Gosto de escrever desde que me entendo por gente, mas quando criança nem sabia o que seria um “texto pra televisão”. Nem passava pela minha cabeça que alguém conseguiria prever as palavras exatas e, ao mesmo tempo, orgânicas o suficiente para causar impacto. No caso das comédias, era ainda mais estranho: como um texto conseguiria ser tão preciso em fazer rir?

Durante a transmissão original de “Os Normais”, eu não tinha completado nem 10 anos de idade e, se assistia, talvez risse sem entender a maior parte das piadas e da relação entre Rui e Vani. Acredito que tenha desenvolvido uma relação com o programa já com reprises e o lançamento dos filmes.

Foi assistindo ao seriado que prestei atenção, pela primeira vez, que existiam créditos de texto. Existia um texto que guiava toda a dinâmica que aparecia ali e, ao mesmo tempo, que precisava ter uma precisão cirúrgica pra funcionar, também precisava ter espaço pro improviso. Ali surgiu meu interesse por roteiro.

O nome de Fernanda Young, então, ficou na minha cabeça.

 

Minha avó, moderninha que só ela, assistia “Irritando Fernanda Young” às quintas-feiras na TV a cabo. O “Saia Justa”, programa do qual Fernanda fez parte da formação original, também era uma constante na minha casa durante as noites de quarta. Pra falar a verdade, eu assistia qualquer coisa que tivesse o nome dela envolvido.

Acabei assistindo até Macho Man e O Dentista Mascarado. Esses foram difíceis pra mim, devo admitir.

Fernanda era, além de a primeira mulher que eu reconhecia como roteirista, completamente diferente de qualquer pessoa que eu já tinha visto até então na televisão: tatuada, porra louca, com um humor ácido e, por vezes, non sense que sempre me deixou meio encantada, meio chocada.

Hoje percebo o quanto o trabalho de Fernanda Young foi porta de entrada para várias preferências que desenvolvi ao longo dos anos: o gosto por crônicas, roteirização e a pontinha de mim que ainda insiste em pensar e produzir audiovisual. Durante a faculdade, ela continuou sendo referência para mim em vários trabalhos: de entrevistas a roteiros.

Quando citava o nome dela percebia sempre um certo grau de estranhamento, talvez porque eu pareça ser, em jeito e aparência, o extremo oposto do que a Fernanda Young representava. Acho que tudo isso se desenvolveu de forma quase inconsciente, mas assim que pensava se faria ou não minha primeira tatuagem, a imagem dela me dizia que ser tatuada não seria, por si só, mais um obstáculo.

Esse choque fez com que olhasse pra trás e enxergasse o improvável impacto que seu trabalho teve em mim. Acredito que ela tenha sido, afinal, uma das referências femininas mais importantes e uma das primeiras profissionais “de bastidores” de quem fui fã: fazia questão de acompanhar e me deixar levar pelas excentricidades e pela imprevisibilidade de tudo que vinha dela.

 

A morte de Fernanda me chocou por sua idade real, mas também porque, para mim, ela tinha aquela aura de quem nunca morreria. Com o perdão do trocadilho, sempre young.

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #57

Filme: Dois Estranhos Direção: Travon Free, Martin Desmond Roe Elenco: Joey Badass, Andrew Howard, Zaria Simone Sinopse: O cartunista Carter James (Joey Badass) está tentando voltar para casa para encontrar seu cachorro depois de um bem-sucedido primeiro encontro,...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #56

Filme: Sleepers - A Vingança Adormecida Direção: Barry Levinson Elenco: Kevin Bacon, Robert De Niro, Brad Pitt, Jason Patric, Dustin Hoffman Sinopse: Nos anos 60 quatro adolescentes que viviam em Hell's Kitchen, em Nova York, ferem acidentalmente uma pessoa...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #55

Filme: Fuja Direção: Aneesh Chaganty Elenco: Sarah Paulson, Kiera Allen, Pat Healy, Onalee Ames Sinopse: Chloe (Kiera Allen), uma adolescente que está confinada a uma cadeira de rodas, é educada em casa por sua mãe, Diane (Sarah Paulson). No entanto, o comportamento...

SAG 2021: Previsões Finais dos Ganhadores da Premiação

Caio Pimenta analisa quem devem ser os vencedores e as possíveis surpresas do SAG 2021, previsto para acontecer no domingo, dia 4 de abril.  https://www.youtube.com/watch?v=eK7ceAzNOhs COADJUVANTES  Em Melhor Ator Coadjuvante, estão no páreo o Daniel Kaluuya, por...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #54

Filme: Fé Corrompida Direção: Paul Schrader Elenco: Ethan Hawke, Amanda Seyfried, Cedric the Entertainer Sinopse: O ex-militar capelão Toller (Ethan Hawke) sofre pela perda do filho que ele encorajou a se alistar nas forças armadas. Um outro desafio começa quando ele...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #53

Filme: Febre do Rato Direção: Cláudio Assis Elenco: Nanda Costa, Irandhir Santos, Juliano Cazarré, Matheus Nachtergaele Sinopse: Zizo (Irandhir Santos) é um poeta inconformado e anarquista, que banca a publicação de seu tablóide. Em seu mundo próprio, onde o sexo é...

Cinco dos melhores filmes baseados em matemática

Os matemáticos podem ter o típico estereótipo de um bando de geeks rabiscando fórmulas em um quadro-negro, mas isso não é verdade. Na vida real, a matemática e seus seguidores foram os responsáveis por alguns dos avanços mais importantes na história da humanidade, e...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #52

Filme: Professor Polvo Direção: Pippa Ehrlich, James Reed Sinopse: Depois de oito anos mergulhando em meio a uma floresta subaquática gelada na África, Craig reuniu as filmagens de suas incursões submarinas, especialmente as de um jovem polvo, com quem desenvolve...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #51

Filme: O Que Sophia Loren Faria? Direção: Ross Kauffman Sinopse: Uma cinéfila ítalo-americana sempre encontrou no cinema a força necessária para superar seus principais obstáculos. Tão logo os filhos comecem a se intrometer em seu estilo de vida, ela passa a decidir...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #50

Filme: Pelé Direção: David Tryhorn, Ben Nicholas Sinopse: O documentário retrata a história do Rei do Futebol e sua jornada, desde o início de sua carreira, até o histórico título da Copa do Mundo de 1970. Através de entrevistas e imagens exclusivas, somos...