O Oscar 2020 teve um feito histórico: com a vitória de Joaquin Phoenix em Melhor Ator, o Coringa juntou-se ao Don Vito Corleone como os únicos personagens a terem rendido prêmios para diferentes atores. Na saga comandada por Francis Ford Coppola na década de 1970, Marlon Brando ganhou Melhor Ator no longa original (1973), enquanto Robert De Niro venceu fazendo a versão mais jovem do maior mafioso da história do cinema (1975). Já o antagonista do Batman rendeu uma estatueta póstuma para Heath Ledger, por “O Cavaleiro das Trevas” (2009), e, agora para Phoenix (2020). 

Em comum, Don Vito Corleone e Coringa simbolizam dois dos grandes anti-heróis da história do cinema e da cultura pop. Segundo artigo publicado no blog da Betway Cassino, são figuras muito longe do ideal ético e moral da nossa sociedade, mas, que devido aos seus conflitos, complexidades e possibilidade de terem atitudes às quais nunca iremos (ou devemos) fazer, acabam ganhando a admiração do público.  

É como se a plateia criasse um acordo com aquela figura: dentro daquele tempo-espaço da narrativa fílmica e do ambiente da sala de cinema, local da suspensão da realidade, tais atos fossem toleráveis em prol do entretimento e/ou diversão. 

Sendo assim, o fascínio pelos anti-heróis está presente nos cinemas desde seus primórdios seja pelos assaltantes do clássico “O Grande Roubo do Trem” (1903) passando pelos faroestes iniciais até chegar à primeira versão de “Scarface – A Vergonha de uma Nação”, de 1932. O sucesso comercial e de crítica da obra-prima de Howard Hawks permitiu com que Hollywood explorasse este filão ainda mais. 

Anti-heróis dos mais variados tipos surgiram no cinema americano: dos mais perturbados pelos problemas sociais como Alex DeLarge (“Laranja Mecânica”), William “D-Fens” Foster (“Um Dia de Fúria”), Tyler Durden (“Clube da Luta”) e Travis Bickle (“Taxi Driver”); os agentes da lei de moral duvidosa como Harry Callahan (“Perseguidor Implacável”) e Jimmy ‘Popeye’ Doyle (“Operação França”); os psicopatas Hannibal Lecter (“O Silêncio dos Inocentes”) e Patrick Bateman (“Psicopata Americano”); os vingativos Max Rockatansky (da série “Mad Max”) e A Noiva (“Kill Bill Vol 1 e 2”); até os excêntricos Jack Sparrow (“Piratas do Caribe”), Loki (Universo Marvel) e Deadpool (“Deadpool 1 e 2”). 

O cinema brasileiro também se aproveitou dos anti-heróis para criar personagens icônicos, principalmente, Zé Pequeno, de “Cidade de Deus”, e Capitão Nascimento, de “Tropa de Elite”. A televisão americana entrou na onda deste tipo de personagens em sua Era de Ouro ao consagrar Tony Soprano (“Os Sopranos”), Don Draper (“Mad Men”), Gregory House (“House M.D”) e Walter White (“Breaking Bad”). 

Pensando em revelar mais detalhes deste universo de personagens assustadores e fascinantes, o infográfico produzido pelo site de roleta online Betway, mostra as características dos cinco anti-heróis mais conhecidos do mundo do cinema e cria um ranking levando em consideração os seguintes fatores: crueldade, empatia e nível de moralidade. 

Amazonas, Acre e Pará representam cinema da Região Norte na Mostra de Tiradentes 2022

Evento responsável pela abertura do calendário brasileiro de grandes festivais, a Mostra de Tiradentes 2022 irá destacar o cinema da Região Norte. São quatro produções selecionadas, sendo duas do Pará ("Meus Santos Saúdam Teus Santos", de Rodrigo Antonio, e "Uma...

Cine Set fará a cobertura da Mostra de Cinema de Tiradentes 2022

Janeiro será um mês agitado no Cine Set: junto com as coberturas dos festivais de Sundance e Olhar do Norte, o site também trará as principais novidades da Mostra de Cinema de Tiradentes 2022. Prevista para acontecer em formato online entre os dias 21 e 29, o evento...

Adanilo percorre cinco séculos de tradicional etnia indígena em ‘Omágua Kambeba’

Após participações em “Marighella” e na segunda temporada de “Segunda Chamada”, Adanilo passa para trás das câmeras com o longa-metragem "Omágua Kambeba". Parceria das produtoras Teatro Galeroso e Ão Produções, o filme é dividido em três partes, cada uma retratando um...

Credenciado, Cine Set fará a cobertura do Festival de Sundance 2022

O Cine Set se prepara para realizar a primeira cobertura de um festival de cinema realizado nos EUA: entre os dias 20 e 30 de janeiro, Ivanildo Pereira trará as críticas do principais filmes e resumos dos principais debates do Festival de Sundance 2022. A edição deste...

Morre o ator indígena Severiano Kedassere, de “A Terra Negra dos Kawá”

O ator indígena Severiano Kedassere morreu no último dia de 2021 em uma triste notícia para o cinema amazonense. Ele esteve no elenco de grande parte dos filmes da carreira de Sérgio Andrade - o curta "Cachoeira" e os longas-metragens "A Floresta de Jonathas", "Antes...

Programas de TV tornam Jogos online Populares

Já imaginou alguma vez poder participar no “Quem quer ser Milionário” ou até mesmo no “Big Brother”, mas sem sair do conforto de sua casa? Atualmente, a mágica dos jogos online está permitindo que possa fazer isso mesmo, sempre à distância de apenas alguns cliques de...

Gravado em Manaus, ‘Seiva Bruta’ está na shortlist do Oscar 2022 de curta-metragem

Apesar de "Deserto Particular" e "A Última Floresta" não terem sido selecionados na shortlist do Oscar 2022, respectivamente, em Melhor Filme Internacional e Documentário, o cinema brasileiro ainda tem esperanças de participar da festa: "Seiva Bruta" ainda está na...

Pesquisa revela as características dos personagens de séries natalinas

Prepare o balde de pipoca que está aberta a temporada das séries favoritas Natal, família, filmes e séries natalinas são a injeção de ânimo para os finais de ano. Geralmente inspirados em rotinas familiares e no dia a dia enfrentado nessa época do ano as séries mais...

‘Terra Nova’ conquista dois prêmios no XVII Panorama Internacional Coisa de Cinema

2021 está perto do fim, mas, isso não significa que o cinema amazonense parou de conquistar prêmios. Na noite de quarta-feira (8), “Terra Nova” recebeu os prêmios de Melhor Curta-Metragem do Júri e do Júri Jovem do XVII Panorama Internacional Coisa de Cinema, em...

‘Homem-Aranha: Sem Volta para Casa’ esgota todas as sessões na noite de estreia em Manaus

Em 2019, os cinemas de Manaus viram um feito inédito: todas as sessões de "Vingadores: Ultimato" para a noite de estreia foram esgotadas em questão de horas. Agora, "Homem-Aranha: Sem Volta para Casa" repete o feito em plena era pandêmica e com a ameaça da variante...