O Festival de Gramado 2020 começa nesta sexta-feira (18) com uma atração especial para os amazonenses: “O Barco e o Rio” representa o Estado dentro da Mostra Competitiva Nacional de Curtas-Metragens. O filme dirigido e roteirizado por Bernardo Abinader e protagonizado por Isabela Catão e Carolinne Nunes quebra um hiato de 23 anos sem a presença de produções do Amazonas no evento de cinema mais tradicional do Brasil – a última vez aconteceu em 1997 com “Bocage – O Triunfo do Amor”, de Djalma Limongi Batista.

A grande novidade da edição deste ano do Festival de Gramado é que o público de todo o país poderá ter acesso aos filmes do evento. As sessões serão realizadas em formato de sessão única no Canal Brasil, sempre a partir das 20h (horário de Brasília). Os curtas-metragens da mostra competitiva nacional também estarão disponíveis por 24h no aplicativo da emissora, contando o prazo a partir do início da exibição na televisão. 

Desta forma, “O Barco e o Rio” será exibido no Canal Brasil na quinta-feira, dia 24 de setembro. Depois, segue para o aplicativo por mais 24h. Já na sexta-feira (25), Bernardo Abinader e Isabela Catão participarão de um debate sobre os filmes da noite anterior nas redes sociais – YouTubeSite e Facebook – do Festival de Gramado.

Produzido pela Fita Crepe Filmes, o curta traz a história de duas irmãs antagônicas que herdam o barco da família. A mais velha e conservadora, Vera (Catão), vê no patrimônio a vida dela, passando os dias transportando mercadorias e passageiros. Já Josi (Nunes) não gosta das restrições da irmã; possui cabeça aberta, mas vê a vida mudar devido a uma gravidez inesperada. A dinâmica da relação é o ponto de conflito do de “O Barco e o Rio”. A direção de fotografia fica por conta de Valentina Ricardo, parceira artística de Bernardo e co-fundadora da produtora, enquanto Francisco Ricardo está à frente da direção de arte e César Nogueira é o montador. 

Co-dirigido pelo amazonense Henrique Amud em parceria com Lucas H. Rossi, “Atordoado, Eu Permaneço” também disputa a mostra competitiva de curtas nacionais e terá exibição no domingo (20) no Canal Brasil com debate no dia seguinte. Por fim, no mesmo dia, será exibido “Bochincho – O Filme” dentro da Mostra de Curtas Gaúchos. O curta traz a atriz indígena nascida em Manaus, Raquel Kubeo, no elenco.

SERVIÇO

Exibição de “O Barco e o Rio”
Data: Quinta-Feira, 24 de Setembro
Horário: 20h (horário de Brasília)
Onde: Canal Brasil

Exibição de “Atordoado, Eu Permaneço”
Data: Domingo, 20 de Setembro
Horário: 20h (horário de Brasília)
Onde: Canal Brasil

Adanilo em dose dupla e Isabela Catão representam o Amazonas no Festival de Gramado 2024 

Dois dos principais nomes do cinema amazonense, Adanilo e Isabela Catão estarão no Festival de Gramado 2024 a partir de 9 de agosto. A atriz está no elenco de “Motel Destino”, filme de abertura do evento gaúcho, enquanto ele participa do elenco de “Oeste Outra Vez” na...

‘Castanho’ marca retorno do Amazonas à mostra competitiva do Festival de Gramado

Depois de três anos, o cinema do Amazonas retorna para a disputa das mostras competitivas do Festival de Gramado. "Castanho" será o representante do Estado na disputa pelos prêmios de curtas-metragens nacionais. O evento no Rio Grande do Sul está marcado para...

Preservação da cultura audiovisual da Amazônia será foco de novo laboratório em Manaus

O Centro Popular de Comunicação e Audiovisual (CPA) anuncia o lançamento do TEIA - Laboratório de Memória Audiovisual do Amazonas, um projeto contemplado pela Lei Paulo Gustavo (LPG), executado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura e Economia...

Novo espaço busca apoiar representatividade feminina no cinema do Amazonas

Promover a participação feminina e uma busca por mais diversidade no mercado audiovisual amazonense. Estas são as principais missões do Espaço Retomada, iniciativa do projeto Mulheres do Audiovisual – Retomada, idealizado pela produtora Aline Fidélix. O início dos...

Inscrições Abertas: Manaus recebe workshop gratuito sobre cinema indígena 

O workshop ‘Cinema Indígena’ está com inscrições gratuitas abertas em Manaus. Prevista para acontecer nos dias 24 e 25 de julho, a atividade será ministrada pelo cineasta Takumã Kuikuro no espaço de mídias da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), bairro Parque...

‘A Bicicleta Amarela’ promete emocionar público com drama sobre Soldados da Borracha

Zeudi Souza é um dos nomes mais experientes em atividade no cinema amazonense. Proveniente da geração dos anos 2000 das oficinas de Zê Leão (antigo Júnior Rodrigues) e do Amazonas Film Festival, o diretor/roteirista traz na filmografia premiados curtas-metragens como...

Casarão de Ideias reabre com novos cinemas, livraria e foco na acessibilidade

Responsável por retomar a tradição dos cinemas de rua do Centro de Manaus, o Casarão de Ideias se prepara para uma nova fase a partir do próximo dia 5 de julho. Nesta data, o centro cultural localizado na Rua Barroso abre as portas para o público em uma reinauguração...

Cine Carmem Miranda retorna no Centro de Manaus após 35 anos 

Grande Otelo, Renato Aragão, Cantinflas, Oscarito... Os cinemas de rua do Centro de Manaus homenagearam lendas populares da Sétima Arte durante as décadas de 1980, 1990 e início dos 2000. Carmem Miranda também foi uma delas: a sala localizada na rua 24 de Maio,...

Festival de Cinema LGBTQIAPN+ de Manaus bate expectativas em luta contra preconceito

Quando Wallace Abreu abriu as inscrições para a primeira edição do Close – Festival de Cinema LGBTQIAPN+ de Manaus, a expectativa era uma adesão de baixa para moderada. “Esperava, no máximo, uns 70 filmes”, revelou em entrevista ao Cine Set. A surpresa veio 60 dias...

Duelo de Esaú e Jacó inspira faroeste amazônico ‘No Caminho do Sol’  

Presente em Gênesis, a história de Esaú e Jacó traz uma das maiores rivalidades vistas na Bíblia. O prenúncio do duelo ocorreu ainda durante a gravidez de Rebeca, a qual Deus teria dito à futura mãe: "Duas nações estão em teu ventre e dois tipos de pessoas serão...