O cineasta John Landis, diretor de sucessos como “Clube dos Cafajestes” (1978), “Os Irmãos Cara-de-Pau” (1980)  e “Um Lobisomem Americano em Londres” (1981), estava numa sessão de perguntas e respostas de um evento em Orlando, Flórida, na noite de ontem, e soltou uma informação interessante sobre aquela velha Galáxia muito, muito distante… Landis afirmou que as versões originais do cinema da trilogia clássica de “Star Wars” devem ser lançadas em breve, após muito tempo indisponíveis para os fãs.

Landis teria ouvido a informação do próprio criador de “Star Wars”, George Lucas, e ela foi depois divulgada pelo Twitter da Empire Magazine. Vale lembrar que Landis e Lucas são amigos de longa data.

A história é curiosa: Lucas nunca realmente parou de mexer nos três longas originais da sua saga intergaláctica, primeiro para rebatizá-los de “Episódio IV: Uma Nova Esperança” (1977), “Episódio V: O Império Contra-Ataca” (1980) e “Episódio VI: O Retorno de Jedi” (1983). Ao longo do tempo, algumas mudanças irritaram os fãs, como a infame cena do “Greedo atirando primeiro contra Han Solo” e a inclusão de Jabba em “Uma Nova Esperança”. Outras mudanças ainda foram feitas quando os filmes foram lançados em DVD em 2004 e em Blu-ray em 2011 – no lançamento em alta definição, Lucas incluiu o ator Hayden Christensen, da Nova Trilogia, no final de “O Retorno de Jedi”.

A última vez em que as versões originais dos filmes, sem nenhuma alteração, foram disponibilizadas para o público foi em 2006, quando elas foram lançadas em DVD com o formato de tela equivocado. Agora, espera-se que esse novo relançamento seja decorrente de um acordo entre a Disney e o estúdio 20th Century Fox, que ainda detém os direitos sobre “Uma Nova Esperança” e a distribuição de todos os filmes da saga até 2020.

O novo filme da saga, “Star Wars Episódio VII: O Despertar da Força”, que iniciará uma nova trilogia, é uma produção Disney e Lucasfilm e será lançada em dezembro de 2015.

Facebook Comments