Com as salas de cinema fechadas desde março pela pandemia da COVID-19, a opção para cinéfilos mundo afora acabou sendo um velho conhecido: os drives-in. Esta nostalgia chegou à Manaus na noite do último domingo (21) com uma sessão promovida no estacionamento do restaurante argentino ‘La Vaca Negra’, localizado na Rua Belo Horizonte, zona centro-sul da capital. O filme escolhido foi o premiado “Relatos Selvagens”, dirigido por Damián Szifron e protagonizado por Ricardo Darín.

Intitulada ‘La Vaca Sessions’, a sessão contou com 20 carros. Os convidados da sessão especial foram familiares e amigos do proprietário do espaço, o empresário Robin Daniel Rodriguez, além de clientes mais assíduos do restaurante.

“O retorno foi muito legal! Todo mundo se surpreendeu no formato, gostaram, acharam super diferente”, disse Rodriguez. A sessão contou com público estimado de 60 pessoas, somando quem ficou nos carros e também na parte externa do restaurante.

COMO FUNCIONA

A ideia para o drive-in surgiu logo no começo da quarentena, mas, o temor das pessoas saírem de casa aliado à disparada dos casos de COVID-19 em Manaus adiaram a proposta. Com a redução do número de óbitos e hospitalizações, a proposta voltou a ganhar força e os primeiros testes começaram há pouco mais de 40 dias, segundo Rodríguez.

Para a primeira sessão, a saída para respeitar as normas sanitárias foi apostar na tecnologia. “Os pedidos de bebidas e comidas foram todos feitos por Whatsapp: quando a pessoa chegava, ela já ganhava um número referente ao carro. Enviamos também o cardápio, orientações sobre como fazer o pedido e informações sobre a sessão. Os nossos funcionários entregavam tudo no carro do cliente, incluindo uma porção de Las Pelotitas de Papa para substituir a pipoca. Quem chegou mais cedo, por volta das 18h, podia ficar na área externa comendo e bebendo. Na hora marcada da sessão, às 19h30, desliguei as luzes e começou o show”, afirmou o empresário.

O sistema de áudio funcionava através de caixas externas e frequências de rádio. “Tínhamos uma mensagem na tela para a pessoa sintonizar na frequência. Quanto às legendas, adaptei para a letra amarela e aumentei para ficar bem visível”.

NOVAS SESSÕES?

Dois dias antes da sessão no La Vaca Negra, na sexta-feira (20), o governo do Amazonas autorizou a realização de eventos no modelo drive-in em todo o Estado. A medida exige que os organizadores adotem medidas sanitárias para saúde e segurança dos espectadores, os quais somente poderão acessar aos locais em carros de passeio e permanecer no interior dos veículos durante todo o evento. Caberá à Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa autorizar a realização da atividade.

A continuidade do ‘La Vaca Sessions’, segundo Rodriguez, deve ser mantida com sessões previstas para acontecerem duas vezes por mês, sempre aos domingos. Pela proposta, a ideia é manter o foco em filmes argentinos ou expandir para produções faladas em espanhol. “Estamos vendo a parte legal caso eu queira transformar em negócio – se poderei cobrar, se será apenas para convidados ou se amplia – mas, não é o nosso principal foco. É mais uma brincadeira de bom gosto”, afirmou o empresário, acrescentando que a expectativa é que, a próxima sessão, possa receber 30 carros. A divulgação será feita na página do restaurante no Instagram.

Nas próximas semanas, a expectativa é que novos cinemas drive-in surjam em Manaus. O Cine Set trará todos os detalhes.

O PRIMEIRO DRIVE-IN DE MANAUS

No dia 1º de setembro de 1975, Manaus inaugurou o seu primeiro cinema drive-in: o Auto-Cine Marrocos. Localizado na Avenida Torquato Tapajós, próximo ao Clube Municipal, na zona centro-oeste da cidade, o espaço teve como filme de abertura “Contrato em Marselha”, de Robert Parrish.

Segundo o pesquisador Durango Duarte no livro “A Sétima Arte em Manaus”, o Auto-Cine Marrocos tinha capacidade para 300 carros. “Possuía tela panorâmica, medindo 18x10m, considerada uma das maiores do País, à época. Seu último anúncio em jornal data de 1º de setembro de 1976”, informa o livro.

Prazos apertados levam desafios ao audiovisual do Amazonas em editais da Lei Aldir Blanc

Os editais do Governo do Amazonas e da Prefeitura de Manaus provenientes do repasse da Lei Aldir Blanc iniciam a fase de inscrição das propostas a partir desta semana. A Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), por exemplo, lançou 11 editais do...

Manuscrito histórico de Silvino Santos aguarda publicação na Ufam

A morte de Silvino Santos completou 50 anos no último dia 14 de maio. A trajetória rica do pioneiro do cinema na região amazônica aparece em detalhes no manuscrito “Romance da Minha Vida”, de autoria do próprio diretor dos clássicos “No Paiz das Amazonas” e “Amazonas,...

Vitória de ‘O Barco e o Rio’ em Gramado não é exceção, mas, pode vir a ser

Parte do que será colocado neste texto também foi abordado pelo João Fernandes, diretor-proprietário do Casarão de Ideias, em sua coluna no jornal A Crítica deste domingo (27) (clique aqui para ler).  --  Dirigido por Bernardo Ale Abinader, “O Barco e o Rio” escreveu...

Animação amazonense ‘Lupita’ vence prêmio no Festival de Gramado 2020

A festa do audiovisual amazonense foi completa na noite de premiação do Festival de Gramado 2020: além dos cinco Kikitos vencidos por “O Barco e o Rio” entre os curtas-metragens nacionais, “Lupita no Planeta de Gente Grande”, da manauara Petit Fabrik em parceria com a...

Amazonense ‘O Barco e o Rio’ domina Festival de Gramado e vence 5 Kikitos

O cinema do Amazonas viveu uma noite histórica neste sábado (26): “O Barco e o Rio” conquistou cinco prêmios na mostra competitiva de curtas-metragens nacionais do Festival de Gramado 2020. A produção levou os Kikitos de Melhor Filme, Melhor Direção para Bernardo...

Saiba o horário de exibição de ‘O Barco e o Rio’ no Festival de Gramado

O Festival de Gramado 2020 começa nesta sexta-feira (18) com uma atração especial para os amazonenses: "O Barco e o Rio" representa o Estado dentro da Mostra Competitiva Nacional de Curtas-Metragens. O filme dirigido e roteirizado por Bernardo Abinader e protagonizado...

Manaus sedia 10ª Cinefantasy, festival internacional de cinema fantástico

Manaus irá sediar o CineFantasy - Festival Internacional de Cinema Fantástico 2020 entre os próximos dias 15 a 19 de setembro. Com sessões gratuitas no Teatro Amazonas e no Cine Teatro Guarany, o evento contará com a pré-estreia mundial de "O Cemitério das Almas...

Matapi terá edição em formato 100% online e aberta para todo Brasil

Principal evento de mercado audiovisual da Região Norte, o ‘Matapi 2020’ chega à terceira edição com novo formato: o evento será 100% online entre os dias 25 e 28 de novembro. Debates sobre a produção audiovisual na Amazônia, bate-papo com players e mercados nacionais...

Com concurso de cosplay, festival de cinema em Parintins abre inscrições

Conhecida por ser a terra do boi-bumbá de Caprichoso e Garantido, Parintins abriga um dos raros eventos de cinema do interior do Amazonas. Com inscrições abertas, o Festival de Cinema Focaliza Parintins (FOPIN) chega à segunda edição em 2020 superando as adversidades...

Cinépolis reabre cinemas em Manaus após 5 meses

Com 26 salas em Manaus em três importantes shoppings da cidade, o Cinépolis retoma, nesta quinta-feira (3), as atividades paralisadas desde março por conta da pandemia da COVID-19. Os complexos localizados no Manaus Plaza, na Avenida Djalma Batista, e no Ponta Negra,...