Acredito que poucas categorias do Oscar apresentaram tantas controvérsias e polêmicas como Melhor Maquiagem e Penteado. Sua criação tardia (54 anos após a primeira cerimônia) e a falta de definição na quantidade de indicados também contribuiu para seu turbulento processo de votação gerar tais inconsistências, porém, pela definição da própria Academia, a categoria tem como objetivo principal celebrar o filme que melhor transformou fisicamente seu elenco através de técnicas de penteado e maquiagem.

Partindo desse pressuposto, decidi fazer uma pequena lista com um vencedor questionável de cada década, que apesar da vitória surpreendente, também é notoriamente justa.

Um Lobisomem Americano em Londres (1982)

Tudo bem que no primeiro ano de existência da categoria ainda era difícil acostumar os votantes com suas possibilidades. Assim, dois filmes que construíram novas estéticas sobre seus protagonistas foram os únicos indicados, deixando os favoritos da premiação fora da disputa. Por um lado, ‘Heartbeeps’ transformou seu elenco em robôs com uma estética bastante duvidosa, mas com grandes esforços. Já ‘Um Lobisomem Americano em Londres’ aparentava ser a escolha certa por inúmeros motivos, mas principalmente por cumprir um ponto essencial no longa: mostrar uma transformação capaz de gerar medo no público.

Além de ser uma melhor opção de ‘Heartbeeps’, o longa ainda teve o benefício de não disputar a categoria com algumas produções marcantes daquele ano como ‘Excalibur’, ‘Mad Max 2’ e o outro concorrente do mesmo gênero ‘Uma Noite Alucinante – A Morte do Demônio’.

Uma Babá Quase Perfeita (1994)

Parece até irônico assumir que um filme “Sessão da Tarde” ganhou de ‘Filadélfia’ e ‘A Lista de Schindler’, porém quando o quesito é maquiagem, precisamos admitir que a transformação de Robin Williams realmente tem seus méritos. Além da total diferença física realizada pela maquiagem e penteado, o filme ainda apresenta essa transformação na prática dentro da trama, sendo um quase easter egg para os votantes na categoria.

No caso dos concorrentes, ‘Filadélfia’ e ‘A Lista de Schindler’ praticamente entraram para a categoria por serem filmes extremamente indicados para o Oscar naquele ano, aumentando sua campanha na disputa. Além disso, o longa protagonizado por Williams já fazia uma campanha consistente na categoria sendo indicado a premiações como BAFTA e 20/20 Awards (no qual também foi vencedor).

O Curioso Caso de Benjamin Button (2009)

Em um ano com dois filmes de super-herói concorrendo na categoria era quase inimaginável que ‘Benjamin Button’ fosse seu ganhador (apesar da presença massiva na premiação), entretanto, neste ano, a Academia optou por deixar os grandes artifícios estéticos e fazer uma escolha mais segura. Isso é claro sem contar com o trabalhoso acompanhamento da equipe de maquiagem em todas as fases de seu protagonista, o que foi o grande diferencial do longa entre seus concorrentes.

Apesar do longa parecer uma escolha óbvia para muitos e ser considerado até hoje um dos maiores trabalhos de maquiagem no cinema, tanto a marcante caracterização do Coringa de Ledger quanto a criação de diferentes criaturas em ‘Hellboy’ foram suficientes para que o público questionasse o favoritismo do ganhador.

Esquadrão Suicida (2017)

Esquadrão Suicida - crítica

O caso mais recente de revolta na categoria foi justamente associado ao argumento de que um dos piores filmes de 2016 ganhou um Oscar, deixando de lado seus reais méritos na disputa. Neste caso temos uma série de fatores consideráveis como o próprio favorito ‘Star Trek: Sem Fronteiras’ fazer parte de uma franquia com consistentes indicações e derrotas em maquiagem e penteado (uma vitória para quatro indicações). Já o concorrente ‘Um Homem Chamado Ove’ recebeu sua aclamação basicamente por se tratar de um filme sueco sendo indicado em outra categoria além de Melhor Filme Estrangeiro.

Apesar das técnicas utilizadas em ‘Star Trek’ possuírem um nível de dificuldade técnica equiparável ao de ‘Esquadrão Suicida’, a concepção visual mais marcante e até mesmo disseminada até hoje ficou por conta do filme da DC. Na verdade se pensarmos por essa ótica o Oscar basicamente premiou um dos únicos méritos do longa, o qual além de transformar seus personagens também tornou-se responsável por perpetuá-los no imaginário do público.

O Oscar 2020 é a primeira edição que melhor maquiagem e cabelo possui o total de cinco indicados, uma mudança significativa a qual possivelmente irá atribuir maiores consistências para a categoria. Porém, é sempre válido lembrar que pérolas como ‘Norbit’, ‘Click’ e o recente ‘Malévola 2’ fazem parte de seus anormais indicados.

Oscar 2021: Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 2

https://www.youtube.com/watch?v=JsmRtta4Nqg THE TRIAL OF CHICAGO 7 Roteirista premiado com o Oscar por “A Rede Social”, o Aaron Sorkin vem se aventurando nos últimos anos na direção e prepara, agora, o filme mais ambicioso da carreira.  “The Trial of Chicago 7”...

Oscar 2021: Quem Pode Surgir na Disputa? – Parte 1

Caio Pimenta inicia o especial para falar dos possíveis candidatos ao Oscar 2021 e na primeira parte tem David Fincher e Christopher Nolan. https://www.youtube.com/watch?v=Nck_QYS-01c "MANK", DE DAVID FINCHER "Seven", "Clube da Luta", "Zodíaco", "Benjamin Button", "A...

Oscar 2020: Cinco Fatores que levaram à vitória de ‘Parasita’

Caio Pimenta analisa os fatores que levaram "Parasita" a ser o histórico vencedor do Oscar 2020. https://www.youtube.com/watch?v=AwxPOOASJA8 Vencer um Oscar envolve muito mais do que ter “apenas” um grande filme em mãos. É preciso levar em conta uma série de fatores...

Oscar 2020: Resultado do Bolão do Cine Set

Com mais de 250 participantes, o bolão do Cine Set revela quem foi o grande vencedor para levar os Blu-Rays de "Coringa" e "Ford Vs Ferrari", o DVD de "Era uma vez em Hollywood", um livro autografado do Cine Set e dois pares de ingressos Cinépolis....

Oscar 2020: De ‘Parasita’ a Eminem – O Melhor e Pior da Cerimônia

Caio Pimenta analisa quais os melhores e piores momentos do inesquecível Oscar 2020 vencido por "Parasita". https://www.youtube.com/watch?v=fIP1QP_CisY

Oscar 2020: ‘Parasita’ vence Melhor Filme e alcança feito inédito

Quem diria que um dia veríamos isso, senhoras e senhores? O Oscar 2020 vai para uma produção falada em língua-não inglesa e sem astros mundiais. “Parasita” é o Melhor Filme do Ano. https://www.youtube.com/watch?v=7Kj8eNpNpXY Além desse feito histórico, o “Parasita”...

Oscar 2020: Renée Zellweger conquista Melhor Atriz por ‘Judy’

Renée Zellweger conquista o segundo Oscar da carreira. O primeiro foi em Atriz Coadjuvante por “Cold Mountain” e, agora, ela leva por “Judy - Muito Além do Arco-Íris”.   https://www.youtube.com/watch?v=ZDzTP79kCFE Desde setembro, outubro quando comecei com a série de...

Oscar 2020: Joaquin Phoenix vence Melhor Ator por ‘Coringa’

Não tinha como ser diferente: por "Coringa", Joaquin Phoenix é o grande ganhador do Oscar de Melhor Ator. O cara simplesmente dominou esta temporada de premiações: Globo de Ouro, Critics Choice, SAG, Bafta e, finalmente, a primeira estatueta dourada. ...

Oscar 2020: Bong Joon-Ho supera Sam Mendes e vence Melhor Direção

Para tirar o Oscar 2020 do marasmo, uma grande surpresa: Bong Joon-Ho superou o Sam Mendes e levou o Oscar de Melhor Direção por “Parasita”. Essa conquista mantém a categoria sobre o domínio estrangeiro: nos últimos 10 anos, apenas um americano venceu, foi o...

Oscar 2020: Elton John vence Melhor Canção Original com ‘Rocketman’

Outro favorito leva o Oscar 2020: “I´m Gonna Love Again”, de “Rocketman”, conquista o prêmio de Melhor Canção Original. Essa é a segunda estatueta do Elton John: a primeira vez foi com “O Rei Leão” em 1995. https://www.youtube.com/watch?v=fu14i3Bq220 Fica claro que...