Caio Pimenta apresenta a movimentação da temporada de premiações durante o mês de janeiro com as subidas e descidas dos candidatos ao Oscar 2020.

Quem mais subiu em janeiro foi “1917”. O filme do Sam Mendes dominou os principais prêmios da temporada de premiações: primeiro foi o Globo de Ouro conquistando Melhor Direção e Filme Dramático. Depois, vieram as conquistas no Sindicato dos Produtores e dos Diretores. Com isso, tornou-se o candidato a ser batido no Oscar 2020. 

“Parasita” também não fez feio. Muito pelo contrário. O drama sul-coreano teve um SAG mágico: primeiro o elenco foi ovacionado com aplausos de pé do Sindicato dos Atores. Depois, veio a cereja do bolo com a vitória em Melhor Elenco, superando “Era uma vez em Hollywood”. Tudo isso coloca “Parasita” com chances reais de vencer o Oscar de Melhor Filme. 

“Adoráveis Mulheres” também cresceu, afinal de contas, depois da esnobada no SAG, imaginava-se que o filme da Greta Gerwig estava fora da disputa. Mas, a produção foi ganhando admiradores rapidamente, a Sony mirou em uma estratégia de valorização de um filme com elenco e diretora mulheres e o resultado foi a indicação a Melhor Filme, Atriz com Saoirse Ronan, Atriz Coadjuvante com Florence Pugh e, por fim, Roteiro Adaptado. 

A sensação é que se tivesse mais uma semaninha a Greta conseguiria a indicação dela em Melhor Direção. Apesar de que não ter sido uma surpresa, “Ford Vs Ferrari” se manteve bem em meio a tantas obras super elogiadas e não foi esquecido no Oscar 2020, pegando uma indicação a Melhor Filme mesmo sem emplacar nomeações em Direção, Ator e Roteiro. 

Com vitórias no Annie Awards e no Globo de Ouro, “Klaus” e “Link Perdido” conseguiram embolar a disputa de Melhor Animação, enquanto “Honeyland” fez história ao ser nomeado em Melhor Filme Internacional e Documentário. Falando em documentário, a Petra Costa conseguiu derrubar o favorito “Apollo 11” e achar uma vaguinha no Oscar com “Democracia em Vertigem”. 

‘O IRLANDÊS’ EM QUEDA BRUTA

É triste demais, porém, nenhum outro filme caiu mais nesta temporada de premiações em janeiro do que “O Irlandês”. Zero prêmios no Globo de Ouro, zero prêmios no SAG, e nada no PGA e no DGA. De grande favorito, o drama do Martin Scorsese sentiu o peso de ser um candidato da Netflix e, principalmente, a rejeição a suas 3h30 para dar adeus ao Oscar 2020. 

Falando em Netflix, “Dois Papas” até conseguiu as indicações esperadas com o Jonathan Pryce, Anthony Hopkins e roteiro adaptado, mas, ficou aquele gostinho amargo de que dava para ter ido mais longe e, pelo menos, conseguir uma vaga em Melhor Filme. O mesmo dá para dizer de “O Escândalo”. 

“Rocketman” também insinuava que podia alçar voos maiores após o Taron Egerton vencer o Globo de Ouro e ser indicado ao SAG. Porém, foi esnobado pela Academia, restando se contentar com Melhor Canção Original. Já “A Despedida” só pode comemorar Awkawafina levando o Globo de Ouro de Melhor Atriz em Comédia/Musical; no Oscar, nada de indicações. “Toy Story 4” pode até ganhar o Oscar, mas, janeiro não foi nada bom e viu azarões cresceram na disputa de Melhor Animação, categoria para lá de imprevisível. 

Oscar: 10 Atuações Internacionais que Mereciam Indicações

Em 1960, Sophia Loren foi a pioneira a ganhar o Oscar por uma atuação em um filme de língua não-inglesa com “Duas Mulheres”. Astros como Marcello Mastroianni, Liv Ulmann, Valentina Cortese, Isabelle Adjani, Gerard Depardieu, Roberto Benigni, Javier Bardem, Penélope...

Oscar: TOP 10 Indicações Improváveis de 2000-2021

Caio Pimenta apresenta uma lista com as indicações mais improváveis nas categorias de atuação do Oscar entre 2000 a 2021.  https://www.youtube.com/watch?v=RbqTgQVZch0 10. MARINA DE TAVIRA, por "ROMA"  Depois de levar o Leão de Ouro do Festival de Veneza e chegar com o...

Festival de Cannes: Quem Sai Forte para o Oscar 2022?

Caio Pimenta apresenta quais produções saíram fortes do Festival de Cannes deste ano para a disputa do Oscar 2022. https://www.youtube.com/watch?v=RIdRxxmSWrA MELHOR FILME https://www.youtube.com/watch?v=ZMgvkuhVWfc Maior evento do cinema europeu, o Festival de Cannes...

Oscar Bait: os 10 Maiores casos dos últimos anos

De Glenn Close a “Nasce uma Estrela”, Caio Pimenta analisa quais os 10 maiores Oscar bait dos últimos anos.  https://www.youtube.com/watch?v=ypWD-gfjnMY 10. JENNIFER LAWRENCE, por “JOY” Teve uma época em que bastava a Jennifer Lawrence lançar um filme e o Oscar a...

Oscar: 10 Filmes que não deram sorte na Premiação

Grandes clássicos do cinema não deram sorte no Oscar seja por concorrer contra um mega favorito ou estar no meio de uma disputa entre dois candidatos fortes. Neste vídeo, Caio Pimenta traz 10 filmes que passaram por essa situação....

Oscar: O Épico Duelo Sean Penn x Mickey Rourke

Dois galãs surgidos nos anos 1980, Sean Penn e Mickey Rourke tiveram trajetórias bem diferentes ao longo da carreira, mas, se encontraram para uma disputa acirrada no Oscar 2009 de Melhor Ator. Com direito até tretas, Caio Pimenta traz como foi essa disputa e se o...

Oscar: TOP 10 Atuações Esnobadas entre 2011 a 2021

De Greta Gerwig a Leonardo DiCaprio, Caio Pimenta apresenta 10 grandes atuações esnobadas de indicações no Oscar entre 2011 e 2021. https://www.youtube.com/watch?v=AW1s2P7Hlwk 10. ROBERT DE NIRO, por "O IRLANDÊS"  “O Irlandês” foi perdendo força ao longo da temporada...

Oscar: Os Melhores Duelos Dos Últimos 30 Anos

Há anos em que um filme sobra no Oscar: ocorreu com “O Silêncio dos Inocentes”, “A Lista de Schindler” e “Titanic”. Porém, há outras temporadas em que dois ou três filmes brigam pesado pela estatueta.   Caio Pimenta apresenta as 10 melhores disputas desde a década de...

Oscar: TOP 10 Atuações Indicadas que Nunca Venceriam

Sabe aqueles trabalhos muitos bons de atores consagrados indicados ao Oscar, mas, que, na hora da festa, a gente sabe que não vão levar o prêmio? Separei 10 casos dos últimos 20 anos neste novo vídeo do Cine Set.  https://www.youtube.com/watch?v=OES9Pp4j7Rs ELLEN...

Oscar: A Virada histórica de ‘Menina de Ouro’ sobre ‘O Aviador’

O Oscar 2005 entrou para a história como uma das disputas mais acirradas. O resultado foi a vitória de “Menina de Ouro” em Melhor Filme e Direção com Clint Eastwood. Agora, como isso aconteceu? E foi um resultado justo ou não?...