O Cine Set será um dos parceiros para a realização do Festival Olhar do Norte 2020. Promovido pela Artrupe Produções Artísticas, o evento feito em Manaus, voltado para as produções da Região Norte do Brasil, chega à terceira edição em uma versão online e com exibições especiais no formato drive-in entre os dias 9 e 12 de outubro. As mudanças são decorrentes pelas restrições ocasionadas pela pandemia da COVID-19.

O Cine Set completa seis anos em 2020 e será uma honra receber a edição online do Olhar do Norte. Dentro das nossas limitações, sempre buscamos dar espaço para o cinema amazonense, seja através de críticas, reportagens, artigos e entrevistas, além da cobertura de eventos como o Amazonas Film Festival, Mostra do Cinema AmazonenseMatapi e o próprio Olhar do Norte. Vamos preparar novidades na formatação das páginas especiais no site para este festival que acreditamos e apoiamos.

Integrante do Cine Set e um dos curadores do festival, Diego Bauer, ressaltou a importância da parceria entre o Olhar do Norte e o site. “A pandemia impediu que nós seguíssemos o planejamento anterior, mas entendemos que realizá-lo de maneira online com o Cine Set, que é, sem dúvida, um dos maiores e mais resilientes parceiros que o audiovisual do Amazonas possui, é um cenário que nos deixa tranquilos de que o festival pode chegar a muita gente, levando adiante o avanço que conseguimos com a segunda edição”.

NOVA MOSTRA

Além da Mostra Norte, que exibe curtas-metragens realizados nos estados da região Norte, este ano o festival contará com a Mostra Olhar da Pandemia, que é aberta para todo país. Bauer afirma que essa nova mostra é uma forma de valorizar a produção brasileira que segue em movimento mesmo com as restrições causadas pelo Covid-19.

“A produção brasileira sempre teve que se adaptar às mudanças econômicas, sociais, de infra-estrutura, etc.. pelas quais o Brasil passou desde sempre. E atentos a isso, decidimos abrir espaço para os realizadores que decidiram filmar durante esse momento tão específico de nossas vidas, que certamente pode render filmes muito importantes até mesmo como registro histórico. A limitação de espaço, pessoas, equipamentos, acaba sendo um estímulo criativo para que muitas ideias saiam do papel, e deem origem a bons filmes”, opina Bauer.  

Podem se inscrever filmes sobre quaisquer temáticas e estruturas, desde que tenham sido gravados a partir de março de 2020. A Mostra Olhar da Pandemia não é competitiva, e é dividida em duas categorias: 

– Filmes de até 1 minuto (a serem exibidos nas redes sociais do Olhar do Norte)

– Filmes de até 8 minutos (a serem exibidos no Cine Set, integrando a programação do Olhar do Norte) 

As inscrições para a Mostra Olhar da Pandemia vão até 7 de setembro de 2020. O formulário de inscrição da Mostra Olhar da Pandemia pode ser acessado aqui: http://bit.ly/MostraPandemia.

Prazos apertados levam desafios ao audiovisual do Amazonas em editais da Lei Aldir Blanc

Os editais do Governo do Amazonas e da Prefeitura de Manaus provenientes do repasse da Lei Aldir Blanc iniciam a fase de inscrição das propostas a partir desta semana. A Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), por exemplo, lançou 11 editais do...

Manuscrito histórico de Silvino Santos aguarda publicação na Ufam

A morte de Silvino Santos completou 50 anos no último dia 14 de maio. A trajetória rica do pioneiro do cinema na região amazônica aparece em detalhes no manuscrito “Romance da Minha Vida”, de autoria do próprio diretor dos clássicos “No Paiz das Amazonas” e “Amazonas,...

Vitória de ‘O Barco e o Rio’ em Gramado não é exceção, mas, pode vir a ser

Parte do que será colocado neste texto também foi abordado pelo João Fernandes, diretor-proprietário do Casarão de Ideias, em sua coluna no jornal A Crítica deste domingo (27) (clique aqui para ler).  --  Dirigido por Bernardo Ale Abinader, “O Barco e o Rio” escreveu...

Animação amazonense ‘Lupita’ vence prêmio no Festival de Gramado 2020

A festa do audiovisual amazonense foi completa na noite de premiação do Festival de Gramado 2020: além dos cinco Kikitos vencidos por “O Barco e o Rio” entre os curtas-metragens nacionais, “Lupita no Planeta de Gente Grande”, da manauara Petit Fabrik em parceria com a...

Amazonense ‘O Barco e o Rio’ domina Festival de Gramado e vence 5 Kikitos

O cinema do Amazonas viveu uma noite histórica neste sábado (26): “O Barco e o Rio” conquistou cinco prêmios na mostra competitiva de curtas-metragens nacionais do Festival de Gramado 2020. A produção levou os Kikitos de Melhor Filme, Melhor Direção para Bernardo...

Saiba o horário de exibição de ‘O Barco e o Rio’ no Festival de Gramado

O Festival de Gramado 2020 começa nesta sexta-feira (18) com uma atração especial para os amazonenses: "O Barco e o Rio" representa o Estado dentro da Mostra Competitiva Nacional de Curtas-Metragens. O filme dirigido e roteirizado por Bernardo Abinader e protagonizado...

Manaus sedia 10ª Cinefantasy, festival internacional de cinema fantástico

Manaus irá sediar o CineFantasy - Festival Internacional de Cinema Fantástico 2020 entre os próximos dias 15 a 19 de setembro. Com sessões gratuitas no Teatro Amazonas e no Cine Teatro Guarany, o evento contará com a pré-estreia mundial de "O Cemitério das Almas...

Matapi terá edição em formato 100% online e aberta para todo Brasil

Principal evento de mercado audiovisual da Região Norte, o ‘Matapi 2020’ chega à terceira edição com novo formato: o evento será 100% online entre os dias 25 e 28 de novembro. Debates sobre a produção audiovisual na Amazônia, bate-papo com players e mercados nacionais...

Com concurso de cosplay, festival de cinema em Parintins abre inscrições

Conhecida por ser a terra do boi-bumbá de Caprichoso e Garantido, Parintins abriga um dos raros eventos de cinema do interior do Amazonas. Com inscrições abertas, o Festival de Cinema Focaliza Parintins (FOPIN) chega à segunda edição em 2020 superando as adversidades...

Cinépolis reabre cinemas em Manaus após 5 meses

Com 26 salas em Manaus em três importantes shoppings da cidade, o Cinépolis retoma, nesta quinta-feira (3), as atividades paralisadas desde março por conta da pandemia da COVID-19. Os complexos localizados no Manaus Plaza, na Avenida Djalma Batista, e no Ponta Negra,...