A cinefilia nacional conta com uma nova plataforma, a Embaúba Play (http://embaubaplay.com), com uma proposta inédita no país: oferecer boa parte da produção nacional recente, a preço acessível, trazendo inclusive obras inéditas em circuito comercial, que foram exibidas apenas em festivais. É uma plataforma especializada em cinema brasileiro contemporâneo, que organiza e facilita o acesso aos longas, médias e curtas, a partir de um recorte curatorial. Outra particularidade do serviço é que o aluguel será avulso, assim não será necessário fazer uma assinatura fixa. O valor dos longas-metragens  é menos que 10 reais (1,50 dólar) e os filmes podem ser vistos em até 72 horas. Além disso, haverá também diversos conteúdos gratuitos.

Já no seu lançamento, a Embaúba Play conta com mais de 300 títulos, trazendo obras de nomes de ponta do cinema independente nacional, como Adirley Queirós, Affonso Uchôa, André Novais Oliveira, Bruno Safadi, Felipe Bragança, Gabriel Mascaro, Guto Parente, Helena Ignez, Juliana Rojas, Kleber Mendonça Filho, Leonardo Mouramateus, Marcelo Caetano, Marcelo Pedroso, Marco Dutra, Marília Rocha, Maya Da-Rin, Paula Gaitán, Renata Pinheiro, Rodrigo de Oliveira, Sandra Kogut e Thiago Mendonça.

Traz também filmes de cineastas que se destacam pelos seus trabalhos em curta-metragem, como Ana Carolina Soares, Fábio Leal, Distruktor, Karen Akerman, Marcellvs, Marco Antônio Pereira, Marcos Curvelo, Rafael Urban, Sávio Leite e Thais Fuginaga.

Para o seu lançamento, Embaúba Play disponibilizará uma mostra gratuita e inédita de filmes brasileiros, com um mês de duração. Essa mostra foi viabilizada pela Lei Aldir Blanc, por meio do Estado de Minas Gerais. Ela conta com a participação de quatro curadores convidados: Ewerton Belico, Júnia Torres, Tatiana Carvalho Costa e Victor Guimarães, que selecionaram produções contemporâneas dividas nos seguintes programas: “Também somos rascunhos”, com obras biográficas (Ewerton Belico); “A Fluidez da Forma no Cinema Indígena” (Júnia Torres), “Orgia ou O Cinema que deu cria”, com filmes que flertam com o cinema de invenção (Victor Guimarães), e “Testemunhar, fabular, existir – modulações de um Quilombo Cinema brasileiro contemporâneo”, com curtas-metragens recentes de realizadores negros (Tatiana Carvalho Costa).

Essa programação traz mais de 40 títulos da produção nacional, muitos deles inéditos em circuito e streaming. Alguns dos destaques são: “Batguano”, de Tavinho Teixeira; “Vida”, de Paula Gaitán; “Santos Dumont: Pré-Cineasta”, de Carlos Adriano; “Urihi Haromatipe – Curadores da Terra Floresta, de Morzaniel Yanomami; “Yãmiyhex, as Mulheres Espírito”, de Sueli e Isael Maxakali; “Mundo Incrível Remix”, de Gabriel Martins; “ATL”, de Edgar Kanaykõ; “Obatala”, de Sebastian Wiedemann; “(Outros) Fundamentos”, de Aline Motta; “Relatos Tecnopobres”, de João Batista Silva; “Remixcracho”, de Leo Pyrata, e “Canto dos Osso”, de Jorge Polo e Petrus de Bairros.

Além destas mostras dos curadores convidados, no lançamento também haverá uma retrospectiva do cinema brasileiro contemporâneo na programação intitulada “10+15 – Pulsões de um cinema brasileiro”, com 10 longas e 15 curtas, produzidos na última década.

Completam a programação da mostra inaugural, 8 pré-estreias de títulos inéditos no circuito comercial, que fazem parte do catálogo da Embaúba Filmes, como “Espero que esta te Encontre e que Estejas Bem”, de Natara Ney; “Kevin”, de Joana Oliveira, e “Eu, Empresa”, de Leon Sampaio e Marcus Curvelo, e 2 lançamentos, filmes que são totalmente inéditos, terão sua primeira exibição na mostra: “Aqui Jaz teu Esquema”, de Gabraz Sanna, e “Brizolão”, de Jéferson.

A Mostra contará ainda com duas exibições especiais. Na abertura e também no encerramento, será apresentado o curta “Sem Título #1 – Dance of Leitfossil”, de Carlos Adriano. “A Grávida da Cinemateca”, dirigido por Christian Saghaard, será apresentado em programa especial, como forma de se chamar a atenção para o descaso do Governo Federal com a Cinemateca Brasileira.

A Embaúba Play é um projeto realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte, com patrocínio da UNI BH.

com informações de assessoria

Amazonas, Acre e Pará representam cinema da Região Norte na Mostra de Tiradentes 2022

Evento responsável pela abertura do calendário brasileiro de grandes festivais, a Mostra de Tiradentes 2022 irá destacar o cinema da Região Norte. São quatro produções selecionadas, sendo duas do Pará ("Meus Santos Saúdam Teus Santos", de Rodrigo Antonio, e "Uma...

Cine Set fará a cobertura da Mostra de Cinema de Tiradentes 2022

Janeiro será um mês agitado no Cine Set: junto com as coberturas dos festivais de Sundance e Olhar do Norte, o site também trará as principais novidades da Mostra de Cinema de Tiradentes 2022. Prevista para acontecer em formato online entre os dias 21 e 29, o evento...

Adanilo percorre cinco séculos de tradicional etnia indígena em ‘Omágua Kambeba’

Após participações em “Marighella” e na segunda temporada de “Segunda Chamada”, Adanilo passa para trás das câmeras com o longa-metragem "Omágua Kambeba". Parceria das produtoras Teatro Galeroso e Ão Produções, o filme é dividido em três partes, cada uma retratando um...

Credenciado, Cine Set fará a cobertura do Festival de Sundance 2022

O Cine Set se prepara para realizar a primeira cobertura de um festival de cinema realizado nos EUA: entre os dias 20 e 30 de janeiro, Ivanildo Pereira trará as críticas do principais filmes e resumos dos principais debates do Festival de Sundance 2022. A edição deste...

Morre o ator indígena Severiano Kedassere, de “A Terra Negra dos Kawá”

O ator indígena Severiano Kedassere morreu no último dia de 2021 em uma triste notícia para o cinema amazonense. Ele esteve no elenco de grande parte dos filmes da carreira de Sérgio Andrade - o curta "Cachoeira" e os longas-metragens "A Floresta de Jonathas", "Antes...

Programas de TV tornam Jogos online Populares

Já imaginou alguma vez poder participar no “Quem quer ser Milionário” ou até mesmo no “Big Brother”, mas sem sair do conforto de sua casa? Atualmente, a mágica dos jogos online está permitindo que possa fazer isso mesmo, sempre à distância de apenas alguns cliques de...

Gravado em Manaus, ‘Seiva Bruta’ está na shortlist do Oscar 2022 de curta-metragem

Apesar de "Deserto Particular" e "A Última Floresta" não terem sido selecionados na shortlist do Oscar 2022, respectivamente, em Melhor Filme Internacional e Documentário, o cinema brasileiro ainda tem esperanças de participar da festa: "Seiva Bruta" ainda está na...

Pesquisa revela as características dos personagens de séries natalinas

Prepare o balde de pipoca que está aberta a temporada das séries favoritas Natal, família, filmes e séries natalinas são a injeção de ânimo para os finais de ano. Geralmente inspirados em rotinas familiares e no dia a dia enfrentado nessa época do ano as séries mais...

‘Terra Nova’ conquista dois prêmios no XVII Panorama Internacional Coisa de Cinema

2021 está perto do fim, mas, isso não significa que o cinema amazonense parou de conquistar prêmios. Na noite de quarta-feira (8), “Terra Nova” recebeu os prêmios de Melhor Curta-Metragem do Júri e do Júri Jovem do XVII Panorama Internacional Coisa de Cinema, em...

‘Homem-Aranha: Sem Volta para Casa’ esgota todas as sessões na noite de estreia em Manaus

Em 2019, os cinemas de Manaus viram um feito inédito: todas as sessões de "Vingadores: Ultimato" para a noite de estreia foram esgotadas em questão de horas. Agora, "Homem-Aranha: Sem Volta para Casa" repete o feito em plena era pandêmica e com a ameaça da variante...