O cinema do Amazonas registra mais uma importante perda em 2019: Luiz Maximino de Miranda Corrêa morreu aos 84 anos, na última quarta-feira (10), na cidade de Caxias do Sul, no interior do Rio Grande do Sul. Segundo informações da Academia Amazonense de Letras, a causa da morte foi um mal súbito. A Prefeitura de Manaus decretou luto oficial de três dias.

Luiz Maximino de Miranda Corrêa foi produtor do filme dirigido pelo escritor Márcio Souza, “A Selva”. “Eu, Márcio (Souza) e Geraldo (Broch) éramos iniciantes. Foi um filme corajoso. Se fazer cinema no Brasil é difícil até hoje, imagine naquela época”, declarou em entrevista ao jornal A Crítica durante o Amazonas Film Festival 2009 em que foi jurado da mostra competitiva logal. Também esteve na mesma função em projetos como “Os Foragidos da Violência”, “Como Matar uma Sogra”.

Esteve também envolvido na vinda do lendário Glauber Rocha para Manaus. O mestre do Cinema Novo brasileiro realizou “Amazonas, Amazonas” entre dezembro de 1965 e janeiro de 1966. A participação e os relatos de Luiz Maximino de Miranda Corrêa sobre esta passagem estão disponíveis no livro “Amazônya de Glauber Rocha”, de Rosiel Mendonça.

Somente neste ano, o cinema amazonense perdeu nomes fundamentais como Joaquim Marinho, Óscar Ramos, Luiz Vitalli e Selma Bustamante.

Prazos apertados levam desafios ao audiovisual do Amazonas em editais da Lei Aldir Blanc

Os editais do Governo do Amazonas e da Prefeitura de Manaus provenientes do repasse da Lei Aldir Blanc iniciam a fase de inscrição das propostas a partir desta semana. A Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), por exemplo, lançou 11 editais do...

Manuscrito histórico de Silvino Santos aguarda publicação na Ufam

A morte de Silvino Santos completou 50 anos no último dia 14 de maio. A trajetória rica do pioneiro do cinema na região amazônica aparece em detalhes no manuscrito “Romance da Minha Vida”, de autoria do próprio diretor dos clássicos “No Paiz das Amazonas” e “Amazonas,...

Vitória de ‘O Barco e o Rio’ em Gramado não é exceção, mas, pode vir a ser

Parte do que será colocado neste texto também foi abordado pelo João Fernandes, diretor-proprietário do Casarão de Ideias, em sua coluna no jornal A Crítica deste domingo (27) (clique aqui para ler).  --  Dirigido por Bernardo Ale Abinader, “O Barco e o Rio” escreveu...

Animação amazonense ‘Lupita’ vence prêmio no Festival de Gramado 2020

A festa do audiovisual amazonense foi completa na noite de premiação do Festival de Gramado 2020: além dos cinco Kikitos vencidos por “O Barco e o Rio” entre os curtas-metragens nacionais, “Lupita no Planeta de Gente Grande”, da manauara Petit Fabrik em parceria com a...

Amazonense ‘O Barco e o Rio’ domina Festival de Gramado e vence 5 Kikitos

O cinema do Amazonas viveu uma noite histórica neste sábado (26): “O Barco e o Rio” conquistou cinco prêmios na mostra competitiva de curtas-metragens nacionais do Festival de Gramado 2020. A produção levou os Kikitos de Melhor Filme, Melhor Direção para Bernardo...

Saiba o horário de exibição de ‘O Barco e o Rio’ no Festival de Gramado

O Festival de Gramado 2020 começa nesta sexta-feira (18) com uma atração especial para os amazonenses: "O Barco e o Rio" representa o Estado dentro da Mostra Competitiva Nacional de Curtas-Metragens. O filme dirigido e roteirizado por Bernardo Abinader e protagonizado...

Manaus sedia 10ª Cinefantasy, festival internacional de cinema fantástico

Manaus irá sediar o CineFantasy - Festival Internacional de Cinema Fantástico 2020 entre os próximos dias 15 a 19 de setembro. Com sessões gratuitas no Teatro Amazonas e no Cine Teatro Guarany, o evento contará com a pré-estreia mundial de "O Cemitério das Almas...

Matapi terá edição em formato 100% online e aberta para todo Brasil

Principal evento de mercado audiovisual da Região Norte, o ‘Matapi 2020’ chega à terceira edição com novo formato: o evento será 100% online entre os dias 25 e 28 de novembro. Debates sobre a produção audiovisual na Amazônia, bate-papo com players e mercados nacionais...

Com concurso de cosplay, festival de cinema em Parintins abre inscrições

Conhecida por ser a terra do boi-bumbá de Caprichoso e Garantido, Parintins abriga um dos raros eventos de cinema do interior do Amazonas. Com inscrições abertas, o Festival de Cinema Focaliza Parintins (FOPIN) chega à segunda edição em 2020 superando as adversidades...

Cinépolis reabre cinemas em Manaus após 5 meses

Com 26 salas em Manaus em três importantes shoppings da cidade, o Cinépolis retoma, nesta quinta-feira (3), as atividades paralisadas desde março por conta da pandemia da COVID-19. Os complexos localizados no Manaus Plaza, na Avenida Djalma Batista, e no Ponta Negra,...