Depois de quase um mês dedicado aos filmes de terror brasileiros a mostra macaBRo – Horror Brasileiro Contemporâneo, promovida pelo Centro Cultural Banco do Brasil, vai oferecer uma segunda chance para o público assistir aos filmes. De 25 a 29 de novembro, a mostra reexibe 38 longas e curtas-metragens na plataforma darkflix.com.br/macabro,serviço de streaming do gênero Cinema Fantástico. Nos próximos dias, serão 22 longas e 16 curtas. A primeira fase da mostra aconteceu entre 28 de outubro e 23 de novembro e teve mais de 400 mil acessos à plataforma. Oferecendo um passeio sinistro pela produção audiovisual de terror 100% brasileira, a programação também contou com palestras, lives, cursos, debates e homenagens à cineasta Gabriela Amaral Almeida, ao diretor Dennison Ramalho, à produtora Vermelho Profundo e ao eterno José Mojica Marins, o Zé do Caixão, cujos trabalhos poderão ser conferidos novamente. 

Entre os longas-metragens estão na lista “Morto não Fala”, de Dennison Ramalho, “A Noite Amarela”, de Ramon Porto Mota, “A Mata Negra”, de Rodrigo Aragão, “A Casa de Cecília”, de Clarissa Appelt, “Através da Sombra”, de Walter Lima Jr., “As Núpcias de Drácula”, de Matheus Marchetti, “A Capital dos Mortos 2: Mundo Morto”, de Tiago Belotti, “Condado Macabro“, de Marcos deBrito, “#ninfabebê”, de Aldo Pedrosa, “O Nó do Diabo“, de Ian Abé, “Canto dos Ossos”, de Jorge Polo e Petrus de Bairros, “O segredo dos Diamantes”, de Helvécio Ratton, “O Caseiro”, de Julio Santi, “O Clube dos Canibais“, de Guto Parente, “Terra e Luz”, de Renné França, “Os Jovens Baumann“, de Bruna Carvalho Almeida, “Quando o Galo Cantar pela Terceira vez Renegarás tua Mãe”, de Aaron Salles Torres, e “Terminal Praia Grande”, de Mavi Simão. Os filmes ficam disponíveis das 18h do dia 25 até 23h59 do dia 29. Já “O Cemitério das Almas Perdidas” de Rodrigo Aragão, pode ser visto das 23h59 do dia 28 até 23h59 do dia 29Encerrando a programação dos longas, “A Sombra do Pai“, de Gabriela Amaral Almeida, “O Segredo de Davi“, de Diego Freitas, e “O Diabo Mora Aqui”, de Rodrigo Gasparini e Dante Vescio, podem ser conferidos das 13h às 23h59 do dia 29.  

Já os curtas-metragens ficam disponíveis a partir das 18h do dia 25 até 23h59 do dia 29. São eles “Estátua!”, “Uma Primavera” e “A Mão que Afaga”, de Gabriela Amaral Almeida. “Amor só de mãe”, “Nocturnu” e “Ninjas”, de Dennison Ramalho. “Cova Aberta”, “Mais Denso que o Sangue” e “Não tão Longe”, de Ian Abé. “O Desejo do Morto”, de Ramon Porto Mota, “O Hóspede”, de Anacã Agra e Ramon Porto Mota, e “Os Mortos”, de Jhésus Tribuzi. Além de “O Saci”, de José Mojica Marins, A lasanha assassina, de Ale McHado, animação com dublagem de Zé do Caixão, Tirarei as medidas do seu caixão, de Diego Camelo, filme em tributo a Mojica Marins, e Coração das Trevas” (“Coffin Joe’s Heart Of Darkness”), de Marcelo Colaiacovo, Nilson Primitivo e José Mojica Marins, filme experimental com material inédito filmado por Zé do Caixão.  

Além dos filmes, o público terá uma segunda oportunidade de conferir todos os módulos do curso “Trajetória do horror no cinema brasileiro” ministrado pelo curador Carlos Primati e as palestras “Escrevendo histórias de terror para o cinema” com a cineasta Gabriela Amaral Almeida e “Diretoras e o terror” com a pesquisadora Beatriz Saldanha. Para essas atividades o público pode se inscrever gratuitamente via Sympla.  

Como forma de diminuir os riscos apresentados pela covid-19, toda a programação segue online. O projeto é patrocinado pelo Banco do Brasil e tem produção da BLG Entretenimento. Conta com curadoria de Breno Lira Gomes – curador do festival Maranhão na Tela desde 2007 e de diversas mostras, como a recente Stephen King – O medo é seu melhor companheiro – e Carlos Primati, idealizador da mostra Horror no cinema brasileiro.  A dupla selecionou curtas e longas produzidos nos últimos cinco anos, entre 2015 e 2019, com data de lançamento até 2020, que continham forte experimentação visual, histórias horripilantes e marcantes.     

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

“O Segredo dos diamantes” é uma das atrações da Mostra macaBRo – Horror Brasileiro Contemporâneo

Longas-metragens:  

Dia 25 de novembro, a partir das 18h, disponíveis até 23h59 do dia 29  

O Nó do Diabo, de Ian Abé 

A Noite Amarela (Acessível: Legenda descritiva e interpretação em Libras), de Ramon Porto Mota 

Os Jovens Baumann (Acessível: Legenda descritiva e interpretação em Libras), de Bruna Carvalho Almeida 

A Mata Negra, de Rodrigo Aragão  

A Casa de Cecília, de Clarissa Appelt 

Através da Sombra, de Walter Lima Jr. 

Canto dos Ossos, de Jorge Polo e Petrus de Bairros 

As Núpcias de Drácula, de Matheus Marchetti 

A Capital dos Mortos 2: Mundo Morto, de Tiago Belotti 

Condado Macabro, de Marcos deBrito 

Morto não Fala, de Dennison Ramalho  

#ninfabebê, de Aldo Pedrosa 

O segredo dos Diamantes, de Helvécio Ratton 

O Caseiro, de Julio Santi 

O Clube dos Canibais, de Guto Parente 

Terra e Luz, de Renné França 

Quando o Galo Cantar pela Terceira vez Renegarás tua Mãe, de Aaron Salles Torres  

Terminal Praia Grande, de Mavi Simão 

Dia 28 de novembro, a partir das 23h59, disponível até 23h59 do dia 29 

O Cemitério das Almas Perdidas, de Rodrigo Aragão 

Dia 29 de novembro, a partir das 13h, disponível até às 23h59 do dia 29 

O Segredo de Davi (Acessível: Legenda descritiva), de Diego Freitas, limite de 500 visualizações 

A Sombra do Pai, de Gabriela Amaral Almeida, limite de 200 visualizações  

O Diabo Mora Aqui, de Rodrigo Gasparini e Dante Vescio, limite de 200 visualizações  

Curtas-metragens:  

Dia 25 de novembro a partir das 18h, disponíveis até 23h59 do dia 29  

O Saci, de José Mojica Marins 

A Lasanha Assassina, de Ale McHaddo  

Tirarei as Medidas do seu Caixão, de Diego Camelo 

Coração das trevas, de Marcelo Colaiacovo, Nilson Primitivo e José Mojica Marins 

Estátua!, de Gabriela Amaral Almeida   

Uma Primavera, de Gabriela Amaral Almeida 

A Mão que Afaga, de Gabriela Amaral Almeida 

Amor só de mãe, de Dennison Ramalho 

Nocturnu, de Dennison Ramalho 

Ninjas, de Dennison Ramalho  

Cova Aberta, de Ian Abé 

Mais Denso que o Sangue, de Ian Abé 

Não tão Longe, de Ian Abé 

O Desejo do Morto, de Ramon Porto Mota 

O Hóspede, de Anacã Agra e Ramon Porto Mota  

Os Mortos, de Jhésus Tribuzi 

Curso 

“Trajetória do horror no cinema brasileiro” com o curador Carlos Primati 

Módulo 1: Os primórdios do horror brasileiro (melodramas góticos, comédias de fantasmas e filmes de selva) 

Módulo 2: José Mojica Marins e seu legado

Módulo 3: Horror anos 80 

Módulo 4: O horror no cinema brasileiro contemporâneo  

Palestras 

“Escrevendo histórias de terror para o cinema” com a cineasta Gabriela Amaral Almeida  

“Diretoras e o terror” com a pesquisadora e crítica de cinema Beatriz Saldanha   

Serviço:    

Mostra macaBRo – Horror Brasileiro Contemporâneo (Segunda Chance) 

Realização: Centro Cultural Banco do Brasil     

Curadoria: Breno Lira Gomes e Carlos Primati     

Data: 25 a 29 de novembro.  

As exibições serão gratuitas e online na plataforma: darkflix.com.br/macabro    

Curso e palestras com inscrições via Sympla  

O Impacto dos Filmes e das Séries nas buscas pela internet

Todo lançamento de filme ou série gera uma corrida desenfreada do público para consumir muito além da obra em si. Das roupas à temática até os locais onde os personagens passam, cada elemento destas atrações vira motivo de busca nas plataformas de pesquisas da...

SOS Manaus: campanha ajuda ator Rafael Cezar a transferir família para SP

A tragédia da COVID-19 amplificada pela crise de desabastecimento de oxigênio em Manaus provocou um cenário desesperador logo no início de 2020. Centenas de famílias perderam pessoas queridas, enquanto outras entraram em uma luta angustiante pelo insumo mais básico e...

Frases de filmes que podem trazer reflexão

Há algumas obras cinematográficas que ultrapassam a função de entreter e divertir. Eles são capazes de mudar a vida de muita gente. Sociedade dos Poetas Mortos, Um Sonho de Liberdade, Bird, Patch Adams, não faltam exemplos de histórias  que influenciaram profissões,...

Websérie apresenta produção de histórias em quadrinhos no Amazonas

O ano de 2018 será marcado pela retomada da produção em larga escala de histórias em quadrinhos no Amazonas, após quase 30 anos de poucos lançamentos. Essa é a história contada na websérie ‘Café & Quadrinhos’, do grupo Planos Em Sequência e que teve o primeiro...

Audiovisual e música autoral são destaques do projeto Neon do Norte

O cinema, a música e a formação de novos agentes culturais são os pilares da coletânea audiovisual 'Neon do Norte'. Realizado pelo Chá de Papoulas Produções, o projeto inclui a gravação do videoclipe da música "Calor", da banda 'Os Maninhos', formada por Magaiver...

‘O Barco e o Rio’ vence prêmio do Júri Abraccine do Cine Ceará 2020

O tradicional Cine Ceará | Festival Ibero-Americano de Cinema chegou ao fim na noite de sexta-feira (11) com boa notícia para a produção amazonense: "O Barco e o Rio" venceu o prêmio do Júri Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema) entre os...

‘A Terra Negra dos Kawa’ concorre em 9 categorias do Cinema dos Sertões

Terceiro longa-metragem da carreira de Sérgio Andrade, “A Terra Negra dos Kawá” segue ampliando a trajetória em festivais nacionais e internacionais. Após a participação no tradicional Festival de Salermo, na Itália, agora, o filme amazonense está na disputa do 15º...

Curta produzido na UEA disputa prêmio nacional em festival universitário

O Festival Audiovisual FIAM-FAAM chega a sua sexta edição em 2020 premiando produções audiovisuais universitárias e abre a votação para a categoria de Júri Popular, em que o público poderá escolher o vencedor (clique aqui). Dentre os filmes indicados, há uma produção...

Cinemas de rua são homenageados em festival de filmes online

A 2ª Mostra Cinemas do Brasil - No mundo de 2020 será realizada em formato virtual, com início em 1º de dezembro de 2020 e contará com mais de 40 filmes sobre cinemas de rua do Brasil, que poderão ser assistidos de forma gratuita até 31 de dezembro no site da mostra...

Cinemas de Manaus iniciam vendas de ingressos para ‘Mulher-Maravilha 1984’

Para fechar o caótico ano dos cinemas, “Mulher-Maravilha 1984” chega em todo o Brasil a partir do dia 17 de dezembro. Os cinemas de Manaus já iniciaram as vendas para as sessões nos seguintes horários: Cine Araújo Shopping Manaus Via Norte – 21h00 (Legendado) / 14h00,...