“Nós fazemos escolhas, e elas nos colocam num caminho. Às vezes elas são pequenas, e ainda assim nos colocam no caminho”, diz Mike numa cena deste nono episódio da quinta temporada de Better Call Saul, “Estradas de Más Escolhas”.

Mike e Jimmy saem do deserto no começo deste episódio – a abertura, com a tela dividida (Split-screen) na qual podemos ver Jimmy e Kim ao mesmo tempo, remete à abertura de um episódio da temporada passada que mostrava a rotina dos dois. Até a canção que toca é a mesma, numa versão diferente. As escolhas pequenas e grandes que Jimmy toma depois da sua odisseia no deserto levam a um clima de tensão entre ele e Kim. Ele diz que o carro dele apenas quebrou… Mas ela encontra a garrafinha de estimação dele dentro da mala dele, com um buraco de bala…

LEIA TAMBÉM: CRÍTICA 5X01 e 02

É a mesma história que Jimmy, como Saul, o advogado, conta a seu cliente Lalo, após enfim pagar a fiança de 7 milhões de dólares. É o plano de Gus funcionando à exatidão, e por alguns minutos sentimos estar vendo a despedida de Tony Dalton da série. Lalo se vê forçado a desaparecer, e vemos até ele se despedir de Hector. E o clima de tensão vai se acumulando…

TENSÃO COMPLETA

Mas estamos falando de Better Call Saul aqui, então os roteiristas raramente fazem o que esperamos. Os planos quase nunca saem tal como esperado. Lalo é esperto e começa a investigar, levando a uma confrontação final com Saul e Kim no apartamento deles. Breaking Bad teve muitos momentos de tensão; já Better Call Saul, devido à sua natureza diferente, poucas vezes se mostrou realmente tensa. Mas neste episódio… Os minutos finais são de ficar na ponta da cadeira, enquanto vemos uma situação crítica conduzida por um trio de atores em estado de graça: Bob Odenkirk atrapalhado, mas sem abandonar a mentira; Dalton aumentando o nível de ameaça como se girasse um botão interior; e Rhea Seehorn assumindo a dianteira da situação e provando, mais uma vez, que merece e precisa ser lembrada na próxima temporada de premiações da TV norte-americana.

LEIA TAMBÉM: CRÍTICA 5X03, 04, 05, 06, 07 e 08

Esse é ápice do episódio, mas há várias outras cenas incríveis. É impossível não dar uma risada quando Saul leva os 7 milhões à escriturária, ou sentir a frieza de Gus quando este se recusa a deixar o seu valioso “recurso”, Nacho, ir. A angústia de Jimmy ilustrada ao ouvir suco sendo preparado num espremedor é outro grande momento visual e sonoro da série, precisamente construído.

E o final do episódio promete mais tensão no próximo para todos os envolvidos, já que estamos chegando ao final da temporada. É quando iremos sentir o peso das escolhas, pequenas e grandes…

‘Bridgerton’: atualização agradável dos romances de época

Desde o fiasco de ‘Orgulho e Preconceito e Zumbis’ até o adorado ‘Retrato de Uma Jovem em Chamas’ já assisti uma quantidade razoável de romances de época – todas totalmente influenciadas pelas minhas leituras de Jane Austen. Mas, confesso que não quis me render aos...

‘Cidade Invisível’: folclore brasileiro em série de altos e baixos

Com a responsabilidade de adaptar lendas do folclore brasileiro para um cenário urbano para atingir um público global, Carlos Saldanha (‘Rio’ e ‘Touro Ferdinando’) cria em ‘Cidade Invisível’ um suspense policial fácil de ser consumido em um streaming como a Netflix....

‘The Crown’ – 4ª temporada: puro suco da guerra de egos da Realeza

Os teasers que anunciavam o retorno de The Crown não estavam para brincadeira - essa era, afinal, a temporada mais aguardada por quem acompanha a série. Entra em cena uma jovem tímida, de uma família aristocrática, que parecia ser a escolha mais segura para, um dia,...

‘Lovecraft Country’ 1×10: final apressado destoa da temporada

O título deste episódio final da temporada de Lovecraft Country é “Círculo Completo”, e ele é quase que totalmente dedicado ao grande arco da temporada, o do confronto entre nossos heróis contra os planos de Christina Braithwhite. De fato, ele acaba fazendo um circulo...

‘A Maldição da Mansão Bly’: terror dá espaço para o drama em boa série

Dois anos após o sucesso estrondoso de ‘A Maldição da Residência Hill’, o showrunner Mike Flanagan voltou a nos assombrar com sua forma sensível de contar histórias sobre fantasmas. Mas, embora tenha uma proposta parecida com a série anterior, ‘A Maldição da Mansão...

‘The Boys’ 2×08: temporada encerra lembrando fim do primeiro ano

Subvertendo o gênero de super-heróis mais uma vez, ‘The Boys’ chega ao final de sua segunda temporada correspondendo às expectativas do público. Ao apostar em cenas marcantes e revelações aguardadas, a série consegue entreter e dar continuidade às narrativas...

‘Lovecraft Country’ 1×09: massacre de Tulsa para jamais esquecer

Na minha crítica do oitavo episódio da temporada de Lovecraft Country, ressaltei como um evento real ditou o tom daquele segmento em particular. Pois neste nono episódio, intitulado “Voltando para 1921”, a série repete esse expediente, de forma até mais efetiva, ao...

‘Bom Dia, Verônica’: roteiro excelente encontra elenco em alto nível

Baseada no livro homônimo de Raphael Montes e Ilana Casoy, ‘Bom dia, Verônica’ é mais uma série nacional na Netflix que traz muito orgulho para o audiovisual brasileiro. Digo isto, pois, além de contar com uma história instigante e muito bem apresentada ao longo de...

‘Lovecraft Country’ 1×08: ‘Fuck the Police’

Se há uma coisa que o triste ano de 2020 deixou absolutamente óbvio para o mundo é que, nos Estados Unidos, a polícia é inimiga da população negra. Sério, como alguém pode discordar disso ao ver algumas poucas estatísticas, e ao presenciar a comoção mundial que casos...

‘The Boys’ 2×07: crítica social e sadismo lado a lado em grande episódio

Embora o episódio final da temporada sempre seja o mais aguardado e, por vezes, aclamado nos seriados, muito da expectativa sobre ele é construída no episódio anterior, responsável por unificar narrativas e preparar um bom desfecho. Sabendo disso,...