A rede Cinépolis acaba de anunciar um novo projeto para a Região Nordeste: a criação de uma iniciativa para privilegiar filmes de arte e alternativos. O Projeto Cinema de Arte abarcará produções que fogem do perfil de grandes blockbusters, além de filmes originários dos estados em que será instalado: Salvador (BA), Natal (RN), Recife (PE), João Pessoa (PB) e Fortaleza (CE).

Segundo Paulo Pereira, diretor de programação e marketing da Cinépolis Brasil, e Pedro Martins Freire, curador do projeto, a ideia surgiu das demandas do público nordestino por filmes de perfis mais variados e o fato de que não existia ainda uma rede disposta a encarar o desafio que o próprio consumidor colocava. Com o lançamento do projeto, o Cinépolis preparou uma mostra com “Para Sempre Alice” (o filme que rendeu o Oscar à Julianne Moore este ano), “Mapas Para as Estrelas”, “Senhor Kaplan”, “A Família Bélier”, “118 dias”, “O Segredo das Águas” e “Sinfonia da Necrópole”.

Notícia melhor ainda é o fato de que Pereira e Freire não descartam a possibilidade do projeto se expandir para a Região Norte. Se seguir os moldes do Cinema de Arte no Nordeste, tudo dependerá do público expor para a rede essa demanda por filmes variados. Para os interessados, o contato através do site oficial do Cinépolis é uma forma bem fácil de mostrar interesse.

Facebook Comments