De uma terra desolada pela radiação, um viajante chega a uma cidade e, com estranhos poderes, se dedica a mudar a vida de seus habitantes. “Never Gonna Snow Again“, drama polonês exibido no Festival de Londres deste ano, pode não pertencer à franquia da Marvel ou da DC, mas se permite ser lido como uma história de origem de super-herói em pleno Leste Europeu. Após estrear em Veneza e ser escolhido pela Polônia para representar o país na corrida rumo ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro 2021, o filme co-dirigido por Małgorzata Szumowska e seu frequente diretor de fotografia Michał Englert tem sido bem-recebido nos eventos onde é exibido. Se conseguir bons distribuidores, sua história emocionante tem tudo para torná-lo um sucesso de público para além dos festivais. 
 
O filme acompanha Zhenia (Alec Utgoff, o Alexei de “Stranger Things“), um ucraniano que está tentando sobreviver na Polônia e que consegue um trabalho como massagista em um condomínio fechado habitado por ricaços. Suas massagens, parecem ter um estranho poder, confortando o pleno âmago de seus clientes. Ele toca – física e espiritualmente – nos traumas das pessoas e, no decorrer de um ano, ele lentamente vai mudando a vida do lugar. 
 
O roteiro, assinado pelos diretores, é astuto ao dar deixas e jogar pistas para o espectador, ao mesmo tempo em que se recusa a fazer afirmações categóricas. Ele implica, por exemplo, que o poder de Zhenia seja devido ao fato de ele ter nascido em Pripyat, cidade vizinha a Chernobyl, e logo possa ter algo de radioativo, mas não confirma essa hipótese. Ele sugere que ele encontra sua mãe em determinado momento do filme – algo importante dentro da narrativa – mas não faz nenhuma menção posterior a isso. 
 
Da mesma maneira com que brinca com a estrutura do filme de herói, os realizadores também bebem da fonte do filme de forasteiro – o ser estrangeiro que chega como se vindo de nenhum lugar específico e altera todo o seu entorno. Encerrados em suas mansões luxuosas, os condôminos que Zhenia visita estão profundamente doentes e ele se propõe a salvá-los – algo que ele chega a admitir em certa cena. 

MAGIA ESCONDIDA NO COTIDIANO

 
Utgoff está maravilhoso na pele do protagonista: o olhar dele, com a resolução de quem já viu tudo, deverá permanecer na memória do público. Assim como alterna entre russo e polonês no papel, ele também mostra uma facilidade para transitar entre comédia e drama – muitas vezes na mesma cena. 
 
O humor seco da produção mantém a ação leve durante boa parte de seus 113 minutos. Englert, que assina a fotografia, preenche esses minutos com algumas das cenas mais lindas do 2020. Cada tomada é impecável: as decisões artísticas nesse departamento, do enquadramento até o uso de cor e luz, são de cair o queixo e justificariam a existência do filme ainda que a história não fizesse jus a elas. 
 
Os diretores, no entanto, entregam um conto sobre ser estrangeiro e sobre a magia escondida na vida cotidiana que parece mais do que necessário num ano tão distópico. O mundo está ficando mais quente e eventualmente, como o título em inglês o filme sugere, “nunca nevará de novo”. Mesmo diante do vindouro fim, heróis existem se abrirmos a porta para eles. 

‘Delia Derbyshire: The Myths and Legendary Tapes’, o retrato multifacetado de uma viajante do tempo

https://www.youtube.com/watch?v=CM8uBGANASc O tradicional seriado “Doctor Who” completou 57 anos em novembro de 2020. A música-tema - um dos primeiros inteiramente eletrônicos criados para a televisão - entrou para os anais da ficção científica e, ainda que diversos...

‘David Byrne’s American Utopia’, a sequência espiritual de ‘Stop Making Sense’

Em certo ponto de "David Byrne's American Utopia", filme que registra o recente show que Byrne apresentou na Broadway, o músico faz questão de lembrar o público do Teatro Hudson, em Nova York, de que tudo o que eles estão ouvindo é gerado ao vivo. Ele admite não ter...

‘Cicada’: delicado romance marcado por traumas masculinos

Com uma poderosa abordagem sobre traumas masculinos, "Cicada" é um corajoso drama que aponta Matthew Fifer como uma nova voz do cinema queer dos EUA. O filme de Fifer e Kieran Mulcare, que estreou no Festival Outfest em Los Angeles e foi exibido no Festival de Londres...

‘Ammonite’: um cansativo sub-‘Retrato de uma Jovem em Chamas’

Depois do sucesso de seu primeiro longa, "O Reino de Deus", Francis Lee torna a apostar em um romance LGBT em sua nova produção, "Ammonite". No entanto, as semelhanças entre os filmes acabam por aí. Mesmo contando com performances poderosas de Kate Winslet e Saoirse...

‘A Voz Humana’: Tilda Swinton hipnotiza em Almodóvar menor

Unindo dois titãs do cinema, "A Voz Humana" é um filme cuja primeira foto de bastidor já foi suficiente para quebrar a internet cinéfila. A visão do diretor espanhol Pedro Almodóvar ao lado da atriz britânica Tilda Swinton veio cheia de promessa e o curta - que...

‘Um Crime Comum’: angústia da culpa domina belo thriller argentino

Combinando thriller psicológico e drama social, "Um Crime Comum", novo filme de Francisco Márquez, vê uma mulher entrar em colapso diante de um senso de culpa coletiva. Uma co-produção Argentina-Brasil-Suíça, o longa, que estreou na Berlinale, marca a única presença...

‘Another Round’: Mads Mikkelsen arrasador em comédia ácida

Se você queria ver Mads Mikkelsen bebendo até cair e mostrando um certeiro timing cômico, você acaba de achar seu filme do ano. "Another Round", longa de Thomas Vinterberg que estreou em Toronto e foi exibido no Festival de Londres deste ano, reúne o cineasta com o...

‘Fábulas Ruins’: conto italiano totalmente perdido

Era uma vez, nos subúrbios de Roma, crianças que tentaram sobreviver às férias de verão a despeito de seus pais e responsáveis. Esse é o mote de "Fábulas Ruins", drama italiano que estreou na Berlinale - onde ganhou o prêmio de melhor roteiro - e foi exibido no...

‘El Prófugo’: suspense digno dos clássicos do ‘Supercine’

Após um evento traumático, uma dubladora se vê às voltas com um estranho fenômeno em "El Prófugo", suspense argentino que estreou na Berlinale e foi exibido no Festival de Londres deste ano. Depois de brincar com a comédia policial em seu primeiro longa "Morte em...

‘Never Gonna Snow Again’: curiosa história de um super-herói do leste europeu

De uma terra desolada pela radiação, um viajante chega a uma cidade e, com estranhos poderes, se dedica a mudar a vida de seus habitantes. "Never Gonna Snow Again", drama polonês exibido no Festival de Londres deste ano, pode não pertencer à franquia da Marvel ou da...