A corrida pelo Oscar terá a chegada de importantes concorrentes nas próximas semanas e Caio Pimenta analisa como eles podem mudar a disputa.

JUDAS E O MESSIAS NEGRO 

Finalmente, depois de uma série de adiamentos, “Judas e o Messias Negro” será lançado. A pré-estreia mundial acontecerá no Festival de Sundance 2021, previsto para acontecer entre os dias 28 de janeiro e 3 de fevereiro. 

Dirigido pelo Shaka King, o filme acompanha a história do plano do FBI para encurralar e matar Fred Hampton, um dos nomes mais fortes do movimento Panteras Negras no final dos anos 1960. 

“Judas e o Messias Negro” é a grande aposta da Warner para o Oscar 2021, estúdio que não leva o Oscar máximo desde 2013 com “Argo”. O estúdio estima que o filme possa conseguir até 12 indicações, incluindo, Melhor Filme, Direção, Ator por Lakeith Stanfield, Ator Coadjuvante com o Daniel Kaluuya, Atriz Coadjuvante com a Dominique Fishback e Roteiro Original.  

Há também um fato histórico que “Judas e o Messias Negro” pode alcançar: nunca dois atores negros do mesmo filme foram indicados. Dos dois, o Kaluuya é quem tem mais chances de vitória até pelo tipo de personagem mais explosivo. A questão racial tão presente nos EUA pode contribuir para o filme ganhar força na temporada de premiações, porém, assim como ele, “A Voz Suprema do Blues” e “One Night in Miami” também está nesta seara.  

Logo, eu acredito que “Judas e o Messias Negro” até consiga ser indicado, mas, não vejo com força ainda suficiente para se colocar acima de “Nomadland”. 

CHERRY 

Já imaginou o Tom Holland, intérprete do Homem-Aranha, indicado ao Oscar de Melhor Ator? Saiba que isso pode acontecer neste ano. 

O astro é o protagonista de “Cherry”. No filme, ele interpreta um ex-médico do Exército voltando para os EUA com stress pós-traumático. Para ter de volta a adrenalina dos tempos de combate, ele decide roubar bancos. 

“Cherry” é a grande aposta da Apple na temporada de premiações. O investimento da empresa foi superior a US$ 40 milhões para adquirir o filme. Quanto às possibilidades de indicações, me parece bem improvável que consiga algo nas categorias principais. 

Isso porque tem muitos candidatos mais fortes que ele para as vagas. Melhor Ator, por exemplo, onde o Tom Holland luta pela indicação, já tem quatro indicados garantidos: o Anthony Hopkins, Chadwick Boseman, Riz Ahmed e Delroy Lindo. E a última vaga está dividida entre Lakeith Stanfield, Gary Oldman, Steven Yeun, Mads Mikkelsen e o Kingsley Ben-Adir.  

Para ele se inserir nesta briga, é quase um milagre. Os irmãos Russo em Melhor Diretor seria improvável demais e Melhor Filme mais ainda. Talvez, categorias técnicas como som, trilha sonora podem acontecer, mas, ainda sim difíceis.  

MALCOLM & MARIE 

Se há um filme que pode reconfigurar esta temporada de premiações é “Malcolm & Marie”. 

Dirigido pelo Sam Levinson, “Malcolm & Marie” é um romance que acompanha, durante uma noite, um casal formado por um diretor de cinema e uma atriz com as discussões e debates sobre o relacionamento deles. 

Aqui, temos dois atores em alta dentro de Hollywood – John David Washington, galã capaz de ir de um filme político a um blockbuster, e Zendaya, estrela adorada pelo público mais jovem e cada vez mais prestigiada dentro da indústria. Ela tem mais chances que ele de aparecer entre os indicados e pode ser uma zebra para levar o Oscar – vale lembrar a Academia adorar premiar atrizes jovens como aconteceu com Emma Stone, Brie Larson, Jennifer Lawrence, Gwyneth Paltrow. 

“Malcolm & Marie” ainda pode ser encarado pela indústria como uma prova de resistência do cinema, afinal, foi gravado com uma equipe mínima durante a pandemia da COVID-19. Por fim, é um filme que fala sobre cinema, algo que a Academia ama de paixão. Pode ser a produção que recoloca a Netflix na briga pelo Oscar ou pode não ser além de um bom filme.

Os próximos dias vão dizer isso. 

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Anthony Hopkins

De "O Silêncio dos Inocentes" a "Meu Pai", Caio Pimenta analisa quais as melhores e piores indicações de Anthony Hopkins no Oscar. https://www.youtube.com/watch?v=02BMDi_x_3Y 6. AMISTAD  Em 1998, o Anthony Hopkins foi indicado a Melhor Ator Coadjuvante por “Amistad”. ...

Oscar 2022 de Melhor Filme: Previsões Iniciais – Parte I

Chegou a hora de falar do Oscar 2022: a partir de agora até o dia 27 de março, tudo sobre o evento mais popular do cinema você encontra aqui no canal do Cine Set no YouTube.  Para começar, vamos com as previsões iniciais para Melhor Filme. Nesta primeira parte, tem...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Martin Scorsese

Pode-se dizer sem pestanejar que Martin Scorsese seja o maior diretor vivo do cinema dos EUA. Na história, está ao lado de D.W Griffith e John Ford como os maiores de todos os tempos.  As obras de Scorsese são fundamentais para entender a criação, formação e as...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Robert De Niro

Do patriarca da família mais famosa do cinema a um taxista em crise passando por um boxeador campeão e perturbado: grandes papéis não faltaram na carreira do Robert De Niro. Da comédia ao drama, ele brilhou em obras-primas históricas.  Ao longo da carreira, foi...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Steven Spielberg

Raros diretores conseguiram ser tão felizes ao aliar sucesso de público, comercial com produções elogiadas pela crítica com o Steven Spielberg. Desde o suspense “Encurralado” à aventura “Jogador Número 1”, ele experimentou os mais diversos gêneros ao longo de quatro...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Cate Blanchett

Cate Blanchett: o ideal de atriz de uma geração.  Essa era o título de um artigo do Cine Set sobre a carreira desta australiana feito pelo Renildo Rodrigues. O link está na descrição.  E cá entre nós, o título de modo algum parece exagerado: a Cate Blanchett, ao lado...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Dustin Hoffman

Baixinho, nem fortão nem magrelo, muito menos um símbolo sexual de parar avenidas.   O Dustin Hoffman poderia ser uma antítese daquilo que Hollywood consagrou como uma estrela do cinema, porém, é justamente essa capacidade do público enxergar nele uma pessoa como seu...

Oscar: 10 Filmes que Mereciam Mais Indicações entre 2016 e 2021

Sabe aquelas grandes produções que poderiam ter ido mais longe do Oscar? Conseguido uma indicação a Melhor Filme, por exemplo? Neste vídeo, Caio Pimenta fala sobre as 10 maiores entre 2016 e 2021 levando em consideração obras que foram indicadas ao prêmio....

Oscar 2022: Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 8

De "Cyrano" a "Encanto", Caio Pimenta apresenta mais possibilidades de filmes para disputar o Oscar 2022 nesta oitava parte do especial. https://www.youtube.com/watch?v=Svbz5YvQ87A BLUE BAYOU  https://www.youtube.com/watch?v=KvNCMXgRo8w Vamos começar com uma produção...

Oscar: TOP 10 Atuações Esnobadas entre 2000-2010

Chegou a hora de escolher 10 grandes atuações esnobadas no Oscar entre 2000 a 2010. A lista leva em conta atuações nomeadas para o Bafta, Globo de Ouro e SAG daqueles anos. https://www.youtube.com/watch?v=_vz0vCsdoUo 10. MAGGIE GYLLENHALL, por "SECRETÁRIA" A Maggie...