Com uma filmografia tão extensa e popular quanto si mesmo, Charles Chaplin afirmou em seu livro autobiográfico que gostaria de ser lembrado pelo singelo ‘Em Busca do Ouro’. O longa em questão pode até não ser o primeiro que nos vem à mente quando pensamos na genialidade de Chaplin, mas, com certeza, foi um de seus favoritos por mostrar Carlitos em sua melhor forma na comédia. 

‘Em Busca do Ouro’ apresenta Carlitos (Charles Chaplin) tentando a sorte como garimpeiro em meio a corrida do ouro no ano de 1898, no Alasca. No local, ele conhece Jim McKay (Mack Swain), com o qual enfrenta uma tempestade de neve e a dançarina Georgia (Georgia Hale), a qual torna-se seu interesse amoroso. Baseado em um acontecimento propriamente norte-americano, a trama ressalta exatamente comportamentos controversos de seus habitantes locais. 

LEIA TAMBÉM – Classic Movies: “O Garoto” (1921)

Mesmo com o humor pastelão presente em todas suas cenas, ‘Em Busca do Ouro’ mostra um lado mais crítico de Chaplin, o qual chega a quase gerar desconforto no público. Esse elemento é encontrado principalmente nas cenas em que destacam a luta por sobrevivência em um cenário inóspito contra a ganância de seus personagens. 

Apesar de ter sido relançado em 1942 com novos efeitos sonoros (feito que ganhou duas indicações ao Oscar), a trilha sonora do longa já se apresentava como uma característica notável em sua primeira estreia, fato que não se atribui somente à ausência de falas. Seja para criar a atmosfera de aventura ou para os momentos românticos, a música funciona muito bem, sendo inclusive interessante assemelhar o tom romântico utilizado tanto nos momentos com Georgia quanto nas poucas refeições feitas por Carlitos. 

MELANCOLIA AGRIDOCE 

Mais memorável que o próprio título do filme são algumas de suas cenas que mostram o estilo marcante de Chaplin na comédia. Além da dança com pés de pão, o grande destaque volta para as singelas críticas sociais com a icônica cena de Carlitos e McKay comendo um sapato cozido de forma quase gourmetizada. 

No decorrer de todo longa, é possível notar que cada uma das cenas protagonizadas por Carlitos são acompanhadas de humor, o qual, por vezes, também apresenta traços melancólicos. Essa característica relembra muito os curtas protagonizados por Chaplin, como se cada cena fosse um próprio curta com a intenção de entreter por si só. É claro que, se tratando de um longa, estes momentos criam um entendimento e mensagem final ao serem unidos. 

É este tipo de entendimento sobre o filme, seu equilíbrio entre humor pastelão e melancolia que tornam ‘Em Busca do Ouro’ uma obra a qual vale a pena ser revisitada após quase 100 anos de seu lançamento. Mesmo sem falas, a concepção de Chaplin assim como sua presença garantem um filme fácil de ser assistido, com um humor leve e que ainda é capaz de surpreender por suas sutilezas críticas. 

‘Love Story’: precursor dos romances açucarados atuais

Na literatura, chamam de precursora ou marco a obra que dá início a um movimento literário. Ela, geralmente, costuma conter características e temáticas que influenciarão as outras produções desse período. Foi assim com a “Divina Comédia” de Dante de Alighieri no...

‘A Loja da Esquina’: brilhante comédia com ecos melancólicos de uma época

As comédias de Ernst Lubitsch (“Ninotchka”, “Ser ou não Ser”) possuem argumentos simples e que conseguem nos encantar facilmente. Isso ocorre, entre outros fatores, pelo carisma de seus personagens, a estrutura das histórias e o toque pessoal do cineasta. Deve ser por...

‘Luzes da Ribalta’: o réquiem de Charlie Chaplin sobre a vida

Se alguém me perguntar quais são os meus filmes favoritos de Chaplin, eu não teria nenhuma dúvida em dizer que são O Garoto e Tempos Modernos, duas obras que traduzem facilmente a essência do comediante: sempre na pele de Carlitos, temos no primeiro o vagabundo...

‘O Grande Ditador’: síntese de regimes totalitários traz Chaplin versátil

Charlie Chaplin é lembrado como um dos grandes nomes da comédia mundial. E também por seu lado humanista. Nunca pensou duas vezes antes de colocar temáticas sociais em seus trabalhos, discutindo problemas como a pobreza e o valor da vida em suas obras. O intérprete de...

‘Tempos Modernos’: crítica atemporal e definitiva ao capitalismo

“Tempos Modernos” talvez seja o filme mais popular de Chaplin e do icônico personagem Carlitos, curiosamente a última obra em que essa persona marcante aparece.  Neste clássico, somos embalados pelos acordes de “Smile” enquanto acompanhamos as desventuras de um...

‘Luzes da Cidade’: Chaplin no auge diverte e emociona como nunca

Já preciso começar declarando que “Luzes da Cidade” não era apenas o filme favorito de Orson Welles feito por Charles Chaplin, mas, o meu também. Talvez por Chaplin estar em seu ápice de absurdo domínio criativo seja na produção, direção, roteiro e composição de uma...

‘Em Busca do Ouro’: equilíbrio preciso entre humor pastelão e melancolia

Com uma filmografia tão extensa e popular quanto si mesmo, Charles Chaplin afirmou em seu livro autobiográfico que gostaria de ser lembrado pelo singelo ‘Em Busca do Ouro’. O longa em questão pode até não ser o primeiro que nos vem à mente quando pensamos na...

‘O Garoto’: economia narrativa encontra sensibilidade máxima de Chaplin

Um lugar-comum que vez por outra é repetido por quem trabalha com cinema é que não se dá para realmente dirigir crianças e animais. Em frente à câmera, eles vão mais ou menos fazer o que eles querem. Bem, talvez hoje em dia seja um pouco mais fácil dirigir crianças,...

‘O Anjo Exterminador’: a rebelião da alta sociedade em confinamento

Grandes obras de arte têm o poder de atravessar o tempo mantendo o seu discurso e estilo tão potentes quanto na época em que foram lançadas. Casos assim são exemplos da capacidade do artista em observar o seu tempo, o comportamento da sociedade em que vive, e daí...

‘O Cremador’: clássico registra a ascensão ‘natural’ de regimes totalitários

Exploração absurda da banalidade do mal, “O Cremador” continua a ser um filme tão vital como foi ao ser lançado em 1969. Uma restauração, apresentada no Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary deste ano, celebra a abordagem libertária de uma produção que...