O mais difícil de “Histórias de um Casamento” é saber lidar com o quão engraçado ele é. Não se engane: essa é uma história devastadora sobre um divórcio e a subsequente batalha judicial dos ex-cônjuges. Porém, a delicadeza com que o diretor-roteirista Noah Baumbach toca no humor dos momentos em que as pessoas baixam suas guardas eleva esse material para além do melodrama e o transforma em um de seus melhores filmes. 
 
Nele, Nicole (Scarlett Johansson) e Charlie (Adam Driver) estão pondo fim ao seu casamento, tendo que resolver como cuidar do filho e seguir em frente. Absolutamente nada em sua história é novidade: ela se ressente de ter abandonado a carreira em Hollywood para trabalhar com o marido dramaturgo em Nova York; ele é obcecado demais pelo próprio trabalho para perceber a sua distância emocional. Ele a trai, claro – e isso cria um abismo entre os dois impossível de ser sanado. 

‘Não tão simples’ 

Nicole parte para a casa da mãe, em Los Angeles. O casal começa a discutir uma separação amigável. No desespero emocional da situação, Nicole aceita o conselho de uma colega de trabalho e procura Nora (Laura Dern), uma advogada especializada em casos de família. Isso desencadeia uma série de embates cada vez mais intensos um contra o outro. 
 
“Histórias de um Casamento” é recheado de excelentes diálogos e é hábil em evitar tomar lados no desenrolar da ação. Quem melhor descreve a situação do casal é Nicole ao tentar contar o que aconteceu no seu casamento para Nora: “Não sei por onde começar. Não é tão simples como: ‘eu deixei de amá-lo'”. 
 
Baumbach está interessado nos pequenos detalhes que fazem com que pessoas se aproximem e se afastem. Nicole se encanta pelo talento de Charlie, mas não consegue perdoar a si mesma por ter dedicado tanto de sua vida a ele. Já Charlie é interessado justamente pelo fato de Nicole se doar demais àquilo que acredita e sempre se mostrar disponível. Assim, ele passa a encará-la como algo certo e perde o interesse. 

Johansson e Dern brilham 

Apesar do roteiro não priorizar nenhum dos dois em perspectivas e tempo em cena, a caracterização de Nicole é mais complexa, o que dá oportunidade de Scarlett Johansson entregar seu melhor trabalho em anos. Caso sua recente defesa de Woody Allen não a torne mal-quista entre os votantes da Academia, ela tem boas chances de conseguir uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz por esse papel. 

Confirmando o talento de Baumbach para criar excelentes personagens secundários, Dern rouba toda a cena em que aparece como Nora. Ela é uma mulher que alega ter vivido a dor de Nicole, mas para quem o caso dela – e tantos outros – são jogos e, acima de tudo, um lucrativo negócio. Com um timing cômico impecável, Dern também merece aqui uma indicacão ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. 
 
“Histórias de um Casamento” não busca fazer um grande tratado sobre relações humanas. E sua história está longe de ser universal: as personagens, como de praxe nas histórias do diretor, são ricas e majoritariamente brancas, por exemplo. No entanto, ele se torna profundo por focar em dores específicas. Essas, sim, compartilhadas por todos. 

‘Earwig’: fábula dark de incapaz de envolver o público

A vida de uma menina peculiar, um homem atormentado e uma garçonete em apuros se entrelaçam em "Earwig", novo filme da francesa Lucile Hadžihalilović (“Inocência”, “Évolution”). O longa, que teve estreia em Toronto e premiada passagem em San Sebastián, foi exibido no...

‘Um Herói’: o melhor filme de Asghar Farhadi desde ‘O Passado’

Um conto-da-carochinha com desdobramentos épicos é a força-motriz de "Um Herói", novo drama de Asghar Farhadi. O longa foi exibido no Festival de Londres deste ano após estreia em Cannes, onde levou o Grand Prix - o segundo prêmio mais prestigiado do evento. Escolhido...

‘Benedetta’: Verhoeven leva sexo a convento em sátira religiosa

Paul Verhoeven (“Elle”, “Tropas Estelares”), está de volta - e continua em excelente forma. Seu mais novo filme, Benedetta, exibido no Festival de Londres deste ano após sua estreia em Cannes, vê o diretor holandês empregando sua verve cáustica à serviço de uma...

‘The Tragedy of Macbeth’: ambiciosa adaptação que nada inova

Longe de pela primeira vez e certamente não pela última, o cinema recebe mais uma adaptação de "Macbeth"- agora concebida por Joel Coen, metade da oscarizada dupla de irmãos cineastas. O lançamento largamente digital do longa exibido no Festival de Londres deste ano -...

‘Sundown’: apatia generalizada em filme monótono

“Sundown”, novo filme do mexicano Michel Franco (“Depois de Lúcia”), tenta responder a velha pergunta: como seria começar de novo? A produção com Tim Roth (“Luce”) e Charlotte Gainsbourg (“Ninfomaníaca”), que teve estreia em Veneza e foi exibida no Festival de Londres...

‘A Crônica Francesa’: Wes Anderson joga para torcida ao celebrar o jornalismo

Descrito como uma "carta de amor aos jornalistas", "A Crônica Francesa" é uma divertida homenagem do diretor Wes Anderson à mídia impressa e aos articulistas que o inspiraram. O projeto, que estreou em Cannes e foi exibido no Festival de Londres deste ano, é o filme...

‘Great Freedom’: a luta para ser quem se é independente das consequências

Amor, tesão e tragédia dão a tônica de "Great Freedom", o belo e potente novo filme de Sebastian Meise. A co-produção Áustria-Alemanha, que estreou (e foi premiada) na seção Um Certo Olhar no Festival de Cannes, foi exibida no Festival de Londres deste ano. O drama de...

‘The Souvenir Parte II’: Joanna Hogg muda tom e cria sequência metalinguística

A diretora Joanna Hogg continua seu exercício em autoficção em "The Souvenir Parte II", sequência do premiado sucesso de 2019. O filme, que estreou em Cannes e foi exibido no Festival de Londres deste ano, começa exatamente no mesmo ponto em que seu predecessor...

‘Titane’: Julia Ducournau arrisca tudo com horror no limite

Dependendo da forma como você o vê, "Titane" é um horror porrada no estômago, uma hilária comédia de humor negro ou um drama sobre pessoas muito, mas muito quebradas. O filme ganhador da cobiçada Palma de Ouro - prêmio máximo do Festival de Cannes - deste ano e...

‘Spencer’: Kristen Stewart luta em vão contra filme maçante

Em "Spencer", Kristen Stewart se junta ao clube de atrizes - que inclui Naomi Watts (“Diana”) e Emma Corrin (“The Crown”) - que se lançaram ao desafio de retratar a Princesa Diana. A atriz traz uma energia caótica à personagem e a coloca no caminho de uma quase certa...