Uma brincadeira no Tumblr resultou no mais novo símbolo do movimento LGBT ao redor do mundo. E a escolha não poderia ser mais inusitada: o monstro do filme “Babadook”. As informações são do site inglês The Guardian.

Feita em outubro do ano passado, um post no Tumblr trazia o personagem do longa dirigido por Jennifer Kent com a bandeira de arco-íris símbolo da causa LGBT e uma pergunta: “Ninguém nunca se perguntou se o Babadook é gay? Vocês já viram o filme?”. Com mais de 100 respostas, a postagem se tornou viral.

Em dezembro, uma pesquisa na lista de filmes LGBT já indicava “Babadook” no Netflix. O meme intitulado “Babadiscourse” levou a acalorados debates sobre os subtextos presentes na indústria cultural e as intenções do autor. “O B da sigla LGBT significa Babadook”, brincava um usuário nas redes sociais para descontrair.

Com a chegada do mês do orgulho LGBT nos EUA, personalidades americanas começaram a aderir ao meme do personagem. Youtubers populares e até mesmo a procuradora-geral de Massachusetts fizeram referência a Babadook. Ciente do fato, Jennifer Kent ainda não se pronunciou sobre que acha do assunto.

Filme de 2014, “Babadook” traz a história de Amelia (Essie Davis) que, após seis anos, ainda não superou a trágica morte do marido. Ela tem um filho pequeno, o rebelde Samuel (Noah Wiseman), e tem dificuldades para amá-lo. O garoto sonha diariamente com um monstro terrível e ao encontrar um livro chamado “The Babadook” reconhece imediatamente seu pesadelo. Certo de que Babadook deseja matá-lo, o menino começa a agir irracionalmente, para desespero de Amélia.

Facebook Comments