O elenco de “Once Upon a Time in Hollywood” vai encorpando cada dia mais. Depois de Leonardo DiCaprio e Brad Pitt confirmados, Quentin Tarantino está em negociações finais para ter Burt Reynolds (“Boogie Nights – Prazem Sem Limites”) no projeto, além contar com velhos parceiros como Tim Roth, Kurt Russell e Michael Madsen. As informações são do site Deadline.

Burt Reynolds vai interpretar George Spahn, um fazendeiro cego de 80 anos com um sítio próximo a Los Angeles costumeiramente usado para locações de westerns. Charles Manson o convenceu para que recebesse a seita dele, alguns meses antes da série de assassinatos na casa da atriz Sharon Tate, grávida de oito meses na ocasião. Em troca, o líder do bando coagiu suas seguidoras a irem para a cama com o dono do rancho e serviram como espiãs.

Caso Reynolds realmente confirme presença no projeto, será mais uma vez em que Tarantino dá uma chance de ouro para astros dos anos 1970 e 1980 apagados na atualidade de voltarem a brilhar. Isso ocorreu com John Travolta (“Pulp Fiction”), Pam Grier e Robert Forster (“Jackie Brown”) e David Carradine (“Kill Bill”).

A produção vai retratar a Hollywood dos anos 1960, abordando, entre outros temas, os crimes cometidos pelo famoso assassino Charles Manson na época. Segundo Tarantino, este será o filme que mais vai se aproximar da estrutura narrativa utilizada em “Pulp Fiction“.

Facebook Comments