Pela quarta vez, o Japão conquista a Palma de Ouro.

Dirigido por Hirokazu Koreeda, “Manbiki Kazoku” recebeu o prêmio máximo do Festival de Cannes do júri presidido por Cate Blanchett. A primeira vitória do país asiático aconteceu em 1980 com “Kagemusha, a Sombra do Samurai”, de Akira Kurosawa, “A Balada de Narayama”, em 1983, e “A Enguia”, em 1997.

O filme começa após uma de suas sessões de furtos, Osamu (Lily Franky) e seu filho se deparam com uma garotinha. A princípio eles relutam em abrigar a menina, mas a esposa de Osamu concorda em cuidar dela depois de saber das dificuldades que enfrenta. Embora a família seja pobre e mal ganhem dinheiro dos pequenos crimes que cometem, eles parecem viver felizes juntos até que um incidente revela segredos escondidos, testando os laços que os unem.

Hirokazu Koreeda traz na carreira importantes produções como “Pais e Filhos”, “Depois da Tempestade”, “O Terceiro Assassinato”, “O Que Eu Mais Desejo” e “Nossa Irmã Mais Nova”.

Facebook Comments