Com uma carreira marcada por grandes sucessos, Jennifer Lawrence encarou pela primeira vez o fracasso absoluto de público em “mãe!”. Em conversa com Adam Sandler no ‘Actors on Actors’ da Variety, a atriz revelou como foi a experiência de viver esta situação. As informações são do site Entertainment Weekly.

Segundo Lawrence, o fato de estar namorando o roteirista e diretor do filme, Darren Aronofsky, fez com encarasse a tour de divulgação de forma diferente. “Estivemos juntos durante toda esta fase. Eu voltava para o hotel e a última coisa que eu queria falar ou pensar era no filme, enquanto ele era o oposto. Era o filho dele. Ele escreveu, concebeu, dirigiu. Ficava, ao mesmo tempo, dando suporte e pensando: ‘Posso, pelo amor de Deus, não pensar em “mãe!” por um segundo?”, recorda.

Para a estrela do filme, quando as críticas começaram a ser divulgadas, não foi um processo saudável lê-las. Jennifer Lawrence afirmou que, apesar de não achar que precisava, sempre ficava em uma posição defensiva quando sabia de uma análise mais feroz contra “mãe!”. “Não havia meio tempo. Sabíamos que seria dividido. Por isso que era animador – todo mundo sentiria alguma coisa diferente. Iria criar um debate, uma controvérsia. Ninguém iria assistir o filme sem pensar em nada”, disse.

Facebook Comments