Dono de duas das maiores bilheterias da história do cinema – “Titanic” e “Avatar”James Cameron nunca foi considerado a pessoa mais tranquila nos bastidores de Hollywood. Brigas com executivos de estúdios e um rigor extremo para alcançar a perfeição sempre marcaram as histórias por trás das câmeras do cineasta ganhador do Oscar. 

James Cameron aproveitou uma masterclass para desabafar sobre este passado. O diretor disse que, se pudesse, reveria certas atitudes. “Eu poderia ter ouvido mais. Ser menos autocrático. Eu não poderia ter tornado o filme mais importante do que a interação humana da equipe”, disse. 

Durante a masterclass, o diretor afirma que gostaria de adotar um estilo mais próximo a Ron Howard (“Uma Mente Brilhante”), conhecido pelo seu jeito pacífico e calmo nos sets. Certa vez, Cameron teria visitado um set do colega e ficou pasmo com a quantidade de tempo que Howard leva para elogiar as pessoas em seu set. 

OS CAUSOS DE CAMERON 

Titanic James Cameron Jack Rose

As filmagens de “O Segredo do Abismo” foram traumáticas para o elenco: Ed Harris, por exemplo, quase se afogou durante uma das gravações, enquanto Mary Elizabeth Mastrantonio disse que o set foi tudo menos divertido. Ambos evitam falar da ficção científica até hoje. 

Em “Titanic”, James Cameron proibiu os atores e a equipe de irem ao banheiro durante a filmagem das cenas com os botes salva-vidas. Pressionado pelos executivos da Fox em cortar alguns minutos para diminuir os dias de gravações, o diretor disse que, para tanto, seria preciso demiti-lo. 

Recentemente, na pré-produção de “O Exterminador do Futuro 6”, Cameron tretou com Tim Miller. O diretor de “Deadpool” disse que não pretende nunca mais voltar a trabalhar com o cineasta. “Diz mais respeito a não querer estar em uma situação na qual eu não tenho controle do que acredito ser o certo”. 

‘Encanto’: agradável ainda que nada marcante animação Disney

Apropriada para o público infantil e com fácil apelo emocional, a temática sobre família constantemente é explorada nas animações da Disney e ‘Encanto’ não foge disso. Dirigido pelo trio Jared Bush (‘Moana’), Byron Howard (‘Zootopia’) e Charise Castro Smith, o filme...

‘Ataque dos Cães’: a masculinidade tóxica dissecada e descontruída

“Ataque dos cães” trata sobre masculinidade e poder em uma obra que flutua pela sensibilidade dos detalhes. Benedict Cumberbatch (“Doutor Estranho”) interpreta Phil Burbank, um típico vaqueiro dos filmes de faroeste, tratando sua frieza e brutalidade como prêmios. Ele...

‘King Richard: Criando Campeãs’: a filosofia de Will Smith com todos seus vícios e virtudes

Há alguns anos, o astro Will Smith explicou o motivo de ter recusado o papel de protagonista no sucesso Django Livre (2012), de Quentin Tarantino. A estrela afirmou que “o único jeito de fazê-lo seria se fosse uma história de amor, não de vingança”. Bem,...

‘Earwig’: fábula dark de incapaz de envolver o público

A vida de uma menina peculiar, um homem atormentado e uma garçonete em apuros se entrelaçam em "Earwig", novo filme da francesa Lucile Hadžihalilović (“Inocência”, “Évolution”). O longa, que teve estreia em Toronto e premiada passagem em San Sebastián, foi exibido no...

‘Ferida’: Halle Berry tenta, mas, não sai de fórmulas batidas

Ferida, estrelado e dirigido pela atriz Halle Berry – marcando sua estreia como diretora – é um filme igual à sua protagonista: sincero, mas errático; intenso, mas também disperso. A produção da Netflix busca contar um drama humano dentro do universo do MMA e, com...

‘Deserto Particular’: a solidão como companheira

A solidão que a gente carrega e que nos carrega também. “Deserto Particular” é um filme sobre espaços e tempo. Logo na abertura, Daniel (Antônio Saboia) corre de noite em meio a uma rua vazia, enquanto ouvimos uma narração do protagonista direcionada a alguém que ele...

‘Tick, Tick… Boom!’: Lin-Manuel Miranda dribla resistências ao musical em grande filme

Seja no cinema ou no teatro, não conhecer ‘Rent – Os Boêmios’ e muito menos ter se emocionado ao som de ‘Seasons of Love’ é algo extremamente difícil para quem gosta de musicais. A partir dessa prerrogativa, ‘Tick Tick... Boom!’ trata-se de uma grande homenagem a esse...

‘Um Herói’: o melhor filme de Asghar Farhadi desde ‘O Passado’

Um conto-da-carochinha com desdobramentos épicos é a força-motriz de "Um Herói", novo drama de Asghar Farhadi. O longa foi exibido no Festival de Londres deste ano após estreia em Cannes, onde levou o Grand Prix - o segundo prêmio mais prestigiado do evento. Escolhido...

‘Blue Bayou’: sobre pertencer e se identificar a um lugar

Antonio Leblanc (Justin Chon) mora em Nova Orleans há 30 anos, é casado, tem uma filha adotiva e a esposa está grávida de mais uma menina. Ainda assim, o sul-coreano corre risco de ser deportado mesmo que tenha sido adotado aos 3 anos de idade por um casal...

‘Benedetta’: Verhoeven leva sexo a convento em sátira religiosa

Paul Verhoeven (“Elle”, “Tropas Estelares”), está de volta - e continua em excelente forma. Seu mais novo filme, Benedetta, exibido no Festival de Londres deste ano após sua estreia em Cannes, vê o diretor holandês empregando sua verve cáustica à serviço de uma...