Chegou a hora de se despedir da edição 2019 do Mercado Audiovisual do Norte – Matapi. Painéis, masterclass, mesas de debate e a tão aguardada apresentação dos pitchings das produtoras locais serão as atrações do dia.

Confira abaixo os principais destaques deste sábado (30) no Matapi. As atividades gratuitas acontecem no Centro Cultural Palácio da Justiça, no Centro de Manaus.

MASTERCLASS SOBRE DOCUMENTÁRIO

Única masterclass da programação do Matapi 2019, ‘Documentário de impacto: criando redes e potencializando obras audiovisuais desde o desenvolvimento’ abre os trabalhos a partir das 9h30.

Gestora de comunicação da distribuidora Giros Filmes, Rossana Giesteira vai comandar a atividade. Com 22 anos de mercado com atuação nas áreas de mídia, eventos e desenvolvimento de projetos para grandes empresas multinacionais e nacionais dos setores de telecomunicações, mídia e serviços, Rossana atua como consultora de comunicação e desenvolvimento de campanhas de impacto para outros realizadores e distribuidores de filmes.

Ela também faz parte da equipe do Good Pitch Brasil 2020, maior plataforma mundial de networking para distribuição de impacto para documentários.

‘O QUE BUSCAM OS PLAYERS?’

As rodadas de negócios ocorridas no Matapi permitem que produtoras e artistas locais apresentem seus trabalhos para ‘players’ nacionais e internacionais. Canal Brasil, Canal Curta, Descoloniza Filmes, Taturana Mobilização Social e TV Encontro das Águas estão entre os players da edição deste ano.

Para explicar o que procuram os players durante um evento de mercado e o que se espera das produções amazônicas, dois painéis serão realizados na manhã deste sábado. O primeiro com Luciana Pilon, representante do MOV-UOL, produtora e distribuidora de vídeos do portal de notícias. Durante as rodadas de negócio, a empresa procurou projetos mais enquadrados na linha dos documentários, em formatos de séries ou curtas, com temas como atualidades, história, política, esportes, cultura, estilo de vida, saúde, tecnologia.

Em seguida será a vez de Luiz Eduardo Garcia, da GloboNews. A emissora do Grupo Globo focou nas rodadas de negócio com projetos relacionados a assuntos atuais, meio ambiente, política, economia, comportamento, sociedade, biografia, em formato longa-metragem (70/80 minutos) e gênero documentário.

NORTE E NORDESTE NO AUDIOVISUAL

O primeiro painel do período da tarde, previsto para começar às 14h, irá unir Matapi e o NordesteLab, principal evento de mercado do Nordeste do Brasil.

Com mediação de Diego Medeiros, a mesa ‘O impacto das políticas públicas no fortalecimento do audiovisual local: amostragem e análise de dados de Belém, Manaus e Bahia’ irá contar com a presença de Rodrigo Grilo (Matapi) e André Araújo (NordesteLab).

GIRL POWER NO COMANDO

O Matapi 2019 promove um interessante encontro entre as mulheres do audiovisual, previsto para começar a partir das 17h40.

Com a presença de diretoras locais e convidadas do evento, a iniciativa visa dar voz para que as figuras femininas da cadeira produtiva do audiovisual expressem as dificuldades e conquistas enfrentadas no setor.

O Amazonas conta com importantes diretoras de curtas-metragens mulheres, entre elas, Elen Linth (“Maria”), Keila Serruya (“ASSIM”), Izis Negreiros (O Santo Casamenteiro), Flávia Abtibol (“Dom Kimura“), além de nomes importantes por trás das câmeras como a diretora de fotografia Valentina Ricardo e a produtora Hamyle Nobre. Na crítica cinematográfica presente no site do Cine Set, Susy Freitas, Camila Henriques, Ana Sena, Pâmela Eurídice, Natasha Moura e Rebeca Almeida.

PITCHING E FESTIVAL DE GUADALAJARA EM JOGO

O momento mais aguardado do Matapi inicia a partir das 15h50 com as apresentações dos pitchings das produtoras amazonenses. Cinco projetos disputam o prêmio principal do evento: passagem e hospedagens pagas para participar do Talent Coprodution Meeting no Festival de Guadalaraja, no México, em 2020.

“Amazonas, a Ópera”, da Tempera Filmes; “CEU”, da Artrupe Produções Artísticas, “Nas Franjas de Lindú”, da Maya Filmes, “Por que Kamña matou Kiña”, da Rizoma Audiovisual, e O Barco e o Rio”,da Fita Crepe Filmes, concorrem no pitching. Durante sete minutos, um integrante de cada projeto fará a apresentação da proposta, tendo mais 10 minutos para responder perguntas.

Antes das apresentações públicas, nos dois primeiros dias do Matapi, os representantes dos projetos participaram de oficinas preparatórias para os pitchings com Rachel Ellis e Luis Zaffaroni. O anúncio do vencedor será feito na cerimônia de encerramento, a partir das 19h30.

Mostra online de cinema de horror brasileiro ganha mais cinco dias

Depois de quase um mês dedicado aos filmes de terror brasileiros a mostra macaBRo – Horror Brasileiro Contemporâneo, promovida pelo Centro Cultural Banco do Brasil, vai oferecer uma segunda chance para o público assistir aos filmes. De 25 a 29 de novembro, a mostra...

Festival Curta Cinema apresenta melhor do cinema brasileiro e mundial

O Festival Curta Cinema – Festival Internacional de Curtas-Metragens do Rio de Janeiro chega a sua 30ª edição, trazendo o mais significativo das produções dentro e fora do Brasil, agora totalmente online. De 20 a 28 de novembro, as Mostras Competitiva Nacional e...

Candidato do Brasil no Oscar 2021, ‘Babenco’ estreia em Manaus nesta quinta

O premiado "Babenco - Alguém tem que ouvir o coração e dizer: Parou" chega aos cinemas de Manaus nesta quinta-feira (26). A produção dirigida por Bárbara Paz será o representante do Brasil no Oscar 2021 de Melhor Filme Internacional e ganhou o prêmio de Melhor...

Gravado em Manaus, ‘A Febre’ ganha distribuição nos EUA

"A Febre" pode até não ter conseguido a vaga brasileira para o Oscar 2021, porém, isso não significa que a produção de Maya Da-Rin ficará fora do circuito norte-americano. Distribuidora baseada no Brooklyn, a KimStim adquiriu os direitos do longa para os EUA. O filme,...

UCI em Manaus abre reservas para sessões privadas com até 20 pessoas

Em meio ao caos instalado na pandemia da COVID-19, as redes de cinema tentam achar estratégias para atrair o público da volta às salas. A UCI, por exemplo, lançou o projeto 'Sessão Amigos' em que se pode reservar uma sala de forma exclusiva para até 20 pessoas. Os...

‘À Luz Delas’ aborda trajetórias de grandes mulheres na direção de fotografia no Brasil

Oito histórias não contadas de grandes nomes do audiovisual nacional ganham destaque no novo documentário “À Luz Delas”, de Nina Tedesco e Luana Farias. Baseado na pesquisa “Mulheres atrás das câmeras: inícios de uma trajetória“, realizada desde 2014 na Universidade...

Cineamazônia 2020 seleciona ‘O Barco e o Rio’, ‘Zana’ e ‘O Príncipe da Encantaria’

O audiovisual do Amazonas estará em dose tripla no Cineamazônia – Festival de Cinema Ambiental 2020: "Zana - O Filho da Mata", de Augustto Gomes; "O Barco e o Rio", de Bernardo Ale Abinader; e "O Príncipe da Encantaria" estão selecionados para as mostras competitivas...

Tradicional Cine PE seleciona ‘Manaus Hot City’ para edição 2020

Dirigido e roteirizado por Rafael Ramos, "Manaus Hot City" segue colecionando participação em importantes festivais do circuito brasileiro. A produção, agora, está selecionada para o tradicional Cine PE 2020. O evento terá edição online, em parceria com o Canal Brasil...

‘Epidemiya’: a série que Stephen King recomendou em seus tweets

Com as salas de cinemas fechadas, plataformas de streaming se tornaram uma das principais formas de entretenimento. Para um público de cinéfilos que não abriram mão de continuar assistindo seus filmes, ou simplesmente, para pessoas com mais tempo diante da televisão. ...

‘Manaus Hot City’ e ‘O Barco e o Rio’ representam Amazonas em festival no Rio de Janeiro

O cinema do Amazonas estará em dose dupla no Festival Curta Cinema 2020: "Manaus Hot City" e "O Barco e o Rio" fazem parte da Mostra Competitiva Nacional ao lado de outras 31 produções. Os dois filmes são os únicos da Região Norte do Brasil de uma lista composta...