Durante o Festival de Cinema de Lisboa e Estoril, o diretor americano Wes Anderson falou sobre seus planos futuros no cinema. Além de querer fazer um parque temático com sua filmografia como tema, Anderson anunciou que seu próximo filme será em stop-motion e terá como influência o clássico “O ouro de Nápoles”, do diretor italiano Vittorio de Sica.  O filme neorrealista conta com Silvana Mangano, Sophia Loren e o comediante Totó.

Vale lembrar que “O ouro de Nápoles” tem uma estrutura em capítulos que divide o filme em seis vinhetas, que tem como conexão apenas o fato de se passarem na cidade-título. Roman Coppola já está trabalhando no roteiro do projeto, ainda sem nome, junto com o diretor, repetindo a parceria que o público já conferiu com “Viagem a Darjeeling” (2007) e “Moonrise Kingdom” (2012).

No dia 8, Anderson apresentou “O ouro de Nápoles” ao público do Festival de Cinema de Lisboa e Estoril. Ainda não há previsão de quanto começa a produção de seu filme-homenagem.

 

Facebook Comments