A trajetória bem-sucedida do filme amazonense “O Barco e o Rio” segue firme em 2021: a produção dirigida por Bernardo Ale Abinader entrou no TOP 10 dos melhores curtas-metragens de 2020 da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine). A lista foi divulgada nesta semana pela entidade que reúne críticos das cinco regiões do país. A obra foi a única da Região Norte na lista.

Esta foi a segunda vez que a Abraccine premiou “O Barco e o Rio”: em dezembro, a entidade concedeu o prêmio do júri do Cine Ceará para o curta amazonense. No evento, o filme também recebeu o Troféu Samburá de Melhor Curta-Metragem, oferecido pela Fundação Demócrito Rocha e o Vida & Arte. Cinco Kikitos no Festival de Gramado 2020 – Melhor Filme do Júri Oficial e Popular, Direção, Direção de Fotografia e Direção de Arte -, quatro Trófeus Mapinguari no Cinemazônia –Melhor Produção Amazônica em Curta e Média-Metragem, Melhor Ficção, Direção e Atriz – completam a lista de conquistas do projeto.

Produzido pela Fita Crepe Filmes, o curta traz a história de duas irmãs antagônicas que herdam o barco da família. A mais velha e conservadora, Vera (Catão), vê no patrimônio a vida dela, passando os dias transportando mercadorias e passageiros. Já Josi (Carolinne Nunes) não gosta das restrições da irmã; possui cabeça aberta, mas vê a vida mudar devido a uma gravidez inesperada. A dinâmica da relação é o ponto de conflito do filme.

SARNO E SCIAMMA PREMIADOS 

Dirigido pelo veterano Geraldo Sarno, Sertânia, foi o grande vencedor do Prêmio Abraccine de Melhor Longa-metragem Brasileiro. O filme conta a história de Antão em seu delírio de morte e é um retorno ao cangaço e ao sertão que marcaram o cinema brasileiro. 

O francês Retrato De Uma Jovem Em Chamas, de Céline Sciamma, sobre o encontro de duas mulheres que descobrem a paixão, recebeu o Prêmio Abraccine de Melhor Longa-metragem Estrangeiro.

Pela primeira vez, aconteceu um empate triplo no Prêmio de Abraccine de Melhor Curta-metragem Brasileiro. Os três filmes são: Inabitável, de Enock Carvalho e Matheus Farias, que traz uma abordagem fantástica futurista da temática trans; A Morte Branca Do Feiticeiro Negro, de Rodrigo Ribeiro, resgate experimental sobre a origem e a permanência do racismo; e República, de Grace Passô, filme político produzido durante a pandemia.

VEJA AS LISTAS COMPLETAS

LONGA-METRAGEM BRASILEIRO
Vencedor: Sertânia, Geraldo Sarno

Completam o Top 10 em ordem alfabética
Aos Olhos de Ernesto, Ana Luísa Azevedo
Babenco – Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou, Bárbara Paz
Emicida: AmarElo – É Tudo Pra Ontem, Fred Ouro Preto
A Febre, Maya Da-Rin
Fim de Festa, Hilton Lacerda
Pacarrete, Allan Deberton
Sol Alegria, Mariah Teixeira e Tavinho Teixeira
Todos os Mortos, Marco Dutra e Caetano Gotardo
Vermelha, Getúlio Ribeiro

LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO ESTRANGEIRO
Vencedor: Retrato de uma Jovem em Chamas, Céline Sciamma

Completam o Top 10 em ordem alfabética
Adoráveis Mulheres, Greta Gerwig
O Caso Richard Jewell, Clint Eastwood
O Farol, Robert Eggers
Hotel às Margens do Rio, Hong Sang-soo
Joias Brutas, Josh e Benny Safdie
Martin Eden, Pietro Marcello
Os Miseráveis, Ladj Ly
Nunca Raramente Às Vezes Sempre, Eliza Hittman
Você Não Estava Aqui, Ken Loach

MELHOR CURTA-METRAGEM BRASILEIRO
Vencedores:
Inabitável (PE), Matheus Farias e Enock Carvalho
A Morte Branca do Feiticeiro Negro (SC), Rodrigo Ribeiro
República (RJ), Grace Passô

Completam o Top 10 em ordem alfabética
O Barco e o Rio (AM), Bernardo Ale Abinader
Cinema Contemporâneo (PE), Felipe André Silva
Construção (RS), Leonardo da Rosa
Entre Nós e o Mundo (SP), Fabio Rodrigo
Extratos (SP), Sinai Sganzerla
O Que Há em Ti (SP), Carlos Adriano
Vaga Carne (RJ), Grace Passô e Ricardo Alves Jr.

Cine Set abre nova turma para curso online e gratuito de roteiro de cinema

Deseja aprender sobre roteiro de cinema, sobre princípios de roteirização e como histórias são contadas? Então, aproveite a oportunidade: o Cine Set vai realizar a segunda edição online e gratuita do curso “Roteiro de Cinema” com o facilitador Ivanildo Pereira....

Cine Set abre inscrições para selecionar três novos voluntários

O Cine Set anuncia a abertura de três vagas para novos integrantes voluntários. Podem participar pessoas de todo o Brasil interessadas em escrever críticas de cinema e realizar entrevistas para o site.  AS INSCRIÇÕES  Para se inscreverem, os candidatos devem...

Do Ceará à Itália: novos filmes do cinema amazonense participam de série de festivais

Diante de um ano trágico pela crise da Covid-19 em níveis inaceitáveis, perdas de milhares de vidas e próximo de atingir a maior cheia da história inundando diversas cidades do interior, o Amazonas encontra no audiovisual um dos poucos motivos para se orgulhar em...

Webséries amazonenses ganham a internet com iniciantes e veteranos do audiovisual

O mundo do cinema precisou procurar novos caminhos com a pandemia da COVID-19. De alternativa ou segunda opção, o meio online tornou-se fundamental para festivais, eventos de mercado, longas e curtas-metragens chegarem ao público após a impossibilidade de encontros...

Cine Set realiza curso online e gratuito de roteiro de cinema em maio

Deseja aprender sobre roteiro de cinema, sobre princípios de roteirização e como histórias são contadas? Então, aproveite a oportunidade: o Cine Set vai realizar a primeira edição online e gratuita do curso “Roteiro de Cinema” com o facilitador Ivanildo Pereira....

Ator amazonense Adanilo integra elenco do novo filme de Viggo Mortensen

Destaque de curtas locais premiados como “A Menina do Guarda-Chuva" e “Aquela Estrada”, Adanilo encara o desafio do primeiro internacional da carreira. O ator amazonense será um dos protagonistas de “Eureka”, co-produção entre Argentina, EUA, México e Portugal com...

Amazonense ‘O Barco e o Rio’ é selecionado para festival na Espanha

Depois de passagens de sucessos por festivais brasileiros, chegou a hora de “O Barco e o Rio” alcançar novos caminhos: a produção amazonense está selecionada para o Festival Internacional de Cinema de Huesca, na Espanha. O curta-metragem de Bernardo Abinader disputa a...

Quatro filmes representam o Amazonas na Mostra Histórias do Brasil Profundo

Fruto das políticas públicas de regionalização do audiovisual brasileiro, o atual momento do cinema amazonense alcançou feitos considerados impossíveis décadas atrás, incluindo, desde o surgimento de eventos locais importantes como o Amazonas Film Festival, Olhar do...

Em Manaus, curso gratuito prepara realizadores para primeiro filme

Formação cultural através do audiovisual. Essa é a proposta do projeto “Nosso Primeiro Filme”, contemplado pela Lei Aldir Blanc, através do Prêmio Feliciano Lana da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa. O curso propõe um panorama dos principais setores...

Curtas de Begê Muniz e Lucas Martins representam o Amazonas no CineFantasy

O cinema amazonense estará representado em dose dupla no 11.º Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico. Os curtas "À Beira do Gatilho", de Lucas Martins, e "Jamary", de Begê Muniz, serão exibidos no evento previsto para ocorrer entre os dias 16 e 29...