A produtora Fita Crepe Filmes abriu as inscrições para os cursos de Direção e de Roteiro de cinema com Bernardo Ale Abinader, diretor premiado no último Festival de Gramado pelo trabalho em “O Barco e o Rio”.

Voltado exclusivamente para pessoas nascidas em Manaus ou que vivem na capital, as aulas serão todas online, via Google Meet, das 19h às 21h. É possível selecionar apenas um ou os dois módulos. Agora, o melhor de tudo: o curso é totalmente GRATUITO!

-> CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER

CONHEÇA MAIS SOBRE O CURSO DE ROTEIRO

Crítica: Os Monstros, de Bernardo Ale Abinader

Curta-metragem “Os Monstros” foi o primeiro trabalho de Bernardo Abinader no audiovisual amazonense.

 

O primeiro curso será de Roteiro e está previsto para acontecer entre os dias 9, 10, 11, 15 e 16 de dezembro. Nele, Bernardo irá desenvolver e aprimorar as habilidades dos alunos nas principais ferramentas da dramaturgia audiovisual, abarcando temas como os fundamentos e história da narrativa, a estrutura, os principais elementos do roteiro e questões como originalidade, representatividade e desafios do roteirista.

O curso está dividido da seguinte forma*:

  • Aula 1: Fundamentos e história da narrativa – o problema da narrativa; gêneros épico, lírico e dramático e suas modernizações; instâncias narrativas e o pensar cinematográfico.
  • Aula 2: A Arquitetura do Roteiro – ideia central e o subtexto; cenas e sequências; ponto de partida, clímax, ponto de virada, entre outros;
  • Aula 3: Estruturas do Roteiro – Personagem; Cenário, Diálogo; Ritmo;
  • Aula 4: A Materialização do Roteiro – Logline, Sinopse, Argumento; Escaleta; Curta-Metragem x Longa-Metragem;
  • Aula 5: Questões Acerca da Escrita da Narrativa: Originalidade; Ambiguidade; Representação e Lugar de Fala; Medos e Desejos;

*sujeito a mudanças.

CONHEÇA MAIS SOBRE O CURSO DE DIREÇÃO:

“A Goteira”, também de Abinader, foi selecionado para o Festival Olhar do Norte 2019.

 

O curso de direção será realizado entre os dias 16, 17, 18, 21 e 22 de dezembro. A proposta irá abranger desde os princípios básicos de linguagem cinematográfica a técnicas de direção, elaboração da proposta de direção, decupagem e o trabalho no set de filmagem. As aulas irão tratar do trabalho colaborativo no cinema, mise-en-scène, direção de atores, papel do diretor na montagem, desenho de som e direção de arte.

O curso está dividido da seguinte forma*:

  • Aula 1: O Que é Dirigir um Filme? – o papel do diretor; coesão e coerência; trabalho colaborativo; a atmosfera do filme;
  • Aula 2: Fotografia e Direção de Arte – decupagem, mise-en-scène, ângulos, cor, luz, enquadramentos, planos, movimentação de câmera, movimentação no frame; direção de arte; figurino;
  • Aula 3: Som e edição – o universo sonoro do filme; som diegético, não diegético, meta-diegético; trilha sonora, montagem e ritmo; tipos de montagem;
  • Aula 4: Direção de Atores – delimitando o espaço do ator; corpo e movimento; aproximação e distanciamento do elenco; o set de filmagem;
  • Aula 5: Experiências no Audiovisual: a questão orçamentária; o mercado de trabalho; análise de “Os Monstros”, “A Goteira” e “O Barco e o Rio”; erros e acertos.

*sujeito a mudanças.

O FACILITADOR

 “Em “O Barco e o Rio” Abinader (à esq) dirigiu pela segunda vez consecutiva a atriz Isabela Catão (à dir).

 

O curso será ministrado por Bernardo Ale Abinader, professor, roteirista e diretor de cinema manauara. Bernardo dirigiu quatro curtas-metragens (“Os Monstros”, “Amém”, “A Goteira” e “O Barco e o Rio”). Seu último curta “O Barco e o Rio” venceu cinco prêmios no Festival de Cinema de Gramado incluindo melhor curta-metragem nacional e melhor direção.

Bernardo tem experiência de mais de uma década em sala de aula e já lecionou na UFAM, UEA e UNINORTE, onde ministrou disciplinas voltadas à literatura. É mestre em literatura e atualmente faz doutorado, tendo realizado pesquisas sobre cinema.

O curso foi contemplado pelo Prêmio Conexões Culturais 2020 – Lei Aldir Blanc – Audiovisual.

Nomeações de Reizo, Carlos Portta e Elias Emanuel na Manauscult provocam reação da classe artística

Não bastasse toda a devastadora segunda onda da COVID-19 em Manaus, a classe artística da cidade ainda precisou lidar com uma notícia preocupante nesta quinta-feira (20). O Diário Oficial do Município confirmou a nomeação de conhecidos nomes ligados à política...

Novo curta de Thiago Morais mostra o impacto da pandemia em família ribeirinha

Responsável pelos populares cursos de cinema do Museu Amazônico da Universidade Federal do Amazonas, Thiago Morais viu o curta “A Estranha Velha que Enforcava Cachorros”, produzido como trabalho de conclusão de curso em audiovisual na Universidade do Estado do...

‘Os Traços Urbanos da Floresta’ estreia trazendo a história do graffiti em Manaus

Com depoimentos dos principais nomes do graffiti de Manaus, o documentário manauara "Os Traços Urbanos da Floresta" já está disponível no YouTube. A produção conta com entrevistas de artistas como Débora Erê, Lore Paes, Gaby, Zet, Paradise, Zet, Arab, Liu, Olhinho,...

Websérie Terceiro Ciclo do Cinema Amazonense – Ep 2: De Silvino Santos a ‘O Barco e o Rio’

Caio Pimenta fala sobre os dois primeiros ciclos e porque é possível afirmar que estamos na terceira fase da produção do Amazonas. https://www.youtube.com/watch?v=axvIfHOQ-kE O saudoso professor da Universidade Federal do Amazonas, Narciso Lobo, no livro “A Tônica da...

Websérie Terceiro Ciclo do Cinema Amazonense – Ep 1: Apresentação

Sejam bem-vindos à websérie “Terceiro Ciclo do Cinema Amazonense”. https://www.youtube.com/watch?v=n2TLnLspBXA Este é o novo projeto do Cine Set e foi contemplado no Prêmio Feliciano Lana, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa com recursos...

Com influência de ‘Oliver Twist’, Augustto Gomes prepara roteiro de longa

Augustto Gomes conseguiu circular festivais do Brasil afora com “Zana - O Filho da Mata”: a aventura infantil chegou a vencer 12 prêmios. Agora, o diretor retorna a esse universo com “Não me Deixe Dormir”, roteiro de longa-metragem em desenvolvimento contemplado...

Série amazonense em desenvolvimento aborda amores em ‘tempos líquidos’

O cenário contemporâneo de uma Manaus urbana e conectada é o pano de fundo para esta série que narra as desventuras compartilhadas por um grupo de amigos de trinta de tantos anos. É protagonizada por Letícia, uma mulher solteira  com conflitos de relacionamento, uma...

Websérie do Cine Set destaca filmes e diretores do atual cinema amazonense

Os avanços do audiovisual do Amazonas neste século com filmes premiados em festivais ao redor do planeta e o surgimento de eventos em larga escala como o Amazonas Film Festival, Matapi e Olhar do Norte serão o foco da websérie “Terceiro Ciclo do Cinema Amazonas”. O...

Cinemas de Manaus registram queda de 75,4% nas bilheterias em 2020

A crise provocada pela pandemia da COVID-19 levou os cinemas de Manaus aos piores números em anos. Fechadas por mais de cinco meses entre março a agosto, as salas tiveram reduções no faturamento total, do público e dos filmes exibidos, segundo dados do Observatório...

Zeudi Souza retorna ao cinema com terror psicológico sobre violência doméstica

Zeudi Souza anunciou uma pausa no audiovisual em 2017 durante uma entrevista aqui no Cine Set. Para o bem do cinema amazonense, o recesso não durou muito tempo e, pouco mais de três anos depois, ele realiza dois novos projetos: o curta-metragem “O Buraco” e o...