Gosto de escrever desde que me entendo por gente, mas quando criança nem sabia o que seria um “texto pra televisão”. Nem passava pela minha cabeça que alguém conseguiria prever as palavras exatas e, ao mesmo tempo, orgânicas o suficiente para causar impacto. No caso das comédias, era ainda mais estranho: como um texto conseguiria ser tão preciso em fazer rir?

Durante a transmissão original de “Os Normais”, eu não tinha completado nem 10 anos de idade e, se assistia, talvez risse sem entender a maior parte das piadas e da relação entre Rui e Vani. Acredito que tenha desenvolvido uma relação com o programa já com reprises e o lançamento dos filmes.

Foi assistindo ao seriado que prestei atenção, pela primeira vez, que existiam créditos de texto. Existia um texto que guiava toda a dinâmica que aparecia ali e, ao mesmo tempo, que precisava ter uma precisão cirúrgica pra funcionar, também precisava ter espaço pro improviso. Ali surgiu meu interesse por roteiro.

O nome de Fernanda Young, então, ficou na minha cabeça.

 

Minha avó, moderninha que só ela, assistia “Irritando Fernanda Young” às quintas-feiras na TV a cabo. O “Saia Justa”, programa do qual Fernanda fez parte da formação original, também era uma constante na minha casa durante as noites de quarta. Pra falar a verdade, eu assistia qualquer coisa que tivesse o nome dela envolvido.

Acabei assistindo até Macho Man e O Dentista Mascarado. Esses foram difíceis pra mim, devo admitir.

Fernanda era, além de a primeira mulher que eu reconhecia como roteirista, completamente diferente de qualquer pessoa que eu já tinha visto até então na televisão: tatuada, porra louca, com um humor ácido e, por vezes, non sense que sempre me deixou meio encantada, meio chocada.

Hoje percebo o quanto o trabalho de Fernanda Young foi porta de entrada para várias preferências que desenvolvi ao longo dos anos: o gosto por crônicas, roteirização e a pontinha de mim que ainda insiste em pensar e produzir audiovisual. Durante a faculdade, ela continuou sendo referência para mim em vários trabalhos: de entrevistas a roteiros.

Quando citava o nome dela percebia sempre um certo grau de estranhamento, talvez porque eu pareça ser, em jeito e aparência, o extremo oposto do que a Fernanda Young representava. Acho que tudo isso se desenvolveu de forma quase inconsciente, mas assim que pensava se faria ou não minha primeira tatuagem, a imagem dela me dizia que ser tatuada não seria, por si só, mais um obstáculo.

Esse choque fez com que olhasse pra trás e enxergasse o improvável impacto que seu trabalho teve em mim. Acredito que ela tenha sido, afinal, uma das referências femininas mais importantes e uma das primeiras profissionais “de bastidores” de quem fui fã: fazia questão de acompanhar e me deixar levar pelas excentricidades e pela imprevisibilidade de tudo que vinha dela.

 

A morte de Fernanda me chocou por sua idade real, mas também porque, para mim, ela tinha aquela aura de quem nunca morreria. Com o perdão do trocadilho, sempre young.

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #69

Filme: A Múmia Direção: Stephen Sommers Elenco: Rachel Weisz, John Hannah, Arnold Vosloo Sinopse: Em 1926, um grupo de arqueologistas descobre uma tumba na cidade perdida de Hamunaptra. Dentro da tumba encontrado o corpo de Imhotep (Arnold Vosloo), o sacerdote do...

7 Grandes Filmes Para Você Descobrir na HBO Max

O serviço de streaming mais aguardado de 2021 finalmente chegou. Após mais de um ano espera, a HBO Max aterrissou ao Brasil com um catálogo que inclui filmes, séries e programas da HBO, Warner Bros, Cartoon Network e DC Extend Universe (DCEU). Ainda que os títulos...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #68

Filme: Loja de Unicórnios Direção: Brie Larson Elenco: Brie Larson, Samuel L. Jackson, Joan Cusack, Bradley Whitford Sinopse: Kit (Brie Larson) tomou uma decisão um tanto quanto complicada para pessoas adultas: resolveu voltar a morar com seus pais. No mesmo período,...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #67

Filme: Interrompemos a Programação Direção: Jakub Piatek Elenco: Bartosz Bielenia, Jan Hrynkiewicz, Magdalena Poplawska Sinopse: Na véspera de ano novo da virada do milênio, um homem armado chamado Sebastian invade um estúdio de televisão durante uma transmissão ao...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #66

Filme: Reflexões de um Liquidificador Direção: André Klotzel Elenco: Ana Lucia Torre, Selton Mello, Fabiula Nascimento Sinopse: Na véspera de ano novo da virada do milênio, um homem armado chamado Sebastian invade um estúdio de televisão durante uma transmissão ao...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #65

Filme: Django Livre Direção: Quentin Tarantino Elenco: Jamie Foxx, Christoph Waltz, Leonardo DiCaprio, Kerry Washington Sinopse: No sul dos Estados Unidos, o ex-escravo Django faz uma aliança inesperada com o caçador de recompensas Schultz para caçar os criminosos...

10 Cinemas de Rua do Brasil para visitar depois da pandemia

Preciso admitir: a impaciência bateu. Quando tudo começou aqui no Brasil por volta de 12 de março, coloquei na minha cabeça que esse pesadelo duraria, no máximo, um ano e meio, tempo suficiente para o surgimento de vacinas e remédios eficientes para o tratamento da...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #64

Filme: Memórias de Ontem Direção: Isao Takahata Vozes de: Daisy Ridley, Dev Patel, Miki Imai, Yōko Honna Sinopse: Taeko é uma mulher solteira que se dedica apenas ao trabalho. Ela sai de sua nativa Tóquio pela primeira vez e viaja a Yamagata para visitar a família da...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #63

Filme: Infiltrado na Klan Direção: Spike Lee Elenco: John David Washington, Adam Driver, Topher Grace, Laura Harrier Sinopse: Ron Stallworth (John David Washington), um policial negro do Colorado, conseguiu se infiltrar na Ku Klux Klan local. Ele se comunicava com os...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #62

Filme: O Exterminador do Futuro 2 - O Julgamento Final Direção: James Cameron Elenco: Arnold Schwarzenegger, Linda Hamilton, Edward Furlong Sinopse: Uma criança destinada a ser líder (Edward Furlong) já nasceu, mas infeliz por viver com pais adotivos, pois foi privado...