Dia das crianças e não tem data melhor para fazer o TOP 10 da categoria de Melhor Animação do Oscar. 

10. FROZEN 

Em 2014, “Frozen” levou o prêmio superando “Os Croods”, “Ernest & Celestine” e “Meu Malvado Favorito 2”. 

Ainda que sofra com problemas de ritmo, “Frozen” consegue mudar o foco tradicional das princesas Disney. Aqui, em vez de esperarem solenemente o príncipe encantado e sofrerem o tempo todo, Elsa e Anna assumem a dianteira das ações em um filme que ainda resgata sequências musicais pouco presentes nos filmes do estúdio na época. 

“Frozen” trouxe também uma música para ficar na nossa cabeça para o bem e para o mal. 

9. PROCURANDO NEMO 

Dez anos antes, “Procurando Nemo” ganhou o Oscar de Melhor Animação.

O filme da Pixar derrotou “As Bicicletas de Belleville” e “O Irmão Urso”. 

“Procurando Nemo” supera a construção episódica do roteiro que impede uma narrativa mais fluída com uma história universal de amor entre pai e filho e um visual arrebatador dos mais diversos seres aquáticos e dos oceanos, sendo uma das animações mais belas já lançadas na história do cinema. 

8. DIVERTIDA MENTE  

O oitavo lugar fica com “Divertida Mente”, ganhador do Oscar de 2016. 

De todos os vencedores da história da categoria, “Divertida Mente” é o que apresenta a trama mais complexa e inventiva. Tudo graças à capacidade do roteiro em traduzir o abstrato em personagens carismáticos dentro de uma trama acessível ao público geral e a criatividade visual de ilustrar os nossos sentimentos e memórias. 

Entre os concorrentes de “Divertida Mente” estavam o ótimo “Anomalisa” e o nosso representante “O Menino e o Mundo”, do Alê Abreu. 

7. HOMEM-ARANHA NO ARANHAVERSO 

“Os Incríveis 2” e “Ilha dos Cachorros”, do Wes Anderson, eram considerados os favoritos para disputa do Oscar de Melhor Animação em 2019. Porém, quando “Homem-Aranha no Aranhaverso” estreou, se sabia que ali estava o grande ganhador da categoria. 

Afinal, o filme da Sony consegue traduzir a energia dos quadrinhos, repleta de ação, carisma, cores para a tela. “Aranhaverso” ainda tem uma história que expande o universo das obras baseadas em HQs com a possibilidade do multiverso como as live-actions da DC e Marvel não ousaram fazer até então.  

Por fim, deixo uma pergunta para vocês responderem nos comentários: seria “Aranhaverso” o melhor filme do Homem-Aranha nos cinemas? 

6. WALL-E 

Sexto lugar deste TOP 10 vai para “Wall-E”, ganhador do Oscar de 2009.

O filme da Pixar superou “Bolt” e “Kung Fu Panda”. 

De todos os clássicos da Pixar nos anos 2000, “Wall-E” foi, de longe, o mais ousado. Boa parte da história não conta com diálogos, o protagonista não tem expressividade de outros heróis do estúdio e o pano de fundo ecológico não chega a ser tão fácil de envolver o público como, por exemplo, a trama de “Up”.

Porém, a habilidade do diretor Andrew Stanton em criar uma narrativa repleta de delicadeza e visualmente incrível mostra que confiar na inteligência e sensibilidade do público não faz mal a ninguém. 

5. SHREK 

“Shrek”, da Dreamworks, surpreendeu a Disney e a Pixar ao ganhar o primeiro Oscar de Melhor Animação ao bater “Monstros S.A”. O resultado foi para lá de justo. 

Subvertendo os contos de fadas, o heroísmo e a beleza dos príncipes da Disney, “Shrek” jogou o estilo fofinho da Disney de lado para apostar na rebeldia e descontração. O resultado é uma animação inesperadamente ousada, abusada e com um elenco de dubladores, como Mike Myers e Eddie Murphy, em performances arrasadoras. 

Pena que a Dreamworks explorou “Shrek” até cansar. Exceto pelo segundo filme, todas as outras continuações são bem abaixo do original. 

4. RATATOUILLE 

Em 2008, “Ratatouille” conquistou o Oscar de Melhor Animação ganhando do ótimo “Persépolis” e de “Tá Dando Onda”. 

Muito mais do que uma aventura inusitada de um ratinho chef de cozinha, “Ratatouille” amplia o escopo da história ao tratar da paixão e do respeito profundo de um profissional sobre o objeto de seu trabalho e como a entrega e a defesa desta permite a constante evolução de um setor, no caso, a gastronomia. 

E ainda temos Paris magistralmente retratada. Quer mais? 

3. OS INCRÍVEIS 

“Os Incríveis” abre o pódio do TOP 10 do Cine Set na terceira posição. O filme foi o vencedor do Oscar da categoria em 2004, batendo “Shrek 2” e “O Espanta Tubarões”. 

“Os Incríveis” é, de longe, o mais adulto de todas as animações da Pixar sem abrir mão de agradar as crianças. O tédio da vida adulta com sua rotina enfadonha matando os potenciais mais legais da nossa existência dialoga com uma aventura para lá de divertida com ótimas sequências de ação e personagens impagáveis.  

Foi, sem dúvida, o auge da carreira do Brad Bird e uma pena demais ter resultado em uma sequência muito abaixo do original. 

2. A VIAGEM DE CHIHIRO 

A única produção não falada em inglês a vencer o Oscar de Animação vem da cerimônia de 2003: é “A Viagem de Chihiro”, do genial Hayao Miyazaki. 

Há quem diga que seja uma história clichê, mas, tudo muda quando feito pela visualidade fantástica e a sensibilidade poética de Miyazaki. “Chihiro” coloca o público em uma jornada imersiva em que cada momento surpreendente por oferecer algo inusitado e belo, fora ser uma história de crescimento carregada de simbolismos e uma pitada melancólica. 

Além de “Chihiro”, o Miyazaki concorreu com outros dois filmes no Oscar de Animação: “O Castelo Animado”, em 2006, e “Vidas ao Vento”, em 2014. 

1. TOY STORY 3 

O melhor vencedor do Oscar de Animação vem da cerimônia de 2011. 

Que me perdoem os fãs de “O Poderoso Chefão”, “Matrix”, “O Senhor dos Anéis” e “De Volta Para o Futuro”, mas, Toy Story 3” é o melhor desfecho de trilogia já feito nos cinemas.

Toda a construção iniciada em 1995 encontra um ponto final comovente e emocionante que dialoga com o crescimento de todos nós, completando uma jornada da fase da infância para a vida adulta em que é necessário abrir mão de coisas queridas para seguir em frente. Como se não bastasse, a produção ainda é repleta de cenas inesquecíveis tanto de drama quanto de comédia. 

Por isso, já disse aqui no canal do Cine Set, que, para mim, “Toy Story 3” deveria não apenas ter vencido Animação, mas, também Melhor Filme. Ah, e, sinceramente, busco de todas as formas esquecer o desnecessário quarto filme. 

Oscar 2023: Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 7

No especial dos candidatos do Oscar 2023, Caio Pimenta traz uma lista com oito filmes brasileiros que podem representar o país. MEDUSA https://www.youtube.com/watch?v=3yW1VUtYXN0 A lista começa com “Medusa”, novo filme de Anita Rocha da Silveira.   Premiado no...

Oscar: TOP 10 Maiores Esnobadas nos Anos 1950

De Charlton Heston a "Cantando na Chuva", Caio Pimenta traz as 10 maiores esnobadas do Oscar nos anos 1950. 10. CHARLTON HESTON, por "OS DEZ MANDAMENTOS" Em 1957, o épico bíblico “Os Dez Mandamentos”, obteve sete indicações ao Oscar. Ainda assim, uma esnobada deixou...

Oscar 2023 – Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 6

Do novo "Avatar", de James Cameron, a "The Killer",de David Fincher, Caio Pimenta aponta mais 10 candidatos ao Oscar 2023. "ASTEROID CITY" Após “A Crônica Francesa” decepcionar, o Wes Anderson busca o retorno ao Oscar com “Asteroid City”, uma história de amor na...

Oscar: TOP 10 Resultados Injustos dos Anos 1950

De Bette Davis a "Assim Caminha a Humanidade", Caio Pimenta traz os 10 resultados mais injustos do Oscar nos anos 1950. https://www.youtube.com/watch?v=Ql_0XmMPw2U 10. GEORGE STEVENS EM MELHOR DIREÇÃO...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 5

De Carey Mulligan à nova parceria Martin Scorsese e Leonardo DiCaprio, chegou a hora da quinta parte de candidatos rumo ao Oscar 2023. https://www.youtube.com/watch?v=DmzN-jKKGUo 13 VIDAS  O Ron Howard quebrou a cara em 2021 ao apostar em “Era uma vez um Sonho”. Para...

Oscar: TOP 10 Ganhadores de Melhor Atriz na Década de 1950 

De Olivia de Havilland a Susan Hayward, Caio Pimenta apresenta o TOP 10 dos vencedores do Oscar de Melhor Atriz nos anos 1950.  10. JUDY HOLLIDAY, por "NASCIDA ONTEM" A interpretação mais fraca a vencer o Oscar de Melhor Atriz nos anos 1950 vem da cerimônia de 1951. ...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 4

De Jordan Peele a David O. Russell, chegou a hora da terceira parte de candidatos rumo ao Oscar 2023.  https://www.youtube.com/watch?v=B-w9rivGhKI DOCUMENTÁRIO SIDNEY POITIER  Ganhadora do Oscar deste ano com “Coda”, a Apple já mira sim a edição do ano que vem, pelo...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Sean Penn

De "Os Últimos Passos de um Homem" a "Milk", Caio Pimenta analisa da pior à melhor indicação da carreira de Sean Penn. https://www.youtube.com/watch?v=ZmYMmJ_F3Vs 5. UMA LIÇÃO DE AMOR  Em 2002, Sean Penn surgiu na lista pelo trabalho em “Uma Lição de Amor”.  Ainda que...

Oscar 2023 | Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 3

De "Elvis", de Baz Luhrmann, a “Don´t Worry Darling", com Harry Styles, Caio Pimenta aponta mais 10 candidatos ao Oscar 2023. CRIMES OF THE FUTURE  https://www.youtube.com/watch?v=DV0saNig-v4 Voltando aos cinemas oito anos após “Mapas para as Estrelas”, o David...

Oscar: O Melhor e o Pior das Indicações de Jack Nicholson

De "Easy Rider" a "As Confissões de Schmidt", Caio Pimenta analisa da pior à melhor indicação da carreira de Jack Nicholson. https://youtu.be/GKDEjmzt8O8