Promovido pela produtora amazonense Rizoma Audiovisual, o Laboratório Avançado de Documentários para Cinema e TV (LabDOC) está com inscrições abertas e gratuitas em Manaus. Voltado à qualificação de recursos humanos para o desenvolvimento de projetos de documentário, o curso de formação será realizado entre os dias 21 e 22 de dezembro, às 14h e 18h, no Impact Hub Manaus, localizado na Av. Efigênio Salles, 1299, zona centro-sul de Manaus. As aulas serão ministradas pelos pesquisadores e realizadores audiovisuais Bruno Villela (“Mezanino“), Erlan Souza (“Remições do Rio Negro“) e Gustavo Soranz (“Amazônia Postal“).

-> INSCREVA-SE NO LABDOC (CLIQUE AQUI)

São 30 vagas disponibilizadas e os candidatos inscritos serão selecionados a partir do perfil apresentado na inscrição e da apresentação de uma ideia inicial para um documentário. Cada professor irá acompanhar o desenvolvimento de 10 projetos, que serão apresentados ao final em forma de pitching, apresentação oral para uma comissão de avaliadores formada, na ocasião, pelos professores e tutores do curso.

O LabDoc tem coordenação pedagógica de Gustavo Soranz, que também é um dos professores e tutores, ao lado de Erlan Souza e Bruno Villela. Todos possuem experiência acadêmica em cursos superiores de cinema e são documentaristas com experiências em longa-metragem, curtas e séries para TV. Atualmente são roteiristas integrantes do Núcleo Criativo Rizoma Audiovisual (financiado pelo edital Prodav 03/2017), único Núcleo Criativo financiado pelo Fundo Setorial do Audiovisual no Amazonas. O Laboratório que ora apresentamos é um modo de estender os aprendizados decorrentes do trabalho do Núcleo a um número maior de pessoas, contribuindo para a formação de recursos humanos qualificados para fortalecer a cultura do documentário no estado e a profissionalização da cadeia produtiva do audiovisual no Amazonas.

“A proposta aprofunda iniciativas que a Rizoma Audiovisual e seus sócios já desenvolveram em outras oportunidades. Anteriormente, em diferentes ocasiões e para diferentes tipos de públicos, promovemos cursos de introdução ao documentário e cursos de formatação de projetos para documentário. No LabDoc chegamos ao formato de um curso mais desenvolvido em termos de carga-horária e conteúdo, com um panorama histórico do documentário, conceitos teóricos e práticos, informações relativas à cadeia produtiva do audiovisual no Brasil, dados sobre o mercado de documentários na TV e no Cinema, mentoria em relação ao desenvolvimento das propostas, estratégias de produção e divulgação. Além disso, oferecemos no decorrer do curso acesso a um amplo acervo de referências fílmicas e textuais para compor o repertório dos participantes, de modo a permitir que estes estejam capacitados para desenvolver outros projetos independentes de realização de documentários para as diferentes janelas existentes hoje no mercado audiovisual brasileiro, local e nacional. Em função do modelo de laboratório, os projetos serão acompanhados pelos professores do curso no processo de elaboração no modo de tutoria”, explica a Rizoma em comunicado.

A realização do Laboratório Avançado de Documentários para Cinema e TV – LabDOC tem o apoio do Ministério do Turismo, da Secretaria Especial de Cultura e da Prefeitura de Manaus, por meio do edital Conexões Culturais – Lei Aldir Blanc.

CONTEÚDO

  1. História do Documentário: Bruno Villela
  2. Perspectivas estéticas do documentário contemporâneo: Bruno Villela
  3. Estratégias Narrativas em Documentários: Erlan Souza
  4. Narrativa Visual e Fotografia: Erlan Souza
  5. Documentário brasileiro: Gustavo Soranz
  6. Modos e funções do documentário: Gustavo Soranz

Professores e tutores

Gustavo Soranz – Sócio da Rizoma Audiovisual. Roteirista, produtor, diretor e montador de documentários. Membro do júri de festivais de cinema. Avaliador da Secretaria do Audiovisual do Minc (2013 a 2017) e parecerista da Ancine para projetos submetidos ao FSA. Professor universitário. Entre outros trabalhos, dirigiu o documentário ”A AMAZÔNIA SEGUNDO EVANGELISTA” (2012). Criou e dirigiu a série documental “AMAZÔNIA POSTAL” (2017), exibida nacionalmente pela TV Brasil e pela TV Futura.

Erlan Souza – Sócio da Rizoma Audiovisual. Roteirista, produtor, diretor e diretor de fotografia de documentários. Professor Universitário. Dirigiu o longa-metragem “REMIÇÕES DO RIO NEGRO” (2011), exibido na Mostra Aurora, do Festival de Cinema de Tiradentes e no II Mostra Ecofalante. Dirigiu a série documental “AMAZÔNIA POSTAL” (2017), exibida nacionalmente pela TV Brasil e pela TV Futura.

Bruno Villela – Sócio da Cambará Filmes. Roteirista, produtor, diretor e montador de documentários. Professor Universitário. Roteirizou e dirigiu a série de TV “NOVA AMAZÔNIA”, exbibida pela TV Cultura do Amazonas e nacionalmente pela TV Escola. Criou e dirigiu a série documental “ÍNDIO PRESENTE” (2017), exibida nacionalmente pela TV Brasil e pela TV Futura.

Amazonense ‘O Barco e o Rio’ é selecionado para festival na Espanha

Depois de passagens de sucessos por festivais brasileiros, chegou a hora de “O Barco e o Rio” alcançar novos caminhos: a produção amazonense está selecionada para o Festival Internacional de Cinema de Huesca, na Espanha. O curta-metragem de Bernardo Abinader disputa a...

Quatro filmes representam o Amazonas na Mostra Histórias do Brasil Profundo

Fruto das políticas públicas de regionalização do audiovisual brasileiro, o atual momento do cinema amazonense alcançou feitos considerados impossíveis décadas atrás, incluindo, desde o surgimento de eventos locais importantes como o Amazonas Film Festival, Olhar do...

Em Manaus, curso gratuito prepara realizadores para primeiro filme

Formação cultural através do audiovisual. Essa é a proposta do projeto “Nosso Primeiro Filme”, contemplado pela Lei Aldir Blanc, através do Prêmio Feliciano Lana da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. O curso propõe um panorama dos principais setores...

Curtas de Begê Muniz e Lucas Martins representam o Amazonas no CineFantasy

O cinema amazonense estará representado em dose dupla no 11.º Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico. Os curtas "À Beira do Gatilho", de Lucas Martins, e "Jamary", de Begê Muniz, serão exibidos no evento previsto para ocorrer entre os dias 16 e 29...

Websérie Terceiro Ciclo do Cinema Amazonense – Ep 7: O Que Esperar do Futuro?

Caio Pimenta fala sobre o que esperar do futuro do cinema amazonense e os desafios impostos ao audiovisual local.  https://www.youtube.com/watch?v=rQ79UdbQ4yQ O FUTURO PÓS-ALDIR BLANC A curto prazo, o cinema do Amazonas deve ter um bom 2021 e, talvez, 2022. Falo isso...

Cinemas de Joaquim Marinho no Centro de Manaus serão tema de websérie

Muito antes dos multiplexs dos shoppings centers, os cinemas de rua do Centro de Manaus foram referências de cultura e entretimento durante décadas - atualmente restou apenas o resiliente Casarão de Ideias. Durante os anos 1970 ao início do século XXI, as salas de...

Plataforma digital reunirá dados sobre o audiovisual do Amazonas

Uma plataforma digital com o catálogo de profissionais e empresas de audiovisual do Amazonas somado a um observatório com pesquisas e estudos sobre o setor. Esta é a proposta do projeto Tela Amazônia, da produtora Leão do Norte, organizadora do Matapi – Mercado...

‘O Barco e o Rio’ entra no TOP 10 da Abraccine dos melhores curtas de 2020

A trajetória bem-sucedida do filme amazonense "O Barco e o Rio" segue firme em 2021: a produção dirigida por Bernardo Ale Abinader entrou no TOP 10 dos melhores curtas-metragens de 2020 da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine). A lista foi divulgada...

Websérie Terceiro Ciclo do Cinema Amazonense – Ep 6: A Tônica da Descontinuidade

Caio Pimenta fala sobre um dos maiores e históricos problemas do cinema produzido no Amazonas: a descontinuidade.  https://www.youtube.com/watch?v=3rosA6214mc ‘A Tônica da Descontinuidade’. Este é o título do livro mais importante sobre o cinema do Amazonas. O autor é...

Cine Set está credenciado para a cobertura do Festival de Berlim 2021

O Cine Set se prepara para uma nova cobertura internacional: a partir de março, o site de cinema produzido em Manaus traz as novidades sobre o Festival de Berlim 2021. O nosso correspondente internacional, Lucas Pistilli, já está credenciado para o evento online...