Steven Spielberg não pensa em sossegar. Na corrida pelo Oscar com “The Post – A Guerra Secreta” e ainda para lançar “Jogador Número 1” neste ano, o cineasta já planeja quais serão os próximos trabalhos da carreira. Três projetos estão na dianteira: o quinto filme da franquia “Indiana Jones”, uma versão moderna do clássico “Amor, Sublime Amor” e o suspense “The Kidnapping of Edgardo Mortara”. As informações são do site Deadline.

Para “Indiana Jones”, Spielberg cogita dar fôlego novo à série. Uma das ideias seria colocar Chris Pratt para contracenar ao lado de Harrison Ford. Em “O Reino da Caveira de Cristal”, Shia Labeouf até fazer algo semelhante, mas, o público nem a crítica compraram muito a proposta. A Disney pretende lançar o novo filme em 2020.

Já a possibilidade de ver Steven Spielberg comandando um musical existe e pode ser o remake de “Amor, Sublime Amor”. Tony Kushner já está desenvolvendo o roteiro do filme. O musical clássico dirigido pela dupla Jerome Robbins e Robert Wise ganhou 10 Oscars em 1962 e adaptou “Romeu e Julieta” para as ruas de Nova York.

O favorito para ser o próximo filme de Steven Spielberg, porém, é “The Kidnapping of Edgardo Mortara”. A produção já conta com Mark Rylance e Oscar Isaac. O suspense  traz a história de um garoto judeu em Bologna, em 1958, batizado secretamente, sendo forçado a abandonar a família para ser criado como um cristão. Para conseguir libertar o filho, os pais entram em um duelo político em que o Papado da época enfrenta a democracia e uma Itália em período de reconstrução. O personagem de Oscar Isaac ainda não está definido.

Facebook Comments