Crescer não é fácil, mas certamente fica ainda mais complicado se você é membro de um esquadrão paramilitar em uma região selvagem e desolada. “Monos”, novo filme do diretor colombiano Alejandro Landes, cria uma psicodélica jornada de crescimento que pode ser estranha demais para o grande público, mas que deve conquistar o circuito de festivais.

Vencedor do prêmio máximo do Festival de Sundance de 2019 entre os filmes internacionais de ficção e elogiado nos festivais de Berlim e Karlovy Vary, “Monos” segue o grupo-título do filme, formado por adolescentes integrantes de uma obscura entidade chamada apenas de “A Organização”. Quando não estão recebendo um treinamento físico intensivo e vagamente ritualístico, eles são responsáveis por vigiar uma prisioneira e uma vaca leiteira.

Certo dia, um deles mata uma vaca por acidente e a decisão de esconder o caso de seus superiores abala seu senso de confiança mútua. Nesse estado de espírito agitado, um avanço militar dos adversários d’A Organização os obriga a abandonar seu posto habitual e buscar refúgio na selva densa. A partir daí, as tensões aumentam e a lealdade dos jovens é posta à prova.

Longe da sociedade, seu único vínculo com o mundo exterior é sua refém americana (Julianne Nicholson), com quem não falam muito devido à barreira do idioma. Na selva, fortalecidos pela doutrina de seus superiores, eles desenvolvem seu próprio comportamento social, às vezes desafiando as normas de gênero e se permitindo uma livre exploração de sua sexualidade. 

COPPOLA, CIRO: INFLUÊNCIAS DE LANDES

A despeito de sua masculinidade e bravata, Pé Grande (Moisés Arias) é mostrado usando meias arrastão durante uma festa. Há o suficiente para sugerir que o jovem Rambo (Sofia Buenaventura) tem uma queda pelo companheiro de esquadrão Lobo (Julián Giraldo) e há uma tensão sexual nas interações entre a Sueca (Laura Castrillón) e a refém.

Tudo isso fica em segundo plano quando o relacionamento entre eles começa a desmoronar. Com a trilha pulsante da compositora Mica Levi definindo o tom, a ruína do grupo traz à mente o romance de William Goulding, “O Senhor das Moscas”, com as necessidades de cada membro fazendo com que eles atuem contra um objetivo coletivo. Pé Grande claramente quer poder, Sueca deseja atenção, Rambo busca conforto, e assim por diante. Excluídos de todos, incluindo seus líderes militares, eles mergulham na anarquia.

A seu modo, o filme parece uma resposta latino-americana menos operística a “Apocalipse Now”, embora a maneira como Landes usa a selva como um componente visual importante no colapso psicológico de seus protagonistas compartilhe muito mais com “O Abraço da Serpente”, do seu conterrâneo Ciro Guerra, do que com o clássico de Francis Ford Coppola. Em última análise, “Monos” usa as dores do crescimento do grupo como pano de fundo para um thriller intenso que deixa uma impressão duradoura.

*O jornalista viajou para o Festival de Karlovy Vary como parte da equipe do GoCritic!, programa de fomento de jovens críticos do site Cineuropa.

Oscar: E Se Fossem 10 Indicados entre 2012 e 2020?

A partir de 2022, o Oscar de Melhor Filme terá 10 indicados obrigatoriamente. Daí, eu pensei: e se regra estivesse valendo entre 2012 e 2020, quais filmes teriam sido indicados?  De “Millenium - Os Homens que não Amavam as Mulheres” a “Entre Facas e Segredos”, Caio...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #17

Filme: Sombras da Vida Direção: David Lowery Elenco: Casey Affleck, Rooney Mara, Liz Franke, Barlow Jacobs Sinopse: Um homem recém-falecido (Casey Affleck) retorna como fantasma para sua casa no subúrbio com a intenção de consolar sua esposa (Rooney Mara). Em sua nova...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #16

Filme: Ninguém Sabe que Estou Aqui Direção: Gaspar Antillo  Elenco: Jorge Garcia, Millaray Lobos, Luis Gnecco, Solange Lackington Sinopse: Filme traz a história de Memo (Jorge Garcia), morador de uma remota fazenda de ovelhas no Chile e que esconde sua linda voz do...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #15

Filme: Carol Direção: Todd Haynes Elenco: Cate Blanchett, Rooney Mara, Kyle Chandler, Sarah Paulson Sinopse: A jovem Therese Belivet (Rooney Mara) tem um emprego entediante na seção de brinquedos de uma loja de departamentos. Um dia, ela conhece a elegante Carol Aird...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #14

Filme: Destacamento Blood Direção: Spike Lee Elenco: Chadwick Boseman, Jean Reno, Delroy Lindo, Veronica Ngo Sinopse: Filme acompanha um grupo de quatro veterinários afro-americanos que retornam ao Vietnã buscando os restos mortais do líder de seu antigo esquadrão e...

7 dicas de Cursos de Cinema Online na quarentena

Com aulas suspensas e o isolamento social vigente em diversos países devido a pandemia do coronavírus, muitos estudantes e profissionais em busca de uma atualização no currículo se voltaram para a possibilidade de estudar em cursos online.  É claro que ninguém é...

Festival We Are One: Quais são as melhores atrações do evento online?

Por causa da pandemia do Covid-19, quase não tivemos festivais de cinema em 2020. Nada de Cannes, Veneza provavelmente também não vai acontecer, e o setor de entretenimento em geral, não só o do cinema, deve passar por mudanças substanciais nestes próximos anos, mesmo...

Sonia Braga 70 Anos: 7 Filmes Essenciais da Musa do Cinema Brasileiro

Nascida em Maringá, Paraná, Sonia Braga iniciou sua carreira no teatro, ganhando destaque na montagem brasileira de “Hair”, em 1968. Na TV, brilhou em novelas emblemáticas como “Irmãos Coragem” (1970), “Selva de Pedra” (1972), “Gabriela” (1975), “Saramandaia” (1976) e...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #13

Filme: Tempo de Caça Direção: Yoon Sung-Hyun Elenco: Lee Jehoon, Jae-hong Ahn, Woo-sik Choi, Jung-min Park Sinopse: Situada num futuro distópico, a trama acompanha quatro jovens de subúrbio – Jun Seok (Lee Jehoon), Jang Ho (Jae-hong Ahn), Ki Hoon (Woo-sik Choi) e Sang...

Cinema em Tempos de Coronavírus: Dicas de Filmes no Streaming #12

Filme: Filhos da Esperança Direção: Alfonso Cuáron Elenco: Clive Owen, Clare-Hope Ashitey, Julianne Moore, Michael Caine Sinopse: 2027. Não se sabe o motivo, mas as mulheres não conseguem mais engravidar. O mais novo ser humano morreu aos 18 anos e a humanidade...