“Nós fazemos escolhas, e elas nos colocam num caminho. Às vezes elas são pequenas, e ainda assim nos colocam no caminho”, diz Mike numa cena deste nono episódio da quinta temporada de Better Call Saul, “Estradas de Más Escolhas”.

Mike e Jimmy saem do deserto no começo deste episódio – a abertura, com a tela dividida (Split-screen) na qual podemos ver Jimmy e Kim ao mesmo tempo, remete à abertura de um episódio da temporada passada que mostrava a rotina dos dois. Até a canção que toca é a mesma, numa versão diferente. As escolhas pequenas e grandes que Jimmy toma depois da sua odisseia no deserto levam a um clima de tensão entre ele e Kim. Ele diz que o carro dele apenas quebrou… Mas ela encontra a garrafinha de estimação dele dentro da mala dele, com um buraco de bala…

LEIA TAMBÉM: CRÍTICA 5X01 e 02

É a mesma história que Jimmy, como Saul, o advogado, conta a seu cliente Lalo, após enfim pagar a fiança de 7 milhões de dólares. É o plano de Gus funcionando à exatidão, e por alguns minutos sentimos estar vendo a despedida de Tony Dalton da série. Lalo se vê forçado a desaparecer, e vemos até ele se despedir de Hector. E o clima de tensão vai se acumulando…

TENSÃO COMPLETA

Mas estamos falando de Better Call Saul aqui, então os roteiristas raramente fazem o que esperamos. Os planos quase nunca saem tal como esperado. Lalo é esperto e começa a investigar, levando a uma confrontação final com Saul e Kim no apartamento deles. Breaking Bad teve muitos momentos de tensão; já Better Call Saul, devido à sua natureza diferente, poucas vezes se mostrou realmente tensa. Mas neste episódio… Os minutos finais são de ficar na ponta da cadeira, enquanto vemos uma situação crítica conduzida por um trio de atores em estado de graça: Bob Odenkirk atrapalhado, mas sem abandonar a mentira; Dalton aumentando o nível de ameaça como se girasse um botão interior; e Rhea Seehorn assumindo a dianteira da situação e provando, mais uma vez, que merece e precisa ser lembrada na próxima temporada de premiações da TV norte-americana.

LEIA TAMBÉM: CRÍTICA 5X03, 04, 05, 06, 07 e 08

Esse é ápice do episódio, mas há várias outras cenas incríveis. É impossível não dar uma risada quando Saul leva os 7 milhões à escriturária, ou sentir a frieza de Gus quando este se recusa a deixar o seu valioso “recurso”, Nacho, ir. A angústia de Jimmy ilustrada ao ouvir suco sendo preparado num espremedor é outro grande momento visual e sonoro da série, precisamente construído.

E o final do episódio promete mais tensão no próximo para todos os envolvidos, já que estamos chegando ao final da temporada. É quando iremos sentir o peso das escolhas, pequenas e grandes…

‘Better Call Saul’ 6×12: ‘Waterworks’

Chegamos ao penúltimo episódio de Better Call Saul. Neste segmento, intitulado “Waterworks” (uma expressão em inglês que pode designar tanto um sistema hidráulico, como pode ser usado como sinônimo de pranto ou choradeira), sente-se o peso do passado e de todos os...

‘Turma da Mônica – A Série’: para agradar novas e antigas gerações

Quando o primeiro longa-metragem live action de “Turma da Mônica” saiu, minha amiga e crítica do Cine SET Rebeca Almeida, escreveu que este era um novo caminho para o cinema infantil nacional. Pulamos para 2022 e com mais produções deste universo, Daniel Rezende,...

‘Better Call Saul’ 6×11: ‘Breaking Bad’

Aviso: SPOILERS no texto abaixo. Recomenda-se ler só após assistir ao episódio. -- O que há em um bigode? Quando conhecemos Saul Goodman em Breaking Bad, era 2009 e o episódio se chamava “Better Call Saul”. Agora, estamos em 2022 e Jesse Pinkman e Walter White...

‘Better Call Saul’ 6×10: ‘Nippy’

Todas as temporadas de Better Call Saul, exceto esta última, começaram com uma sequência em preto-e-branco mostrando a vida triste de Jimmy McGill pós-Breaking Bad. Oops, Jimmy não: Gene Takavic, um sujeito com o cabelo rareando e um bigode deprimido que trabalha em...

‘Better Call Saul’ 6×09: ‘Fun and Games’

Há uma cena neste nono episódio da temporada final de Better Call Saul na qual Jimmy e Kim retornam ao bom e velho escritório da firma de advocacia HHM, um cenário que víamos desde o começo da série. Nele, Clifford diz ao casal que a empresa em breve vai dispensar...

‘Better Call Saul’ 6×08: Point and Shoot

Personagens inteligentes criam grande drama. Em Better Call Saul, desde o fim da quarta temporada, vemos o quanto Lalo é inteligente. Mesmo assim, ainda ficamos despreparados em relação à sagacidade dele enquanto assistimos a este retorno da série com "Point and...

‘The Boys’ – 3ª Temporada: Capitão Pátria rouba a cena no melhor ano da série

Desde o lançamento de “Deadpool” (2016) e, anos depois, de “Watchmen” (2019), há a tentativa de instaurar nesse sub-gênero um discurso paródico, irônico e autoconsciente que não é nenhuma surpresa após tantas produções de heróis ao longo da última década. “The Boys”...

Emmy 2022: Quem Serão os Indicados nas Principais Categorias?

De "Succession" a "Hacks", Caio Pimenta aponta quais deverão ser os indicados nas categorias de Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Série de Comédia, Drama e Minissérie. MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE INDICADOS Andrew Garfield, por “Under The Banner of Heaven” Colin Firth,...

‘A Lista Terminal’: poucos bons momentos para muito mais do mesmo

“A Lista Terminal”, a nova série de ação da Amazon Prime, começa muito bem. O primeiro episódio é dirigido pelo cineasta Antoine Fuqua, de “Dia de Treinamento” (2001) e “O Protetor” (2014), e realmente prende a atenção com um clima de suspense e uma boa condução....

‘Stranger Things 4’ Volume 2 | O Melhor e Pior da Temporada

Inevitável olhar para os dois últimos episódios da quarta temporada de “Stranger Things” e não mirar na duração: por que diabos um capítulo de 1h27 e outro de inacreditáveis 2h22? Nem sou daqueles que leva o tempo como fator decisivo para definir o que assistir (antes...