Quase um mês em cartaz e “Han Solo: Uma História Star Wars” sofre para conseguir chegar aos US$ 350 milhões nas bilheterias mundiais. O resultado abaixo do esperado para uma produção estrelada por um dos personagens mais carismático da franquia ligou o sinal amarelo na LucasFilm sobre os spinoffs da saga intergalática. As informações são do site Indiewire.

Dois dos projetos derivados previstos mais cotados para saírem do papel eram sobre Boba Fett e Obi-Wan Kenobi. Diretor de “Logan”, James Mangold chegou a ser anunciado como o diretor e roteirista do longa do anti-herói, enquanto Stephen Daldry, de “O Leitor”, era o mais cotado para fazer o longa do jedi. A LucasFilm, porém, resolveu se concentrar no episódio IV de “Star Wars” e deixar momentaneamente os dois longas “de molho”, além da futura trilogia a ser feita por Colin Trevorrow.

“Han Solo” é a mais baixa bilheteria da era “Star Wars” na Disney. O longa enfrentou uma grave turbulência nos bastidores com demissão da dupla Christopher Miller e Phil Lord pela CEO da LucasFilm, Kathleen Kennedy. No lugar, entrou o ganhador do Oscar por “Uma Mente Brilhante”, Ron Howard. O desempenho do protagonista Alden Ehrenreich também foi contestado a ponto de ter sido contratado um profissional para auxiliá-lo durante as filmagens.

Facebook Comments