Dirigido por Angela Zoé, o documentário “Henfil” venceu a 22ª edição do Cine PE na cerimônia ocorrida na noite de terça-feira (5), no Cinema São Luiz, na Boa Vista, no Centro do Recife. A produção sobre o cartunista conhecido pela revista ‘O Pasquim’ ganhou os prêmios de Melhor Filme de Longa-Metragem no Júri Oficial e pelo Júri Popular como Melhor Longa-Metragem. As informações são do site G1 Pernambuco.

“Henfil” registra uma proposta curiosa feita a uma turma de jovens animadores: tentar trazer para a atualidade as obras do cartunista, jornalista e ativista brasileiro Henrique de Souza Filho. Além desse processo, o filme traz depoimentos de amigos e revelações sobre como o artista hemofílico lidava com sua doença e utilizava seus desenhos como instrumento de luta contra a censura política de sua época. O documentário ainda ganhou os prêmios de Melhor Direção com Angela Zoé e Roteiro.

A categoria de Melhor Ator terminou empatada entre Igor Contrim (“Os Príncipes”) e Arthur Ávila (“Dias Vazios”), enquanto Patrícia Niedermeier (“Os Príncipes”) faturou como Melhor Atriz. Tonico Pereira e Carla Ribas venceram entre os coadjuvantes. Entre os curtas nacionais, “Vidas Cinzas”, de Leonardo Martinelli, foi o ganhador e “Uma Balada Para Rocky Lane”, de Djalma Galindo, venceu entre os curtas pernambucanos.

Facebook Comments