Vamos começar pela parte previsível para depois irmos para onde está mais emocionante: as disputas de Atuação estão definidas. Aliás, o SAG foi chatíssimo por causa disso: todos os favoritos ganharam, não teve uma surpresa nas categorias individuais.  

Laura Dern, de “História de um Casamento”, Brad Pitt, por “Era uma vez em Hollywood”, Joaquin Phoenix, de “Coringa” e Renée Zellwerg, por “Judy” dominaram até aqui. Venceram o Globo de Ouro, Critics Choice e o SAG. 

Se eles conquistarem o Bafta e tem tudo para isso acontecer, aí só um fato completamente raro pode tirar estes prêmios deles. Mira Sorvino, de “Poderosa Afrodite”, e Marcia Gay Harden, por “Pollock”, em Melhor Atriz Coadjuvante, James Coburn, por “Temporada de Caça”, em Melhor Ator Coadjuvante, e o Adrien Brody, de “O Pianista”, em Melhor Ator conseguiram ganhar o Oscar sem vencer nenhum prêmio anterior. 

Já em Melhor Filme, a corrida rumo ao Oscar começou a ganhar contornos mais claros. Um dos termômetros mais confiáveis para o prêmio da Academia, o PGA, prêmio do Sindicato dos Produtores elegeu “1917” o filme do ano. Isso ajuda demais por conta de três fatores: 

  • Primeiro é o histórico: em 21 de 30 vezes, o vencedor do PGA foi o mesmo do Oscar.  
  • Segundo é que o sistema de votação do PGA é preferencial; nele, o votante elenca do filme que mais gostou até o que considerou pior. Esse é o mesmo sistema de votação do Oscar, o que permite dar uma boa noção de como está cada filme.  
  • Por fim, é o largo número de produtores votantes no Oscar, 26% do total da Academia. 

“1917” ainda conta com o fato de ser o representante do cinema tradicional, lançado nas salas de exibição e da escala gigantesca com um trabalho técnico impecável em diversas áreas, o que o torna um provável vencedor nas mais diversas categorias. Caso o Sam Mendes o DGA, o prêmio do Sindicato dos Diretores, chega no Oscar como candidato a ser batido. 

O maior rival dele neste momento é o “Parasita” que teve uma sequência de vitórias nos prêmios dos sindicatos impressionante. O filme sul-coreano se tornou a primeira produção não falada em inglês a vencer o prêmio de Melhor Elenco do SAG, o Sindicato dos Atores. Antes disso, foram aplaudidos de pé durante a festa.  

Vale lembrar que a categoria conta com 1324 membros no Oscar e o número de profissionais vindos do exterior como votantes aumentou significativamente nos últimos anos, dando uma diversidade que pode beneficiar o filme. “Parasita” também venceu o Sindicato dos Montadores, categoria-chave no Oscar, e dos Editores de Som. 

O “Parasita” ainda conta com um fator histórico que atrapalha o “1917”: o filme do Sam Mendes não está indicado em Melhor Montagem e em nenhuma categoria de atuação. A última vez que uma produção nesta mesma situação venceu foi “Cavalgada” em 1934. O Sindicato dos Diretores se tornou o grande fiel da balança: quem vencer, provavelmente, será o ganhador. 

Por outro lado, o fim de semana foi terrível para “Era uma vez em Hollywood” e “O Irlandês”. Perder o Sindicato dos Produtores era até esperado para o filme do Tarantino, o que ele, porém, não contava era com a derrota no SAG de Melhor Elenco ainda mais com um time liderado por Brad Pitt, Leonardo DiCaprio e Margot Robbie.  

Essa era uma vitória que estava no cálculo da Sony Pictures para se manter viva na disputa, afinal de contas, no sindicato dos diretores, o Tarantino tem poucas chances de vitória e no dos roteiristas, ele não pode concorrer. A sensação é que o filme regrediu muitas casas após começar bem na temporada de premiações e vai tentar um último suspiro no DGA e também no Bafta. 

Já “O Irlandês” parece seguir cada vez mais o mesmo caminho de filmes como “Nasce uma Estrela” “Boyhood” e “Trapaça”: da promessa de provável campeão até um desempenho tímido na temporada de premiações. É uma pena gigantesca por ser um dos trabalhos mais ousados do Scorsese e acompanhado de um elenco genial. Pior de tudo é que não nem uma questão de rejeição à Netflix; parece ser uma rejeição ao próprio filme, especialmente, ao tempo de duração dele, algo que, para os dias atuais, parece ser inconcebível. 

Oscar: TOP 10 Indicações Improváveis de 2000-2021

Caio Pimenta apresenta uma lista com as indicações mais improváveis nas categorias de atuação do Oscar entre 2000 a 2021.  https://www.youtube.com/watch?v=RbqTgQVZch0 10. MARINA DE TAVIRA, por "ROMA"  Depois de levar o Leão de Ouro do Festival de Veneza e chegar com o...

Festival de Cannes: Quem Sai Forte para o Oscar 2022?

Caio Pimenta apresenta quais produções saíram fortes do Festival de Cannes deste ano para a disputa do Oscar 2022. https://www.youtube.com/watch?v=RIdRxxmSWrA MELHOR FILME https://www.youtube.com/watch?v=ZMgvkuhVWfc Maior evento do cinema europeu, o Festival de Cannes...

Oscar Bait: os 10 Maiores casos dos últimos anos

De Glenn Close a “Nasce uma Estrela”, Caio Pimenta analisa quais os 10 maiores Oscar bait dos últimos anos.  https://www.youtube.com/watch?v=ypWD-gfjnMY 10. JENNIFER LAWRENCE, por “JOY” Teve uma época em que bastava a Jennifer Lawrence lançar um filme e o Oscar a...

Oscar: 10 Filmes que não deram sorte na Premiação

Grandes clássicos do cinema não deram sorte no Oscar seja por concorrer contra um mega favorito ou estar no meio de uma disputa entre dois candidatos fortes. Neste vídeo, Caio Pimenta traz 10 filmes que passaram por essa situação....

Oscar: O Épico Duelo Sean Penn x Mickey Rourke

Dois galãs surgidos nos anos 1980, Sean Penn e Mickey Rourke tiveram trajetórias bem diferentes ao longo da carreira, mas, se encontraram para uma disputa acirrada no Oscar 2009 de Melhor Ator. Com direito até tretas, Caio Pimenta traz como foi essa disputa e se o...

Oscar: TOP 10 Atuações Esnobadas entre 2011 a 2021

De Greta Gerwig a Leonardo DiCaprio, Caio Pimenta apresenta 10 grandes atuações esnobadas de indicações no Oscar entre 2011 e 2021. https://www.youtube.com/watch?v=AW1s2P7Hlwk 10. ROBERT DE NIRO, por "O IRLANDÊS"  “O Irlandês” foi perdendo força ao longo da temporada...

Oscar: Os Melhores Duelos Dos Últimos 30 Anos

Há anos em que um filme sobra no Oscar: ocorreu com “O Silêncio dos Inocentes”, “A Lista de Schindler” e “Titanic”. Porém, há outras temporadas em que dois ou três filmes brigam pesado pela estatueta.   Caio Pimenta apresenta as 10 melhores disputas desde a década de...

Oscar: TOP 10 Atuações Indicadas que Nunca Venceriam

Sabe aqueles trabalhos muitos bons de atores consagrados indicados ao Oscar, mas, que, na hora da festa, a gente sabe que não vão levar o prêmio? Separei 10 casos dos últimos 20 anos neste novo vídeo do Cine Set.  https://www.youtube.com/watch?v=OES9Pp4j7Rs ELLEN...

Oscar: A Virada histórica de ‘Menina de Ouro’ sobre ‘O Aviador’

O Oscar 2005 entrou para a história como uma das disputas mais acirradas. O resultado foi a vitória de “Menina de Ouro” em Melhor Filme e Direção com Clint Eastwood. Agora, como isso aconteceu? E foi um resultado justo ou não?...

Oscar: Indicados a Melhor Filme que poderiam ficar de fora

Caio Pimenta analisa quais produções indicadas ao Oscar de Melhor Filme poderiam ter ficado na lista entre 2010 a 2021. https://www.youtube.com/watch?v=F0KzGn0zI80 OSCAR 2010  O primeiro Oscar que permitiu novamente 10 filmes indicados na categoria máxima após quase...