Cada vez mais forte com o Netflix e a Amazon, os serviços de streaming oferecem diversas opções para os internautas. O guia desse tipo de sistema de exibição feito por Gabriel Oliveira aqui no Cine Set exemplifica isso. O novo representante do setor traz um importante componente: a busca pela diversidade cultura.

Gratuito, o Afroflix disponibiliza produções com a presença de, pelo menos, uma pessoa negra tanto em áreas de  técnica/artística. O serviço inclui filmes, séries, web séries, programas diversos, vlogs e clipes produzidos, escritos, dirigidos ou protagonizados por negros, como é explicado no próprio site. Como informa os responsáveis, o serviço está disponibilizando, neste momento, apenas conteúdos do Brasil.

Ao todo, são 31 documentários, cinco obras experimentais, 15 filmes de ficção (entre eles, o elogiado “Branco Sai, Preto Fica”), três híbridos entre ficção e documentário, dois programas, duas séries, 11 videoclipes e 19 vlogs.

O Afroflix surge quando a falta de diversidade no cinema americano foi tema recorrente. Isso devido ao segundo ano consecutivo pela ausência de atores negros nas categorias de atuação no Oscar.

Facebook Comments