Há algumas obras cinematográficas que ultrapassam a função de entreter e divertir. Eles são capazes de mudar a vida de muita gente. Sociedade dos Poetas Mortos, Um Sonho de Liberdade, Bird, Patch Adams, não faltam exemplos de histórias  que influenciaram profissões, relacionamentos ou metas de vida.

Algumas frases ditas, durante o decorrer do roteiro, ficam marcadas e se tornam quase um tipo de mantra na sua vida. Duvido que nunca tenha acontecido com você, um parente ou um amigo. Relembre algumas frases para refletir e descubra se  elas conseguem te afetar ou ajudar da maneira que você precisa ou gostaria.

“A vida só pode ser compreendida olhando para trás, mas só pode ser vivida olhando para frente”. –  O Curioso Caso de Benjamin Button

O filme conta a história de um hopmem que nasce velho e morre jovem, invertendo o curso da vida. Comovente.

“Não importa a cor do cabelo, o estilo das roupas, muito menos a cor da pele. Nada disso define caráter”. – Histórias Cruzadas

A história da segregação racial  é contada do ponto de vista das empregadas domésticas do sul dos EUA.

“Carpe diem. Aproveitem o dia. Tornem suas vidas extraordinárias” – A Sociedade dos Poetas Mortos.

Um dos filmes mais inspiradores dos últimos tempos. Um professor tenta revolucionar uma  conservadora escola particular através de uma visão humanizada.

“Nunca deixe que alguém lhe diga que não pode fazer algo. Se você tem um sonho, tem que protegê-lo. As pessoas que não podem fazer por si mesmas, dirão que você não consegue. Se quer alguma coisa, vá e lute por ela. Ponto final”. – À Procura da Felicidade

A história real de um pai que passa por muitas dificuldades na vida. Ele aprende a ser pai do único filho durante o percurso.

“Saber esperar é uma virtude! Aceitar, sem questionar, que cada coisa tem um tempo certo para acontecer… é ter Fé!” – À espera de um milagre.

Uma fábula do diretor Frank Darabond nsina sobre justiça, bondade e também de maldade.

“Faça ou não faça. Não existe tentar” – Yoda, em Star Wars

O pequeno Yoda, um dos maiores Jedi de Star Wars, dá lições a seu padawan, Luke Skywalker.

“Os grandes homens não nascem grandes, eles crescem muito” – O Poderoso Chefão

Considerado um dos melhores filmes de todos os tempos, possui frases lapidares. Muita gente conhece várias delas de cor.

“Eu sei o que eu tenho que fazer agora, eu tenho que continuar respirando, porque amanhã o sol vai nascer. Quem sabe o que a maré pode trazer?” – Náufrago.

Uma vivência solidária, após um acidente aéreo, faz com que o personagem de Tom Hanks descubra verdades na vida.

Não torne as coisas piores, pensando que dói mais do que você realmente está sentindo. – O Menino do Pijama Listrado

A visão comovente do sofrimento através dos olhos de crianças inocentes.

Não somos inimigos, mas amigos.Não devemos ser inimigos. Ainda que a paixão force, não deve romper nossos vínculos afetivos. As cordas místicas da memória reviverão ao serem tocadas novamente, tão certo como serão tocadas pelos melhores anjos da nossa natureza. – A Outra História Americana

Um filme espetacular, que mostra como o radicalismo não é a resposta para a sociedade.

“Precisa se perder para achar lugares que não se acham, se não todos saberiam onde fica”. – Piratas do Caribe

A divertida franquia, estrelada por Johnny Depp também fornece momentos de reflexão.

Gostou da listinha? Reveja estes filmes com outros olhos da próxima vez.

Michel Guerrero e as memórias da infância no Cine Carmen Miranda

Michel Guerrero possui uma longa carreira no teatro manauara, incluindo sua personagem mais famosa, Lady Park. Agora, ele revive sua paixão de infância pelo cinema para produzir seu primeiro curta-metragem como diretor, “Cine Carmen Miranda”. Partindo de uma narrativa...

Cláudio Bitencourt e Diego Lopes: “o talento do Marco Ricca elevou ainda mais ‘Lamento’”

Glamourosos e com uma diversidade de gente de todos os tipos entre hóspedes e clientes, hotéis sempre foram locais adorados por roteiristas e diretores para ambientarem suas produções. De Edmund Goulding em "O Grande Hotel" (1932) ao clássico "O Iluminado", de Stanley...

Daniel Nolasco: ‘A História brasileira ressignificou ‘Vento Seco’’

"Vento Seco" estreia no circuito comercial dos cinemas brasileiros em um mundo bem diferente de quando foi formulado inicialmente lá no longuíquo 2013. A chegada de um governo de extrema-direita ao poder e todo o preconceito contra minorias trazido por ele coloca...

Ignacio Rogers: ‘’O Diabo Branco’ mostra como as feridas da colonização seguem abertas’

 Com uma trajetória na carreira de ator iniciada em 2005, o argentino Ignacio Rogers resolveu se aventurar na direção de longas-metragens neste ano com “O Diabo Branco”. A produção em cartaz nos cinemas brasileiros toca em pontos sensíveis da colonização...

Heitor Dhalia: ““Anna” foi um filme desafiado pelo seu tempo”

Um nome importante do meio artístico utilizando seu prestígio para promover um ambiente tóxico de trabalho ao promover abusos morais e até sexuais a seus subordinados. Não, ainda não se trata da cinebiografia de Harvey Weinstein e sim do mote principal de “Anna”, novo...

Lucas Salles: “filmes como ‘Missão Cupido’ trazem a esperança de um final feliz”

Vindo de uma geração marcada pela transformação tecnológica, Lucas Salles é um bom exemplo de artista multiplataforma. Já foi repórter do 'CQC' e do 'Pânico na Band', realiza stand-up comedy no teatro, foi apresentador da "A Fazenda Online" e também investe na...

Lírio Ferreira: “‘Acqua Movie’ é uma extensão espiritual de ‘Árido Movie’”

A Retomada do Cinema Brasileiro viu surgir uma nova geração de diretores pernambucanos com impacto de influenciar e referenciar a produção nacional fora do eixo Rio-São Paulo. Lírio Ferreira abriu as portas em 1997 com o já clássico “Baile Perfumado”. Ao som do mangue...

Ricardo Calil: ‘Cine Marrocos’ simboliza os desencontros do Brasil com a cultura e os sem-tetos’

Ricardo Calil ficou conhecido como documentarista de grandes filmes sobre a música e a cultura brasileira. São dele produções como “Uma Noite em 67” sobre o célebre Festival da Record com estrelas como Roberto Carlos, Chico Buarque, Os Mutantes e Gilberto Gil; “Eu Sou...

Gustavo Pizzi: “‘Gilda’ representa a luta contra a imposição externa sobre a própria vida”

No Brasil 2021 de Jair Bolsonaro, uma mulher livre, dona do próprio corpo e contrária a opressão masculina incomoda muita gente. “Os Últimos Dias de Gilda”, série disponível na Globoplay, mostra muito bem isso.  A produção exibida na Berlinale Series neste ano estreou...

Júlia Rezende: “’Depois a Louca Sou Eu’” pode ser uma ponte de diálogo sobre a ansiedade’

“Meu Passado me Condena 1 e 2”, “Ponte Aérea” e “Uma Namorado para a Minha Mulher”. Todos os estes filmes são sucessos recentes da comédia romântica brasileira dirigidas pela Júlia Rezende. E ela está chegando nos cinemas com “Depois a Louca Sou Eu” com a Débora...