Gosto de escrever desde que me entendo por gente, mas quando criança nem sabia o que seria um “texto pra televisão”. Nem passava pela minha cabeça que alguém conseguiria prever as palavras exatas e, ao mesmo tempo, orgânicas o suficiente para causar impacto. No caso das comédias, era ainda mais estranho: como um texto conseguiria ser tão preciso em fazer rir?

Durante a transmissão original de “Os Normais”, eu não tinha completado nem 10 anos de idade e, se assistia, talvez risse sem entender a maior parte das piadas e da relação entre Rui e Vani. Acredito que tenha desenvolvido uma relação com o programa já com reprises e o lançamento dos filmes.

Foi assistindo ao seriado que prestei atenção, pela primeira vez, que existiam créditos de texto. Existia um texto que guiava toda a dinâmica que aparecia ali e, ao mesmo tempo, que precisava ter uma precisão cirúrgica pra funcionar, também precisava ter espaço pro improviso. Ali surgiu meu interesse por roteiro.

O nome de Fernanda Young, então, ficou na minha cabeça.

 

Minha avó, moderninha que só ela, assistia “Irritando Fernanda Young” às quintas-feiras na TV a cabo. O “Saia Justa”, programa do qual Fernanda fez parte da formação original, também era uma constante na minha casa durante as noites de quarta. Pra falar a verdade, eu assistia qualquer coisa que tivesse o nome dela envolvido.

Acabei assistindo até Macho Man e O Dentista Mascarado. Esses foram difíceis pra mim, devo admitir.

Fernanda era, além de a primeira mulher que eu reconhecia como roteirista, completamente diferente de qualquer pessoa que eu já tinha visto até então na televisão: tatuada, porra louca, com um humor ácido e, por vezes, non sense que sempre me deixou meio encantada, meio chocada.

Hoje percebo o quanto o trabalho de Fernanda Young foi porta de entrada para várias preferências que desenvolvi ao longo dos anos: o gosto por crônicas, roteirização e a pontinha de mim que ainda insiste em pensar e produzir audiovisual. Durante a faculdade, ela continuou sendo referência para mim em vários trabalhos: de entrevistas a roteiros.

Quando citava o nome dela percebia sempre um certo grau de estranhamento, talvez porque eu pareça ser, em jeito e aparência, o extremo oposto do que a Fernanda Young representava. Acho que tudo isso se desenvolveu de forma quase inconsciente, mas assim que pensava se faria ou não minha primeira tatuagem, a imagem dela me dizia que ser tatuada não seria, por si só, mais um obstáculo.

Esse choque fez com que olhasse pra trás e enxergasse o improvável impacto que seu trabalho teve em mim. Acredito que ela tenha sido, afinal, uma das referências femininas mais importantes e uma das primeiras profissionais “de bastidores” de quem fui fã: fazia questão de acompanhar e me deixar levar pelas excentricidades e pela imprevisibilidade de tudo que vinha dela.

 

A morte de Fernanda me chocou por sua idade real, mas também porque, para mim, ela tinha aquela aura de quem nunca morreria. Com o perdão do trocadilho, sempre young.

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #37

Filme: Matrix Reloaded Direção: Lana Wachowski, Lilly Wachowski Elenco: Keanu Reeves, Carrie Anne-Moss, Laurence Fishburne, Monica Bellucci Sinopse: Após derrotar as máquinas em seu combate inicial, Neo ainda vive na Nabucodonosor ao lado de Morpheus, Trinity e Link,...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #36

Filme: Rosa e Momo Direção: Edoardo Ponti Elenco: Sophia Loren, Ibrahima Gueye, Renato Carpentieri, Francesco Cassano Sinopse: Drama conta a história de Madame Rosa (Sophia Loren) uma sobrevivente do Holocausto e dona de uma creche caseira, que abre as portas para...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #35

Filme: A Caminho da Lua Direção: Glen Keane Vozes de: Phillipa Soo, Ken Jeong, Sandra Oh, Kimiko Glenn Sinopse: Depois de ter finalizado a construção de uma engenhosa nave espacial, uma garota embarca para a lua para provar ao seu pai a existência de uma deusa mística...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #34

Filme: Ontem Havia Coisas Estranhas no Céu Direção: Bruno Risas Elenco: Viviane Rodrigues S. Marcondes Machado, Julius Cezar Marcondes Machado, Izabela Rodrigues Marcondes Machado Sinopse: Uma família em crise enfrenta as dificuldades do cotidiano: brigas, problemas...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #33

Filme: O Aviador Direção: Martin Scorsese Elenco:  Leonardo DiCaprio, Cate Blanchett, John C. Reilly, Kate Beckinsale Sinopse: Howard Hughes (Leonardo DiCaprio) ficou milionário já aos 18 anos, devido à herança que seu pai, um inventor texano, deixou para ele. Pouco...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #32

Filme: Os Sete de Chicago Direção: Aaron Sorkin Elenco: Eddie Redmayne, Sacha Baron Cohen, Frank Langella, Yahya Abdul Mateen II Sinopse: Baseado em uma história real, o longa acompanha a manifestação contra a guerra do Vietnã que interrompeu o congresso do partido...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #31

Filme: The Forty Year Old Version Direção: Radha Blank Elenco: Radha Blank,  Imani Lewis, Reed Birney, Welker White Sinopse: Radha (Radha Blank), uma dramaturga que já foi promissora, está se aproximando do estigma de ser solteira e uma artista lutadora aos 40 anos de...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #30

Filme: Blade Runner 2049 Direção: Denis Villeneuve Elenco: Ryan Gosling, Harrison Ford, Ana de Armas, Jared Leto Sinopse: Após os problemas enfrentados com os Nexus 8, uma nova espécie de replicantes é desenvolvida, de forma que seja mais obediente aos humanos. Um...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #29

Filme: Trama Fantasma Direção: Paul Thomas Anderson Elenco: Daniel Day-Lewis, Vicky Krieps, Lesley Manville, Harriet Sansom Harris Sinopse: Década de 1950. Reynolds Woodcock (Daniel Day-Lewis) é um renomado e confiante estilista que trabalha ao lado da irmã, Cyril...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #28

Filme: Amor Sem Escalas Direção: Jason Reitman Elenco: George Clooney, Vera Farmiga, Anna Kendrick, Jason Bateman Sinopse: Ryan Bingham (George Clooney) tem por função demitir pessoas. Por estar acostumado com o desespero e a angústia alheios, ele mesmo se tornou uma...