se revela pela ação. O sujeito que começa a jornada confiante na sua lábia – “soy abrogado”, ele diz para todos – é reduzido ao seu mais elementar e toma uma atitude desesperada para sobreviver. Porque é quem ele é, um sobrevivente. E agora, de fato, com os dois pés no mundo do crime.

LEIA TAMBÉM: CRÍTICA 5X03, 04, 05, 06 e 07

“A Mula” é um episódio cheio de ação, suspense – que cena entre Rhea Seehorn e Tony Dalton! E o encontro entre Kim e Lalo deverá ter consequências – e grandes momentos e algumas referências – a câmera entra pelo cano de uma arma reverenciando outra cena icônica de Breaking Bad. E reforça também a visão do seu criador: Tanto Breaking Bad quanto Better Call Saul são faroestes. Às vezes nos esquecemos disso, às vezes os próprios roteiros nos fazem esquecer. Mas de vez em quando, um episódio em ambas as séries nos puxa de volta para o deserto. Apesar das semelhanças superficiais entre estes episódios, a floresta gelada de “Pine Barrens” combinava com Os Sopranos, que afinal estava mais próximo do noir. O universo de Vince Gilligan é o do western, e o western é a terra dos mitos no cinema.

Talvez tenhamos visto neste “A Mula” o definitivo nascimento do mito de Saul Goodman.

‘O Legado de Júpiter’: Netflix perde o bonde para ‘The Boys’

Levando em conta todo o conteúdo de super-heróis disponível hoje no terreno das séries de TV e streaming – e é bastante – ainda há muito espaço para o heroísmo, digamos, tradicional: embora brinquem com formatos e gêneros e adicionem algumas complexidades aqui e ali,...

‘Them’: ecos de ‘Poltergeist’ em incômoda série sobre racismo

No começo da década de 1980, Steven Spielberg e Tobe Hooper lançaram Poltergeist: O Fenômeno (1982), que acabaria se tornando um pequeno clássico do terror ao mostrar uma típica família norte-americana de um subúrbio californiano aparentemente perfeito enfrentando...

‘Falcão e o Soldado Invernal’: legado do Capitão América vira dilema da própria Marvel

ATENÇÃO: O texto a seguir possui SPOILERS de “Vingadores: Ultimato”. Histórias de super-heróis de quadrinhos são, por definição, otimistas. Por terem sido orginalmente criadas como fantasias infanto-juvenis, o otimismo faz parte de seu DNA: há um herói, há um vilão, o...

‘Os Irregulares de Baker Street’: Sherlock mal tratado em série péssima da Netflix

Sim, lá vamos nós para mais uma adaptação das obras de Arthur Conan Doyle. A Netflix, por exemplo, mantém uma linha de produção na qual não aborda exatamente a figura de Sherlock Holmes, mas sim, personagens ligados a ele. Após o sucesso de ‘Enola Holmes’ é a vez dos...

‘Small Axe: Educação’: ensino como instrumento de luta racial

Chegamos ao último episódio de “Small Axe”, série antológica dirigida por Steve McQueen (“12 Anos de Escravidão”). Intitulado “Educação”, o capítulo final narra um conto infantil carregado de incompreensões, racismo e a luta por uma educação inclusiva. O diretor, que...

‘Small Axe: ‘Alex Wheatle’: quando se encontra o senso de pertencimento

Duas coisas se destacam em “Alex Wheatle”, quarto episódio da série antológica “Small Axe”: a construção visual e o protagonista. Ao longo das semanas, tenho destacado o trabalho do diretor de fotografia Shabier Kirchner. Seja por sua câmera sensível em “Os Nove do...

‘Small Axe: Vermelho, Branco e Azul’: Boyega contra o racismo policial inglês

Em “Small Axe”, chegamos à semana do episódio que rendeu a John Boyega o Globo de Ouro de Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme. Intitulado “Vermelho, Branco e Azul”, justamente as cores presentes na bandeira do Reino Unido, acompanhamos a saga de Leroy Logan...

‘Por Trás dos Seus Olhos’: imperdível thriller psicológico eletrizante

O quão longe você iria para ter o amor de alguém? Existem escrúpulos na busca pela vida perfeita com quem se ama? Esses são alguns questionamentos levantados pela minissérie da Netflix ‘Por trás de seus olhos’. Baseada no romance homônimo de Sarah Pinborough, a...

‘Os Últimos Dias de Gilda’: alegoria das sementes do ódio brasileiro

Se Jean-Paul Sartre já dizia que o inferno são os outros, imagina o que ele diria se ele fosse mulher e vivesse no subúrbio do Rio de Janeiro. "Os Últimos Dias de Gilda", nova minissérie da Globoplay exibida no Festival de Berlim deste ano, dá pungentes contornos a um...

‘Small Axe: Lovers Rock’: experiência sensorial em trama irregular

Tomando como referência o episódio anterior, considero essa segunda história de “Small Axe” um ponto fora da curva. A direção permanece impecável e, mais uma vez, a ambientação é o grande destaque da narrativa. No entanto, “Lovers Rock” carece de uma história mais...