De Glenn Close a Toni ColletteCaio Pimenta traz as primeiras previsões sobre os possíveis indicados ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 2021. 

POUCAS CHANCES 

Aparecem com poucas chances de indicação, a Toni Collette, por “Estou Pensando em Acabar com Tudo”, Marisa Tomei, de “O Rei de Staten Island”, Debra Winger e Gina Rodriguez, por “Kajillionaire”, Talia Ryder, de “Never Rarely Sometimes Always”, Meryl Streep e Nicole Kidman, por “The Prom”, Laura Linney, por “Falling”, Vanessa Kirby, por “The World to Come”, Natasha Lyonne, por “The United States Vs Billie Holliday”, Felicity Jones, por “The Midnight Sky” e Abigail Breslin, por “Stillwater”. 

É muita candidata. Infelizmente, a Toni Collette, Marisa Tomei e a Talia Ryder devem ficar de fora. Os três filmes em que elas estão aparecem bem por fora da corrida pelo Oscar e isso pode pesar.  

Eu lamento, principalmente, pela Collette porque já foi esnobada recentemente pelo desempenho dela em “Hereditário”.  

Meryl Streep e Nicole Kidman são sempre dois nomes para ficar de olho em qualquer disputa de Oscar. É importante dizer que há possibilidade de Streep disputar melhor atriz, mas, a gente só vai ter a certeza disso mais próximo do lançamento de “The Prom”. 

A Vanessa Kirby já está bastante forte em Melhor Atriz, inclusive, ela pode até vencer o prêmio. Por isso, sinceramente, não a vejo pegando duas indicações no mesmo ano. Ela tem a carreira que tinha a Scarlett Johansson quando fez isso nesse ano.  

Já a Felicity Jones, Natasha Lyonne e Abigail Breslin podem crescer na corrida dependendo de como será a recepção aos filmes que elas participam. 

CHANCES MÉDIAS 

Nove candidatas têm chances medianas de aparecerem na corrida pelo Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante em 2021. 

São os casos da Helena Zengel, de “News of the World”, Kristin Scott Thomas, por “Rebecca”, Yohn Yhu-jung, por “Minari”, Saoirse Ronan, por “Ammonite”, Mary J. Blidge e Audra McDonald, por “Respect”, Swankie, por “Nomadland”, Priyanka Chopra, por “The White Tiger” e Ellen Burstyn, de “Pieces of a Woman”. 

Desta turma toda, muita atenção para a Ellen Burstyn: ela, que não emplaca uma indicação desde 2001 quando disputou com “Réquiem Para um Sonho”, agora, pode voltar à disputa em um dos filmes mais elogiados do último Festival de Veneza.  

Falando em filme forte da temporada, “News of the World” é um deles, o que pode fortalecer a Helena Zengel que atua ao lado do Tom Hanks. Se ela conseguir roubar a cena de um dos maiores nomes do cinema americano, tem tudo para se tornar nome certo entre as indicadas. Por outro lado, a Saoirse Ronan surge cada vez mais fragilizada na briga, deixando de ser um nome certo. Culpa de um filme que não convence muito.  

Sobre a Mary J. Blidge e a Audra McDonald, a gente vai ter mais certeza do que esperar delas quando “Respect” começar a ter as primeiras críticas divulgadas. Dois nomes curiosos também podem surgir na lista das indicadas: a primeira é Swandie, uma nômade, atriz não-profissional que trabalhou no favorito “Nomadland”. A outra é a Pryanka Chopra, atriz indiana que chegou até a vencer o Miss Mundo, fez vários filmes em Bollywood e que pode ser nomeada por “The White Tiger”, da Netflix. 

Depois de pisar na bola com a ausência do elenco de “Parasita”, a Academia pode se redimir com a inclusão de Yohn Yhu-jung, por “Minari”. Por fim, tem a Kristin Scott Thomas reprisando um papel que rendeu uma indicação ao Oscar da categoria, em 1941, para a Judith Anderson. Quem sabe ela não repete a façanha? 

Grandes Chances 

As favoritas para indicações em Melhor Atriz Coadjuvante são a Olivia Colman, por “The Father”, Amanda Seyfried, de “Mank”, e, claro, a Glenn Close, por “Era uma vez um Sonho”. 

Cá entre nós, esse Oscar está moldado para a Glenn Close. Lógico que como ela não dá muito sorte, nunca dá para cravar isso com 100% de certeza, porém, todo o cenário está moldado para isso. 

Afinal, a personagem conta com uma transformação visual bem grande e expressiva, ela está no filme com mais cara de Oscar da temporada, aquele feito para você chorar e se emocionar do início ao fim, mesmo que ele um mar de clichês. 

Para completar, a maior rival dela é justamente aquela que tirou o sonho do Oscar de Melhor Atriz em 2019. 

Talvez, mais uma vez, a Olivia Colman esteja em um filme melhor do que o da Glenn Close, porém, uma nova conquista dela em cima da veterana iria ser prejudicial até mesmo para carreira dela porque o que iria ter de gente para pegar ranço da britânica não ia ser brincadeira. 

Por fim,  tem a Amanda Seyfried, que consegue o maior papel da carreira em “Mank” interpretando a Marion Davies. 

Oscar 2024: A Disputa pelos Prêmios Técnicos

De Billie Eilish em Canção Original aos Efeitos Visuais de "Godzilla Minus One", Caio Pimenta analisa as categorias técnicas do Oscar 2024. https://www.youtube.com/watch?v=FA7h42GRjUU O FAVORITISMO DE 'OPPENHEIMER' Nas categorias técnicas, “Oppenheimer” é franco...

Oscar 2024: O Impacto do SAG e PGA na Temporada de Premiações

Dois dos principais precursores do Oscar aconteceram neste fim de semana: o SAG e o PGA Awards, respectivamente, os prêmios dos sindicatos dos Atores e Produtores dos EUA. E ainda teve o Spirit Awards, o prêmio do cinema independente norte-americano.  Hora de analisar...

SAG 2024: Quem Serão os Vencedores?

Caio Pimenta analisa quais serão os ganhadores do SAG 2024, prêmio do Sindicato dos Atores dos EUA, nas categorias de cinema e televisão. https://youtu.be/YI0i2b0ScMU SÉRIES O SAG 2024 nas categorias de televisão e streaming deve repetir tudo o que vimos no Globo de...

Oscar 2024: O Impacto do Bafta rumo à premiação

Caio Pimenta analisa o domínio de "Oppenheimer" e "Pobres Criaturas" no Bafta rumo ao Oscar 2024. ANIMAÇÃO, ROTEIROS E DOCUMENTÁRIO Maior evento do cinema britânico, o Bafta consagrou “Oppenheimer” com sete prêmios e “Pobres Criaturas” com cinco. Muita coisa,...

Oscar 2024: Qual o Nível da Safra de Indicados a Melhor Filme?

Caio Pimenta analisa os indicados ao Oscar 2024 de Melhor Filme e aponta o nível dela em comparação aos outros anos. https://www.youtube.com/watch?v=aamz3sL4WLQ UMA TEMPORADA MARCANTE Para mim, a lista de 2024 está muito bem servida com a maioria dos filmes de ótimo...

Oscar 2024: Quantos Prêmios “Oppenheimer” Vence?

Caio Pimenta projeta quantas vitórias "Oppenheimer" deve ter na festa do Oscar 2024. https://youtu.be/ppGkh5nnZew HISTÓRICO DOS ÚLTIMOS ANOS Desde a conquista esmagadora de “Quem Quer Ser um Milionário?” em 2009 ao vencer oito das 10 categorias em que concorria, o...

Oscar: E Se Tivesse Direção de Casting entre 2014 e 2024?

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou que, a partir de 2026, o Oscar terá uma nova categoria: Melhor Direção de Casting. As regras de elegibilidade serão definidas em abril do ano que vem. O branch do setor existe desde 2013 e já conta com 160...

Oscar 2024: Quem Vence em Ator e Atriz Coadjuvante?

Caio Pimenta analisa os favoritismos de Robert Downey Jr e Da´Vine Joy Randolph nas disputas de Ator e Atriz Coadjuvante no Oscar 2024. https://www.youtube.com/watch?v=c2MlDZa6KZE Vitórias no Globo de Ouro e Critics Choice, indicados ao SAG e ao Bafta.  Parece que não...

Oscar 2024 de Melhor Atriz: As Chances das Indicadas

Caio Pimenta analisa os pontos fortes e fracos de Emma Stone, Lily Gladstone, Sandra Huller, Carey Mulligan e Annette Bening ao Oscar 2024 de Melhor Atriz. https://www.youtube.com/watch?v=vuK-ggAskuE Está difícil definir quem é a favorita ao Oscar de Melhor Atriz...

Oscar 2024 de Melhor Ator | As Chances dos Favoritos

Melhor Ator será uma das disputas mais acirradas da temporada de premiações. Tirando o Colman Domingo, todos os outros quatro indicados ao Oscar 2024 têm chances de vitória.  Nos eventos realizados até aqui, o Paul Giamatti conquistou o Globo de Ouro de Melhor Ator em...