Durante a coletiva de imprensa de seu novo filme, “The Meyerowitz Stories (New and Selected)”, no Festival de Cannes, o diretor Noah Baumbach tocou na controvérsia envolvendo o fato do serviço de streaming Netflix não lançar seus filmes nos cinemas, uma vez que seu filme foi distribuído pela companhia.

Perguntado se o longa passará nos cinemas, Baumbach brincou: “Irá passar na sala de estar do Dustin Hoffman, então vai ser bom”.

“Eu fiz esse filme de maneira independente, com dinheiro independente. Eu o rodei em Super 16 e o fiz como fiz todos os meus outros filmes, isto é, com a expectativa de que fosse exibido na tela grande. Eu acredito nisso e eu acho que isso é uma experiência única e singular que não está acabando”, elaborou.

O realizador explicou que a Netflix adquiriu o filme no período de pós-produção para distribuí-lo mas, apesar de afirmar que a empresa tem dado todo o suporte ao projeto, não deu nenhum potencial data de lançamento do filme nos cinemas.

Até o momento, o serviço de streaming mantém sua decisão de lançar The Meyerowitz Stories e Okja, seus dois filmes em competição no festival, direto na internet, à moda de suas outras produções.

Facebook Comments