A demissão de James Gunn de “Guardiões da Galáxia 3” após tweets polêmicos pegou o mundo pop de surpresa na última semana. A repercussão do caso gerou divisão entre os fãs a ponto de uma parte deles criarem uma petição exigindo uma revisão da decisão da Disney para recolocar o cineasta no comando do projeto. As informações são do site da Variety.

Começando em um tom desesperanço de que a requisição terá algum efeito prático, o criador da petição espera que a Disney perceba o erro cometido em demitir James Gunn. “Concordo que quando alguém diz algo estúdio, o estúdio tem todo o direito de demiti-lo devido a todas as possibilidades de controvérsias. A situação é inteiramente diferente quando a pessoa fez as declarações anos antes de trabalhar com a Disney e também eram piadas”, informa o texto. Até o início da tarde deste domingo (22), mais de 57 mil já assinaram virtualmente a petição.

Gunn se tornou alvo de muitas críticas nas redes sociais depois que publicações antigas suas voltaram à tona. “Eu gosto quando menininhos me tocam no meu lugar esquisito”, tuitou o diretor segundo a emissora americana Fox News. Os tweets foram apagados.

“As atitudes e declarações ofensivas descobridas no Twitter de James são indefensáveis e inconsistentes com os valores do estúdio, e nós rompemos nossa relação de negócios com ele”, afirmou em nota o presidente da Walt Disney Studios, Alan Horn.

Facebook Comments