O Departamento de Justiça dos EUA está dando prosseguimento a uma ação antitruste contra três das maiores cadeias de cinema do país – AMC Entertainment, Regal e Cinemark. Elas são acusadas de usar seu poder de mercado para impedir cinemas independentes de exibirem blockbusters.

O Viva Cinema Theaters, pequena rede de cinemas com sede em Houston que exibe filmes dublados em espanhol, processou a AMC há um mês por supostamente ter usado seu poder para impedir na concorrente o lançamento de filmes como Guerra Mundial Z, Homem de Ferro 3 e Velozes e Furiosos 6. O Viva alega que parou de operar apenas seis meses depois da inauguração porque a AMC teria ameaçado boicotar os estúdios se algum de seus filmes de primeira linha fosse exibido na concorrente.

Na última quinta, a AMC recebeu um requerimento de investigação civil da Divisão Antitruste do Departamento de Justiça requisitando “a produção de documentos e respostas a interrogatórios sobre condutas potencialmente anticompetitivas, incluindo promoções dos ingressos e participação em joint ventures”.

“Não cremos que a companhia violou leis antitruste estaduais ou federais, e estamos cooperando com as autoridades governamentais. No entanto, não podemos prever o tamanho, a duração ou o resultado dessas investigações”, declarou a AMC em um comunicado emitido nesta segunda. As informações são da Variety.

do site Filme B

Facebook Comments