Promovido pela produtora amazonense Rizoma Audiovisual, o Laboratório Avançado de Documentários para Cinema e TV (LabDOC) está com inscrições abertas e gratuitas em Manaus. Voltado à qualificação de recursos humanos para o desenvolvimento de projetos de documentário, o curso de formação será realizado entre os dias 21 e 22 de dezembro, às 14h e 18h, no Impact Hub Manaus, localizado na Av. Efigênio Salles, 1299, zona centro-sul de Manaus. As aulas serão ministradas pelos pesquisadores e realizadores audiovisuais Bruno Villela (“Mezanino“), Erlan Souza (“Remições do Rio Negro“) e Gustavo Soranz (“Amazônia Postal“).

-> INSCREVA-SE NO LABDOC (CLIQUE AQUI)

São 30 vagas disponibilizadas e os candidatos inscritos serão selecionados a partir do perfil apresentado na inscrição e da apresentação de uma ideia inicial para um documentário. Cada professor irá acompanhar o desenvolvimento de 10 projetos, que serão apresentados ao final em forma de pitching, apresentação oral para uma comissão de avaliadores formada, na ocasião, pelos professores e tutores do curso.

O LabDoc tem coordenação pedagógica de Gustavo Soranz, que também é um dos professores e tutores, ao lado de Erlan Souza e Bruno Villela. Todos possuem experiência acadêmica em cursos superiores de cinema e são documentaristas com experiências em longa-metragem, curtas e séries para TV. Atualmente são roteiristas integrantes do Núcleo Criativo Rizoma Audiovisual (financiado pelo edital Prodav 03/2017), único Núcleo Criativo financiado pelo Fundo Setorial do Audiovisual no Amazonas. O Laboratório que ora apresentamos é um modo de estender os aprendizados decorrentes do trabalho do Núcleo a um número maior de pessoas, contribuindo para a formação de recursos humanos qualificados para fortalecer a cultura do documentário no estado e a profissionalização da cadeia produtiva do audiovisual no Amazonas.

“A proposta aprofunda iniciativas que a Rizoma Audiovisual e seus sócios já desenvolveram em outras oportunidades. Anteriormente, em diferentes ocasiões e para diferentes tipos de públicos, promovemos cursos de introdução ao documentário e cursos de formatação de projetos para documentário. No LabDoc chegamos ao formato de um curso mais desenvolvido em termos de carga-horária e conteúdo, com um panorama histórico do documentário, conceitos teóricos e práticos, informações relativas à cadeia produtiva do audiovisual no Brasil, dados sobre o mercado de documentários na TV e no Cinema, mentoria em relação ao desenvolvimento das propostas, estratégias de produção e divulgação. Além disso, oferecemos no decorrer do curso acesso a um amplo acervo de referências fílmicas e textuais para compor o repertório dos participantes, de modo a permitir que estes estejam capacitados para desenvolver outros projetos independentes de realização de documentários para as diferentes janelas existentes hoje no mercado audiovisual brasileiro, local e nacional. Em função do modelo de laboratório, os projetos serão acompanhados pelos professores do curso no processo de elaboração no modo de tutoria”, explica a Rizoma em comunicado.

A realização do Laboratório Avançado de Documentários para Cinema e TV – LabDOC tem o apoio do Ministério do Turismo, da Secretaria Especial de Cultura e da Prefeitura de Manaus, por meio do edital Conexões Culturais – Lei Aldir Blanc.

CONTEÚDO

  1. História do Documentário: Bruno Villela
  2. Perspectivas estéticas do documentário contemporâneo: Bruno Villela
  3. Estratégias Narrativas em Documentários: Erlan Souza
  4. Narrativa Visual e Fotografia: Erlan Souza
  5. Documentário brasileiro: Gustavo Soranz
  6. Modos e funções do documentário: Gustavo Soranz

Professores e tutores

Gustavo Soranz – Sócio da Rizoma Audiovisual. Roteirista, produtor, diretor e montador de documentários. Membro do júri de festivais de cinema. Avaliador da Secretaria do Audiovisual do Minc (2013 a 2017) e parecerista da Ancine para projetos submetidos ao FSA. Professor universitário. Entre outros trabalhos, dirigiu o documentário ”A AMAZÔNIA SEGUNDO EVANGELISTA” (2012). Criou e dirigiu a série documental “AMAZÔNIA POSTAL” (2017), exibida nacionalmente pela TV Brasil e pela TV Futura.

Erlan Souza – Sócio da Rizoma Audiovisual. Roteirista, produtor, diretor e diretor de fotografia de documentários. Professor Universitário. Dirigiu o longa-metragem “REMIÇÕES DO RIO NEGRO” (2011), exibido na Mostra Aurora, do Festival de Cinema de Tiradentes e no II Mostra Ecofalante. Dirigiu a série documental “AMAZÔNIA POSTAL” (2017), exibida nacionalmente pela TV Brasil e pela TV Futura.

Bruno Villela – Sócio da Cambará Filmes. Roteirista, produtor, diretor e montador de documentários. Professor Universitário. Roteirizou e dirigiu a série de TV “NOVA AMAZÔNIA”, exbibida pela TV Cultura do Amazonas e nacionalmente pela TV Escola. Criou e dirigiu a série documental “ÍNDIO PRESENTE” (2017), exibida nacionalmente pela TV Brasil e pela TV Futura.

Laboratório de argumentos para longas, Manaó Cinelab abre inscrições gratuitas

Oportunidade rara para quem deseja estudar cinema em Manaus: um laboratório para desenvolvimento de argumento de longas-metragens será promovido pela produtora Tamba-Tajá Criações. Iniciativa gratuita, o 'Manaó Cinelab: Em busca da escrita perfeita' terá 10 vagas,...

Animação pós-apocaliptíca representa o Amazonas no Festival de Gramado 2021

O Festival de Gramado volta seu olhar novamente para a produção amazonense: a animação "Stone Heart" será o representante do Estado na mostra de curtas nacionais, a mesma vencida em 2020 por "O Barco e o Rio", de Bernardo Abinader. Dirigido pelo parintinense Humberto...

Camila Henriques e Pâmela Eurídice são as duas novas representantes do Amazonas na Abraccine

O Amazonas ganhou mais dois novos nomes na Abraccine - Associação Brasileira de Críticos de Cinema: Camila Henriques e Pâmela Eurídice estão entre as novas integrantes da entidade existente desde 2011. A dupla se junta a Susy Freitas, primeira amazonense selecionada...

‘Os Segredos do Putumayo’, de Aurélio Michiles, é selecionado para festival na Irlanda

O filme "Segredos do Putumayo", dirigido pelo amazonense Aurélio Michiles, é um dos destaques do festival irlandês Galway Film Fleadh que acontece entre os dias 20 e 25 de julho. Ainda inédito nos cinemas brasileiros, conta com a distribuição global da O2 Play. O...

Cineclube Olhar do Norte terá debates sobre grandes filmes do cinema brasileiro

Principal festival de cinema da atualidade em Manaus, o Olhar do Norte prepara uma novidade para 2021: o Cineclube Olhar do Norte. Com a exibição e o debate de importantes filmes do cinema amazonense e brasileiro recentes, a iniciativa irá marcar a inauguração do site...

‘A Terra Negra dos Kawá’ e ‘Manaus Hot City’ vencem prêmios em festivais nacionais

O cinema amazonense segue acumulando conquistas importantes em festivais nacionais e internacionais. Três curtas-metragens locais - "A Terra Negra dos Kawá", de Sérgio Andrade, "Manaus Hot City", de Rafael Ramos, e "Graves e Agudos em Construção", de Walter Fernandes...

Cinemas de Manaus são autorizados a reabrirem após seis meses

Os cinemas de Manaus estão autorizados a reabrirem a partir da próxima segunda-feira, dia 28 de junho. A decisão foi tomada pelo Comitê Intersetorial de Enfrentamento à Covid-19, do Governo do Amazonas. Para a retomada, as empresas deverão obedecer as normas...

UEA estuda retorno do curso de audiovisual para 2022

A vitória de “O Barco e o Rio” com cinco Kikitos no Festival de Gramado 2020 simbolizou os avanços do cinema amazonense cada vez mais presente em eventos nacionais e internacionais. Um vácuo, entretanto, insiste em permanecer: a ausência de um curso regular do setor...

Cinemas de Manaus completam seis meses fechados em meio a incerteza de reabertura

O gráfico sobre a participação de filmes brasileiros nos cinemas por Estados em 2021 aparece sem a presença do Amazonas. Caso incluísse as produções estrangeiras, a imagem permaneceria a mesma. O informativo, disponível no Observatório Brasileiro do Cinema e...

Com curadoria do Matapi, streaming do Itaú Cultural apresenta filmes do Norte do Brasil

No Dia do Cinema Brasileiro, um presente para os cinéfilos: o Itaú Cultural lança, neste sábado (19), um streaming dedicado às produções do país. O catálogo oferece mais de cem títulos já na estreia e é composto de filmes, séries, programas de TV, festivais e mostras...