Depois de quase um mês dedicado aos filmes de terror brasileiros a mostra macaBRo – Horror Brasileiro Contemporâneo, promovida pelo Centro Cultural Banco do Brasil, vai oferecer uma segunda chance para o público assistir aos filmes. De 25 a 29 de novembro, a mostra reexibe 38 longas e curtas-metragens na plataforma darkflix.com.br/macabro,serviço de streaming do gênero Cinema Fantástico. Nos próximos dias, serão 22 longas e 16 curtas. A primeira fase da mostra aconteceu entre 28 de outubro e 23 de novembro e teve mais de 400 mil acessos à plataforma. Oferecendo um passeio sinistro pela produção audiovisual de terror 100% brasileira, a programação também contou com palestras, lives, cursos, debates e homenagens à cineasta Gabriela Amaral Almeida, ao diretor Dennison Ramalho, à produtora Vermelho Profundo e ao eterno José Mojica Marins, o Zé do Caixão, cujos trabalhos poderão ser conferidos novamente. 

Entre os longas-metragens estão na lista “Morto não Fala”, de Dennison Ramalho, “A Noite Amarela”, de Ramon Porto Mota, “A Mata Negra”, de Rodrigo Aragão, “A Casa de Cecília”, de Clarissa Appelt, “Através da Sombra”, de Walter Lima Jr., “As Núpcias de Drácula”, de Matheus Marchetti, “A Capital dos Mortos 2: Mundo Morto”, de Tiago Belotti, “Condado Macabro“, de Marcos deBrito, “#ninfabebê”, de Aldo Pedrosa, “O Nó do Diabo“, de Ian Abé, “Canto dos Ossos”, de Jorge Polo e Petrus de Bairros, “O segredo dos Diamantes”, de Helvécio Ratton, “O Caseiro”, de Julio Santi, “O Clube dos Canibais“, de Guto Parente, “Terra e Luz”, de Renné França, “Os Jovens Baumann“, de Bruna Carvalho Almeida, “Quando o Galo Cantar pela Terceira vez Renegarás tua Mãe”, de Aaron Salles Torres, e “Terminal Praia Grande”, de Mavi Simão. Os filmes ficam disponíveis das 18h do dia 25 até 23h59 do dia 29. Já “O Cemitério das Almas Perdidas” de Rodrigo Aragão, pode ser visto das 23h59 do dia 28 até 23h59 do dia 29Encerrando a programação dos longas, “A Sombra do Pai“, de Gabriela Amaral Almeida, “O Segredo de Davi“, de Diego Freitas, e “O Diabo Mora Aqui”, de Rodrigo Gasparini e Dante Vescio, podem ser conferidos das 13h às 23h59 do dia 29.  

Já os curtas-metragens ficam disponíveis a partir das 18h do dia 25 até 23h59 do dia 29. São eles “Estátua!”, “Uma Primavera” e “A Mão que Afaga”, de Gabriela Amaral Almeida. “Amor só de mãe”, “Nocturnu” e “Ninjas”, de Dennison Ramalho. “Cova Aberta”, “Mais Denso que o Sangue” e “Não tão Longe”, de Ian Abé. “O Desejo do Morto”, de Ramon Porto Mota, “O Hóspede”, de Anacã Agra e Ramon Porto Mota, e “Os Mortos”, de Jhésus Tribuzi. Além de “O Saci”, de José Mojica Marins, A lasanha assassina, de Ale McHado, animação com dublagem de Zé do Caixão, Tirarei as medidas do seu caixão, de Diego Camelo, filme em tributo a Mojica Marins, e Coração das Trevas” (“Coffin Joe’s Heart Of Darkness”), de Marcelo Colaiacovo, Nilson Primitivo e José Mojica Marins, filme experimental com material inédito filmado por Zé do Caixão.  

Além dos filmes, o público terá uma segunda oportunidade de conferir todos os módulos do curso “Trajetória do horror no cinema brasileiro” ministrado pelo curador Carlos Primati e as palestras “Escrevendo histórias de terror para o cinema” com a cineasta Gabriela Amaral Almeida e “Diretoras e o terror” com a pesquisadora Beatriz Saldanha. Para essas atividades o público pode se inscrever gratuitamente via Sympla.  

Como forma de diminuir os riscos apresentados pela covid-19, toda a programação segue online. O projeto é patrocinado pelo Banco do Brasil e tem produção da BLG Entretenimento. Conta com curadoria de Breno Lira Gomes – curador do festival Maranhão na Tela desde 2007 e de diversas mostras, como a recente Stephen King – O medo é seu melhor companheiro – e Carlos Primati, idealizador da mostra Horror no cinema brasileiro.  A dupla selecionou curtas e longas produzidos nos últimos cinco anos, entre 2015 e 2019, com data de lançamento até 2020, que continham forte experimentação visual, histórias horripilantes e marcantes.     

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

“O Segredo dos diamantes” é uma das atrações da Mostra macaBRo – Horror Brasileiro Contemporâneo

Longas-metragens:  

Dia 25 de novembro, a partir das 18h, disponíveis até 23h59 do dia 29  

O Nó do Diabo, de Ian Abé 

A Noite Amarela (Acessível: Legenda descritiva e interpretação em Libras), de Ramon Porto Mota 

Os Jovens Baumann (Acessível: Legenda descritiva e interpretação em Libras), de Bruna Carvalho Almeida 

A Mata Negra, de Rodrigo Aragão  

A Casa de Cecília, de Clarissa Appelt 

Através da Sombra, de Walter Lima Jr. 

Canto dos Ossos, de Jorge Polo e Petrus de Bairros 

As Núpcias de Drácula, de Matheus Marchetti 

A Capital dos Mortos 2: Mundo Morto, de Tiago Belotti 

Condado Macabro, de Marcos deBrito 

Morto não Fala, de Dennison Ramalho  

#ninfabebê, de Aldo Pedrosa 

O segredo dos Diamantes, de Helvécio Ratton 

O Caseiro, de Julio Santi 

O Clube dos Canibais, de Guto Parente 

Terra e Luz, de Renné França 

Quando o Galo Cantar pela Terceira vez Renegarás tua Mãe, de Aaron Salles Torres  

Terminal Praia Grande, de Mavi Simão 

Dia 28 de novembro, a partir das 23h59, disponível até 23h59 do dia 29 

O Cemitério das Almas Perdidas, de Rodrigo Aragão 

Dia 29 de novembro, a partir das 13h, disponível até às 23h59 do dia 29 

O Segredo de Davi (Acessível: Legenda descritiva), de Diego Freitas, limite de 500 visualizações 

A Sombra do Pai, de Gabriela Amaral Almeida, limite de 200 visualizações  

O Diabo Mora Aqui, de Rodrigo Gasparini e Dante Vescio, limite de 200 visualizações  

Curtas-metragens:  

Dia 25 de novembro a partir das 18h, disponíveis até 23h59 do dia 29  

O Saci, de José Mojica Marins 

A Lasanha Assassina, de Ale McHaddo  

Tirarei as Medidas do seu Caixão, de Diego Camelo 

Coração das trevas, de Marcelo Colaiacovo, Nilson Primitivo e José Mojica Marins 

Estátua!, de Gabriela Amaral Almeida   

Uma Primavera, de Gabriela Amaral Almeida 

A Mão que Afaga, de Gabriela Amaral Almeida 

Amor só de mãe, de Dennison Ramalho 

Nocturnu, de Dennison Ramalho 

Ninjas, de Dennison Ramalho  

Cova Aberta, de Ian Abé 

Mais Denso que o Sangue, de Ian Abé 

Não tão Longe, de Ian Abé 

O Desejo do Morto, de Ramon Porto Mota 

O Hóspede, de Anacã Agra e Ramon Porto Mota  

Os Mortos, de Jhésus Tribuzi 

Curso 

“Trajetória do horror no cinema brasileiro” com o curador Carlos Primati 

Módulo 1: Os primórdios do horror brasileiro (melodramas góticos, comédias de fantasmas e filmes de selva) 

Módulo 2: José Mojica Marins e seu legado

Módulo 3: Horror anos 80 

Módulo 4: O horror no cinema brasileiro contemporâneo  

Palestras 

“Escrevendo histórias de terror para o cinema” com a cineasta Gabriela Amaral Almeida  

“Diretoras e o terror” com a pesquisadora e crítica de cinema Beatriz Saldanha   

Serviço:    

Mostra macaBRo – Horror Brasileiro Contemporâneo (Segunda Chance) 

Realização: Centro Cultural Banco do Brasil     

Curadoria: Breno Lira Gomes e Carlos Primati     

Data: 25 a 29 de novembro.  

As exibições serão gratuitas e online na plataforma: darkflix.com.br/macabro    

Curso e palestras com inscrições via Sympla  

10 Filmes com Matt Damon que valem a pena ser vistos

Com um talento extraordinário, Matt Damon encara de frente vários gêneros de filmes, apesar de ser reconhecido mais pelos de ação. Nosso compilado de produções incluem vários títulos que merecem ser vistos e revistos: O Talentoso Ripley Tom Ripley já foi vivido no...

Cine Bodó 2021 realiza formação audiovisual de jovens na periferia de Manaus

Para além das notícias policiais, para dentro das telas. É assim que o projeto Cine Bodó, propõe formação e produção de cinema dentro  das periferias de Manaus. Em sua 5ª edição, a iniciativa já atingiu mais de 300 jovens e adolescentes, passou por mais de 16...

Curta amazonense de Walter Fernandes vence festival no Rio de Janeiro

O cinema amazonense segue colecionando prêmios em festivais nacionais: agora, foi a vez de "Graves e Agudos em Construção" levar o prêmio de Melhor Curta-Metragem nacional na sétima edição do Festival Brasil de Cinema Internacional, realizado no Rio de Janeiro entre...

Festival POE de Cinema Fantástico fecha parceria com Darkflix em edição inclusiva

Em sua 6ª edição, o Festival POE de Cinema Fantástico se adapta às estruturas online com uma nova maneira de exibição de seus filmes e uma nova categoria para trazer maior diversidade ao evento. Entre os dias 21 e 30 de abril, serão exibidos 68 filmes na programação,...

Debate com Babu e Dira Paes abre o Festival de Cinema das Periferias da Amazônia

De 10 a 30 de abril, o Festival de Cinema das Periferias da Amazônia - Telas em Movimento vai realizar palestras, oficinas, circuito de cineclubes, mostra de filmes e de vídeo mapping trazendo como tema a inclusão digital. A ideia desse ano é trazer à tona a pauta da...

Presidente Figueiredo e Vila de Balbina recebem oficinas de cinema gratuitas

A terra das cachoeiras, Presidente Figueiredo, localizada a 107 quilômetros distante de Manaus, irá abrigar uma rara iniciativa de cinema. O diretor Heraldo Daniel e o produtor audiovisual Hernan Antony irão realizar uma oficina para a Sétima Arte entre os dias 19 de...

Festival Brasileiro de Cinema Cômico exibe filmes de 11 Estados

O Festival Brasileiro de Cinema Cômico é o primeiro na história do país a premiar os melhores curtas-metragens e artistas de humor, gênero ainda pouco reconhecido pelos críticos e mostras. A ideia do evento é valorizar a diversidade e a qualidade da comédia feita no...

Documentário irá retratar a história da cantora Lucinha Cabral

Mergulhar na vida e na obra de Lucinha Cabral é o que busca o longa-metragem “Caboquinha”, documentário biográfico que iniciou processo de filmagem na última semana do mês de março, em Manaus. Projeto foi contemplado pelo Prêmio Feliciano Lana, promovido pelo Governo...

Cine Vídeo Tarumã retorna com lives de importantes do audiovisual do Amazonas

Após um ano com suas atividades paralisadas, o Cine Vídeo Tarumã retorna para a programação cultural da Ufam nesse novo semestre da universidade. A pandemia trouxe dificuldades para muitas pessoas e para a educação trouxe novos desafios e novas formas de ensino. Da...

Representação feminina no audiovisual será tema de curso online de Lorenna Montenegro

Como  as  mulheres  são  representadas  no  cinema  e  TV?  Existe  igualdade  no  mercado audiovisual?  Curso  online  ao  vivo  promovido  pelo  Centro  Cultural  b_arco  em  sua programação online, traz debates sobre a presença de mulheres no audiovisual.  Lorenna ...